O que é inbound e outbound em marketing: qual usar em seu negócio?

o que é inbound e outbound marketing

Pensar em avanços tecnológicos, atualmente, remete à ideia de que mais de 2 bilhões de pessoas ao redor do mundo possuem capacidade de se conectar à internet.

Essa evolução, esse novo momento global, ganhou seu espaço e não mostra intenções de ir embora, pelo contrário: nossos comportamentos, atitudes e hábitos estão inteiramente afetados pelas conexões, sejam elas através de um computador, celular ou tablet.

O que interessa é que, embora esse avanço seja sinônimo de praticidade, as relações de negócios e a própria maneira de ver, agir e se organizar em sociedade mudaram. A questão é: como usufruir das novas vantagens do mundo digital, especialmente quando pensamos em estratégias de marketing?

Como uma empresa precisa agir e o que ela precisa adotar para superar os novos desafios da vida moderna de todos os seus possíveis clientes? Por que é importante conhecer e entender o que é inbound e outbound em marketing? É o que vamos descobrir.

Entenda o que é inbound e outbound marketing

Antes de mergulhar a fundo nesses conceitos e entender definitivamente o que é inbound e outbound em marketing, é importante contextualizar este cenário de forma mais ampla, vamos começar pelo marketing digital.

Marketing digital

Pode-se afirmar que a tecnologia da informação e a própria comunicação são imprescindíveis para construir e alinhar estratégias de marketing e vendas das organizações.

Essas duas áreas (tecnologia da informação e comunicação) antigamente não trabalhavam lado a lado da mesma forma. Mas com o marketing digital, pode-se notar a importância de lidar com ambas como se fosse apenas um grande “departamento”.

Conhecido como o novo marketing, o marketing digital fez com que muitas mudanças acelerassem, forçando as empresas a seguirem o novo ritmo – perdendo a confiança nas práticas de negócios anteriores para continuarem com sua lucratividade e prosperidade.

Mas o que é marketing digital?

Marketing digital pode ser considerado como um processo social que trabalha através de um conjunto de práticas de comunicação digital, de modo a oferecer o que um grupo determinado de pessoas necessita e deseja, por meio da negociação e oferta de produtos e serviços de valor.

Antes de pensar que o marketing digital é totalmente diferente das premissas do marketing tradicional, cabe lembrar que para atingir os consumidores e as metas da organização os gestores ainda precisam partir de algumas premissas já tão bem conhecidas:

  • Conhecer seu público-alvo, sua persona;
  • Possuir conhecimento da estratégia da marca;
  • Compreender o planejamento estratégico da organização, e claro, da própria cultura organizacional em que o planejamento será cultivado.

Marketing digital = Inbound marketing?

A primeira coisa que precisamos fazer para compreender o que é inbound e outbound em marketing, é desfazer alguns mitos.

Isso porque o conhecimento sobre marketing digital pode trazer diversos questionamentos e confusões para novos empreendedores e gestores de pequenas, médias e grandes empresas. E uma das questões mais populares é: marketing digital é a mesma coisa que inbound marketing?

Não, ambas possuem distinções, mesmo que para muitos seja difícil notá-las.

Então, como entender inbound marketing? E o outbound marketing, o que é?

Inbound marketing x outbound marketing

Possuindo diferentes focos, o inbound marketing e o outbound tem significados diferentes e trazem à tona uma discussão muito popular: a luta entre o novo versus o tradicional.

Inbound Marketing

Inbound marketing é a estratégia de mercado que se volta para o ambiente da internet, das redes sociais. O inbound marketing foi criado para suprir as necessidades dos clientes online: atingindo os consumidores mesmo com as mudanças de comportamento e hábitos de consumo criados pela tecnologia.

O inbound marketing, também chamado de marketing de permissão, possui a ideia de fazer com que o cliente venha até a marca. E de que forma? Através da relevância da marca na internet: apostar nas publicações em sites e blogs, realizar ações nas redes sociais, e outras formas de exibição como e-books, newsletters, videoconferências, podcasts, entre diversos outros.

Desse modo, acredita-se que o cliente terá um real interesse nos produtos e serviços da empresa, criando um relacionamento que pode variar de médio a longo prazo, ou seja, desde a captação de leads até o final de um ciclo de compra. 

Afirma-se hoje que empresas B2C (Business to Commerce) e B2B (Business to Business) conquistaram uma taxa expressiva de novos clientes através das redes sociais.

Agora, para compreender totalmente o que é inbound e outbound em marketing, vamos ao segundo fato desta equação.

Outbound Marketing

Já o outbound marketing é a abordagem conhecida como marketing de interrupção – meio no qual as empresas enviam sua mensagem de marketing para o maior número de pessoas possível através de mala direta, e-mails de prospecção, propagandas, telemarketing e outras técnicas que interrompem a rotina diária do público.

A ideia do outbound marketing é continuar atraindo clientes com os modelos similares aos que sempre existiram, como por exemplo as propagandas em televisão e rádio. 

Situação do mercado norte-americano quanto ao inbound marketing

O mercado dos EUA é um bom exemplo para entender o que é inbound e outbound em marketing.

A nova realidade de comportamento de consumo dos norte-americanos confirma que mais de 90% dos processos de compra se iniciam por uma busca online, além da necessidade que é suprida através das estratégias de inbound marketing em aumentar as vendas da empresa através das informações online.

O mercado norte-americano tem se aproveitado do inbound marketing como uma excelente estratégia. Isso é visto em pelo menos 50% das empresas de lá, que investem nessa técnica para gastar menos com cada lead.

É interessante saber também que o aumento dos investimentos é em torno de 50%. Ou seja, o retorno é comprovado e seguro.

Vantagens do inbound marketing e outbound marketing

Como entendido, o inbound marketing gera conteúdo de qualidade para atrair o prospect. Com um cliente com maior conhecimento sobre a marca e os produtos, certamente haverá mais chances de que ele procure a organização para realizar uma compra.

Sendo assim, o inbound marketing possui como vantagens:

  • Menor custo: inbound marketing é um marketing de baixo custo – o valor está relacionado ao meio que será utilizado para apresentar o produto. O lançamento de produtos e serviços na internet possui custo muito inferior às mídias tradicionais;
  • Facilidade em desenvolver e alterar o marketing conforme o ponto de vista (entendimento) do cliente em relação à marca: o modo como o consumidor se comporta é a chave para vender em negócios B2B, com vendas mais complexas;
  • Maior efetividade em %: a qualificação de leads vindos via Inbound atraem pessoas que já conhecem a marca e tendem a confiar mais nela porque tomaram uma ação de confiar no conteúdo previamente. Portanto, em percentual, se comparado ao modelo outbound o fechamento de vendas Inbound é maior.

Contudo, o marketing tradicional – outbound marketing – também possui seus pontos fortes:

  • Eficiente para empresas que possuem mais recursos para serem investidos;
  • Abordagem impessoal também é uma vantagem: as técnicas de propagandas em televisão e rádio, outdoors e banners, por exemplo, são valorizadas em mercados mais tradicionais ou  B2C;
  • Novos clientes são atraídos mais rapidamente do que pelo inbound marketing, que possui como fundamento atrair o lead, estimular conversões e só então abordar para a venda, gerando um ciclo de venda mais longo;
  • Contato direto pode ser decisivo para a compra.

Agora que você tem mais informações sobre o que é inbound e outbound em marketing, responda a seguinte pergunta: existe um modelo correto para ser adotado?

Ora, essa é uma pergunta que não possui resposta definitiva. A verdade é que ambos os modelos podem funcionar de forma eficaz, se forem aplicados de forma complementar. O melhor conselho é entender o negócio da sua empresa, e verificar quais canais seriam mais efetivos e aplicar em seu negócio.

Este post foi escrito pela equipe da Meetime, um software de inside sales criado para simplificar o processo de vendas e auxiliar sua equipe comercial a ter melhores resultados.