Como usar o layout de e-mail marketing para melhorar os resultados de suas campanhas

O e-mail marketing divide opiniões. Alguns o amam, outros o odeiam, principalmente pelo mau uso que esta ferramenta de marketing digital sofreu durante muito tempo, na forma de SPAM.

Mas a verdade é que o e-mail marketing é ainda uma das mais efetivas formas de se contatar clientes, e se você duvida, confira estes dados:

  • Para 72% dos consumidores, o e-mail marketing é o melhor meio de receber mensagens de empresas e marcas (MarketingSherpa)
  • O e-mail marketing é o canal com maior conversão de vendas, de aproximadamente 2,5% (SERASA)
  • 92% do usuários adultos da internet tem uma caixa de e-mail e 61% deles abrem todo dia (Pew Research)
  • O e-mail marketing é classificado por 59% dos profissionais de marketing como o melhor gerador de receitas (BtoB Magazine)
  • Quem compra devido a promoções enviadas por e-mail gasta 138% a mais do que quem não recebe ofertas por e-mail (Convince&Convert)

E se esses dados não fossem suficientes para mostrar o valor do e-mail marketing, não podemos esquecer de sua importância para quem trabalha com automação de marketing e nutrição de leads.

Por isso, tudo que for possível fazer para aumentar a conversão de seus e-mails deve ser feito. E criar um layout de um e-mail marketing da forma adequada está entre as formas mais efetivas de se conseguir isso.

Por isso, selecionamos algumas dicas de como deixar o layout de seu e-mail marketing perfeito para aumentar conversões.

Como criar um layout de e-mail marketing altamente engajador

1- O conceito “Above the Fold”

Ao abrir o e-mail marketing, o leitor normalmente utiliza a barra de rolagem para ler todo o conteúdo e enxergar todas as imagens.

A ideia do termo “Above the fold” (que poderia ser traduzido por “acima da dobra”) é concentrar todo o conteúdo mais relevante nesse espaço inicial em que o e-mail marketing é aberto, sem que o leitor precise utilizar a barra de rolagem.

Assim, ele já terá uma visão geral do tema, os benefícios de continuar lendo e, em muitos casos, já se coloca um botão “Call to Action” nessa região da mensagem.

2- Consistência da identidade visual

Crie o layout de e-mail marketing com base no design de sua própria identidade visual.

É importante que o cliente identifique de forma rápida que esse e-mail foi enviado por sua empresa e perceba uma coerência com os materiais que irá acessar em seguida, ao clicar nos botões e links do e-mail, como landing pages, posts de seu blog ou outras páginas de seu site.

3- A 3 regras do CTA

Botões “Call to Action”, os chamados CTA, merecem um cuidado especial na hora de fazer o layout de e-mail marketing.

Isso porque têm o objetivo de levar o leitor a utilizar seu link para ser encaminhado para uma outra página, onde vai converter uma ação, que pode ser baixar um material, ler um post, ou assinar uma newsletter, por exemplo.

Botões CTA mais efetivos, seguem 3 regras principais:

  • Seu texto passa um senso de urgência (por exemplo: acesse agora mesmo).
  • Destaque: o layout deve se destacar no contexto, isso significa fazer um estudo de cores, ele não precisa ser necessariamente vermelho, como muitos pensam.
  • Empregam verbos de ação: (por exemplo: clique aqui, comprar, ler o post etc.).

4- Facilite o compartilhamento

Dados divulgados pela Nonprofit Hub indicam que usar botões que permitem compartilhar o e-mail em redes sociais aumentam em 158% a taxa de cliques. Esses botões podem estar no rodapé do e-mail ou na lateral da região “Above The fold”.

5- Cuidado com as imagens

Não tenha medo de utilizar imagens em seu layout de e-mail marketing, mas lembre-se que imagens muito pesadas, que demoram para carregar, podem fazer o leitor desistir de abrir o e-mail.

Uma dica é usar o site tiny png, que diminui os peso das imagens sem que percam a qualidade.

Além disso, use imagens profissionais e com resolução adequada, principalmente se for ilustrar produtos. Imagens genéricas podem ser recolhidas de bancos de imagens, alguns deles são gratuitos.

6- Emails devem ser criados em HTML

Em vez de enviar um e-mail marketing na forma de uma imagem JPEG ou PNG inserida na mensagem, o ideal é criar layouts de e-mail marketing em HTML e dividir as imagens e conteúdos em arquivos distintos no momento de disponibilizá-los no servidor de onde serão vinculados.

Isso evita que o e-mail demore para abrir o que, como dissemos, pode impacientar os leitores e fazê-los fechar o e-mail.

7- Seja criativo com as mídias que usa

Para tornar o e-mail marketing ainda mais atraente, além de caprichar nas imagens, outros tipos de mídias, como vídeos, gifs e animações também podem ser incluídos no HTML, desde que sejam leves, para não comprometer o carregamento do e-mail na tela no momento em que for aberto.

8- E-mails só com texto

Caso os e-mails façam parte de uma estratégia de automação de marketing – em que o layout de e-mail marketing é produzido e programado previamente para ser enviado automaticamente ao longo de um período – optar pelo simples pode ser uma boa ideia.

Isso passa a impressão de que o e-mail foi realmente digitado especialmente para o cliente, pelo seu autor. Por isso, crie layouts clean, com poucas ou nenhuma imagem e praticamente só texto, já que o objetivo dessas campanhas, normalmente, é se mostrar próximo ao cliente.

Nesses casos, é importante passar a sensação de instantaneidade e espontaneidade, como se o e-mail tivesse acabado de ser redigido e enviado. A simplicidade, dentro desse formato de estratégia, é fundamental.

O layout é apenas uma das providências a serem tomadas na hora de fazer o disparo de e-mail marketing. Segmentar seu público, usar assuntos relevantes para ele, técnicas de copywrtiting e fazer testes A/B também são fundamentais, não se esqueça deles!

Este post foi escrito pela equipe da We Do Logos, a maior plataforma criativa da América Latina e uma das pioneiras no Brasil.