Como gerar leads e vender mais com Inbound email marketing

Seja honesto. Você ainda decide qual celular deseja comprar apenas assistindo a um anúncio de TV? Certamente não. A tecnologia transformou completamente o comportamento do consumidor e o modo como tomamos nossas decisões de compra. E não surpreendentemente, o marketing mudou para se adaptar a essa transformação. Em meio a essas mudanças surge o Inbound email marketing.

Dentro da lógica do Inbound Marketing, entende-se que o cliente inteligente de hoje é experiente em internet e gosta de tomar decisões com base em suas próprias pesquisas. O Outbound Marketing, por outro lado, ainda interrompe o usuário e assim como um comercial de televisão, empurra o produto que deseja vender.

No Inbound Marketing o consumidor chega até seu produto ou serviço, no Outbound Marketing o produto vai até o consumidor de maneira um tanto quanto “invasiva”.

Se você deseja aprofundar seu conhecimento, sugerimos que também leia o artigo exclusivo produzido pela LAHAR; Guia Completo em Inbound Marketing: O que é e como aplicá-lo ao seu negócio.

Quando se trata de Inbound Marketing, uma das melhores táticas de comunicação disponível para ajudar usuários e leads a caminharem pelas etapas do funil de vendas e avançarem pela jornada do consumidor, é a utilização de uma estratégia de e-mail marketing estruturada.

É importante destacar também que existem técnicas de outbound email marketing e se você deseja se manter fiel ao Inbound email marketing, é preciso seguir uma série de orientações para não tornar seu email invasivo.

Leia também: O que é inbound e outbound em marketing: qual usar em seu negócio?

Mas, por que email marketing? Bem, o número de emails enviados e recebidos por dia chega a 269 bilhões e espera-se que ultrapasse 319,6 bilhões até 2021. A seguir, vamos entender os estágios do Inbound email marketing e como os e-mails podem ser moldados para se encaixar nessa metodologia.

Converter, concluir uma venda e fidelizar: estágios do inbound email marketing

A metodologia de Inbound Marketing envolve quatro etapas: atrair, converter, concluir a venda e encantar (ou fidelizar).

A primeira etapa, atrair, como o próprio nome prevê, tem o objetivo de atrair visitantes para o seu site. Isso envolve, por exemplo, SEO e marketing em mídia social. Emails não estão envolvidos neste estágio. E-mails entram em jogo na próxima etapa.

Converter: quando os visitantes se tornam seus leads

Este é o estágio no qual o objetivo é converter visitantes em leads.

Você conseguiu levar usuários para seu site e agora o próximo passo é adquirir o endereço de email para que você possa manter uma comunicação contínua com esses contatos.

Compartilhe um white paper, e-book ou qualquer recurso de conteúdo que os usuários que entraram no seu site possam estar procurando. Em troca desse material solicite informações valiosas de contato, principalmente seu endereço de e-mail.

O visitante agora é um lead, que pode ser mais ou menos qualificado em marketing. Esse contato precisa passar por um processo de nutrição de leads e o cultivo pode ser feito com sucesso através da estratégia de inbound email marketing.

Aprenda mais sobre geração de leads qualificados, no artigo; A importância da geração de Leads para o sucesso do seu negócio.

Vamos agora dar uma olhada nos e-mails que são enviados para os leads neste estágio, a fim de convertê-los gradualmente em leads qualificados de vendas.

1. Email de boas-vindas

Um email de boas vindas é o primeiro email comercial que você envia para um lead recém cadastrado.

Enquanto você confirma que eles se inscreveram com sucesso, você também precisa prepará-los para os emails que você enviará no futuro. E sim, envie um email de boas vindas imediatamente após à inscrição. Pesquisas apontam que 74,4% dos clientes aguardam ansiosamente por um email de boas vindas depois de se inscreverem em um formulário.

A automação de email marketing, é uma prática fundamental em qualquer estratégia de inbound email marketing, pois permite que as ações sejam realizadas de acordo com um planejamento prévio, economizando tempo da equipe de marketing e vendas, construindo um entendimento sobre o cliente, bem como guiando-o por todo o funil de compras.

2. E-mails de nutrição de leads

Para nutrir um lead, primeiro você precisa conhecer bem esse contato. Dentro da estratégia de inbound email marketing esse passo é fundamental.

O objetivo é atender as necessidades de cada contato individualmente e não disparar emails genéricos, sem personalização e frios para toda a sua base.

Como isso é possível? Há 3 maneiras de fazer isso:

  • Fazendo perguntas diretas por meio de formulários
  • Coletando algumas informações básicas durante o processo de inscrição
  • Analisando o comportamento de navegação do lead no site.

Esses 3 métodos ajudarão você a personalizar seus e-mails com conteúdo dinâmico.

Com todas essas informações em mãos, você pode ajudá-los fornecendo soluções para seus problemas por meio de seus produtos e serviços. Nunca soe agressivo, no entanto. De maneira sutil, mas inteligente, você precisa fazê-los acreditar que você é a melhor opção deles, levando-os a caminhar pela jornada do cliente.

Novamente, o processo de automação de marketing digital é uma ótima maneira de economizar esforço e ter resultados mais expressivos em suas ações. Mas não se esqueça da segmentação de clientes para enviar emails direcionados, ou seja, os emails certos para as pessoas certas.

Concluir uma venda: converter leads em clientes é sua próxima missão

Neste estágio, seu lead já está interagindo com sua marca de maneira mais intensa e estão mais próximos de virarem clientes reais. A nutrição de seus leads também continuará nesse estágio. Esses e-mails podem ser automatizados para diminuir a carga sobre seus ombros.

Entenda melhor seus leads para atraí-los a comprar de você. O que eles estão procurando? Eles estão conscientes do orçamento? Ou eles são do tipo exigente que precisa de muito convencimento? Você precisa atender às suas necessidades e fornecer conteúdo relevante para persuadi-los no momento certo.

E-mails automáticos de abandono de carrinho são bons exemplos de inbound email marketing que atendem aos clientes que estão neste estágio. O exemplo do email enviado pela Asics conversa com o cliente que com certeza está interessado em seus produtos, ao mesmo tempo em que também sugerem outros produtos relacionados que possam interessar ao lead.

inbound email marketing

Emails transacionais, que incluem a confirmação do pedido e as informações de remessa de pedidos, também são uma parte importante deste estágio. Deixe seus assinantes saberem que você se importa com o pedido deles e com o que exatamente está acontecendo com eles.

Além disso, os emails transacionais recebem 47,1% de taxas de abertura, em comparação com 21,6% para e-mails não transacionais (de marketing). Aproveite ao máximo esses números.

Emails transacionais, assim como os emails de abandono de carrinhos, são uma ótima oportunidade para você fazer mais vendas oferecendo outros produtos e serviços, sem parecer invasivo.

Fidelização por meio de inbound email marketing

Uma vez um cliente, sempre um cliente, correto?

Nem sempre.

Uma boa experiência do consumidor desempenha um papel vital na retenção de clientes e é fundamental para transformar um cliente em um evangelizador da marca. Dessa forma, se você oferecer uma boa experiência para seus clientes eles vão se tornar embaixadores da sua marca.

Assim, desde o início e considerando que não há fim na jornada do consumidor, você tem que se manter oferecendo a cada assinante o que eles estão procurando. Certifique-se de manter contato com todos os clientes, mesmo depois dele ter comprado com você.

A abordagem do inbound email marketing ajuda você a enviar emails relevantes para suas personas no momento certo. Além disso, permite que você se conecte com seus assinantes no nível pessoal, o que, por sua vez, aumenta o tráfego, os leads e, por fim, as vendas da sua empresa.

Para iniciar sua estratégia de inbound email marketing é importante contar com um software de automação de marketing, que além de possibilitar a construção de landing pages (páginas de conversão), também fará a gestão de seus contatos, auxiliará na sua segmentação, permitirá a construção de fluxos de nutrição e apresentará relatórios com os resultados de cada campanha.

A LAHAR é uma plataforma de automação de marketing, com essas e outras funcionalidades, auxiliando sua estratégia e contribuindo para o aumento de seus resultados e para a economia de tempo e pessoal. Quer saber como ela aumenta os resultados de seu negócios? Entre em contato com a nossa equipe e experimente grátis.