Outbound e-mail marketing: como gerar mais leads em menos tempo

Não é mais possível pensar em uma estratégia de marketing digital sem considerar o e-mail marketing. Dentro da nova lógica do marketing na web, para desenvolver seu negócio B2B ou B2C é preciso uma boa dose de novos leads entrando no funil de marketing. Com a abordagem certa, uma campanha de outbound e-mail marketing pode atrair novos prospects, manter sua marca na mente de seus clientes e ampliar o volume de novos negócios.

Talvez você esteja mais familiarizado com o inbound marketing e com todas as ações relacionadas a ele, entretanto, o outbound marketing é uma das maneiras mais práticas e econômicas de atrair clientes em potencial e uma excelente alternativa para ampliar o seu funil de leads.

Quando se trata de inbound marketing versus outbound marketing parece que o primeiro tem recebido toda a atenção ultimamente. Mas a natureza do inbound marketing exige que você espere pacientemente que seus clientes em potencial descubram seu conteúdo e o aceitem.

Por outro lado, a utilização do outbound marketing e o envio de e-mails marketing para uma lista segmentada de contatos frios pode colocar sua empresa na frente de milhares de leads em potencial de uma só vez. Essa é uma maneira explosiva e sustentável de gerar leads para suas equipes de vendas e marketing. Isso é o outbound e-mail marketing.

Nesta postagem, forneceremos algumas dicas valiosas para gerar leads eficientes usando uma campanha de e-mail de prospecção ou outbound marketing.

Gere mais leads usando o outbound e-mail marketing

É preciso entender como fazer um e-mail marketing efetivamente valioso para o negócio, e para isso, no caso desse artigo, primeiro, vamos esclarecer a diferença entre as campanhas de inbound e outbound e-mail marketing.

O método de inbound depende de seus clientes potenciais desejarem preencher um formulário de contato em seu site e optarem por receber suas mensagens. Você pode usar um software de automação de e-mail marketing para entrar em contato com essa lista baseada em permissão.

Neste caso, os usuários concordaram em receber comunicações regulares de você, incluindo atualizações, anúncios ou uma oferta para comprar seu produto ou serviço. O problema com a entrada é que você não tem controle sobre a velocidade com que sua lista cresce.

Ainda quer saber mais sobre o que é inbound marketing e como ele pode ser aplicado ao seu negócios? Sugerimos que leia o artigo exclusivo produzido pela Lahar: Guia Completo em Inbound Marketing: O que é e como aplicá-lo ao seu negócio.

Entretanto, se você identificou seu cliente-alvo e o valor da sua vida útil justifica o alcance por meio de uma ligação ou um e-mail frio, é hora de aproveitar a velocidade e a objetividade de uma campanha de outbound e-mail marketing.

Nesse momento você pode estar se perguntando, o que são e-mails frios. Então vamos à explicação: o cold mailing é a tentativa de iniciar a conversa com alguém via email sem anteriormente ter tido algum tipo de contato com lead.

Essa é na realidade, a maior diferença entre o inbound e o outbound e-mail marketing. No primeiro caso o usuário se transformou em lead por conta de uma campanha na qual você o estimulou a aceitar receber suas notificações, já no outbound e-mail marketing o lead não se cadastrou ou preencheu qualquer formulário. Nesses casos, você pode ter conquistado o lead através da compra desse contato, por exemplo.

Atenção! O envio de e-mail marketing para uma lista comprada deve ser tratado com cuidado. Um software de geração de leads de e-mail dedicado usará seus próprios domínios e IPs para garantir que você não fique na lista negra ou arruine a reputação do remetente.

Pare de esperar que os usuários encontrem você

A razão pela qual é chamado de outbound é porque esse método exige que você atinja ativamente e por e-mail pessoas não inscritas anteriormente. O lento processo de criação de lista orgânica impulsionará novos leads no funil, mas não no ritmo esperado.

Ao enviar e-mails para contatos frios em uma lista específica do setor, você tem a oportunidade de alcançar novos leads que ainda não conhecem sua empresa. A partir da primeira interação com seu e-mail eles são encaminhados ao fluxo estabelecido pelo software de automação de marketing, seguindo o caminho que você definir em seu estudo de jornada do consumidor.

Se você estiver realmente querendo acelerar o crescimento da geração de lead o outbound e-mail marketing é uma das maneiras mais rápidas de manter o funil de vendas continuamente cheio de leads.

Como construir uma lista de e-mails frios

Você pode coletar meticulosamente e-mails de seus clientes em potencial por meio de pesquisas online. Os e-mails podem então ser adicionados a uma planilha interna para as equipes de vendas e marketing rastrearem e manterem.

Outra opção é terceirizar a tarefa de coleta de e-mail para um serviço freelancer. Esta é uma opção mais econômica, que também economizará tempo. Existem vários serviços de assistente pessoal que se especializam nesta tarefa.

Entretanto, a maneira mais rápida e conveniente de adquirir uma lista de contatos frios é comprar uma de um provedor de dados confiável. Dessa forma, você pode ter certeza de que a lista é de alta qualidade e está direcionada para o seu setor específico.

Um provedor de dados respeitável pode fornecer um banco de dados corporativo verificado em sua região geográfica selecionada, bem como filtrar seus contato de acordo com as características que você deseja encontrar. Se por exemplo, você for uma empresa de produtos esportivos, pode comprar uma base de contatos que atendam as características que você aponta como principais de seu público alvo.

Outbound E-mail Marketing: 4 dicas para alcançar melhores resultados

Separamos 4 dicas que vão te ajudar na hora de tirar o melhor de uma estratégia de outbound e-mail marketing.

Não encha sua lista com contatos que fogem do perfil de seu público alvo

Não adianta comprar uma lista enorme de contatos que não tenham as características de seu público alvo. Esse é um método desatualizado de alcançar um público-alvo por e-mail e não retornará os resultados que sua campanha merece.

Em vez disso, crie uma mensagem personalizada direta que fale com seu cliente-alvo sobre seus pontos problemáticos específicos. Devido à natureza de contato frio do outbound marketing, apenas as mensagens que fornecem valor imediato têm uma chance de serem abertas, e assim melhorarem a taxa de abertura de e-mail marketing.

Limpe e verifique sua lista de e-mails

Sem limpar sua lista de e-mail primeiro, você corre o risco de prejudicar sua pontuação de remetente e afetar negativamente sua capacidade de entrega de e-mails.

O outbound e-mail marketing depende de um banco de dados com e-mails verificados, livres de armadilhas e inconsistências de spam.

Uma verificação de higiene é a chave para reduzir sua taxa de rejeição e maximizar a capacidade de entrega. Sua reputação de IP está em jogo, e é por isso que um software de geração de leads de e-mail como é recomendado.

Atenção ao título de seu e-mail

O título seu e-mail marketing é o primeiro contato que seu lead terá com o material que você enviou. Ele determinará, em muitos casos, se o usuário terá ou não interesse em abrir o e-mail.

Sem uma linha de assunto de e-mails atraente, seu e-mail se perderá rapidamente na caixa de entrada lotada de seu prospect. A melhor maneira de chamar a atenção do seu leitor é oferecer uma solução para um problema logo no título.

Ao abordar os pontos problemáticos de seus clientes em potencial, você aumenta o interesse deles em se relacionar com seu conteúdo imediatamente. Se você identificou um problema com sucesso e alinhou seu conteúdo com a solução, verá que suas taxas de abertura refletem isso.

No entanto, evite fazer uma declaração na linha de assunto que alcance uma taxa de abertura mais alta, mas não se alinhe com o conteúdo do corpo do email. Isso irá confundir e irritar o leitor, pois eles podem se sentir como se tivessem sido enganados.

Combine uma linha de assunto intrigante com uma solução de alto valor no conteúdo do corpo do email. O conteúdo premium, como estudos de caso, depoimentos e white papers, são maneiras fantásticas de agregar valor ao seu público e aumentar as chances de que ele se inscreva ou estimular a geração de leads qualificados para vendas.

Segmente sua lista de e-mails com base no tipo de público, nas características da persona, pois o conteúdo personalizado para um comprador específico tem mais chances de ser notado na caixa de entrada. Campanhas personalizadas têm uma chance muito melhor de converter do que enviar uma mensagem genérica para uma lista grande.

Acompanhe as métricas da sua campanha e faça ajustes

Você deve acompanhar os resultados de cada um de seus e-mails disparados e entender como os leads se comportam em cada um deles.

Desenvolver testes A/B também pode ser interessante no início de seu trabalho com outbound e-mail marketing. Algumas plataformas oferecem relatórios de campanha personalizados. Isso permite que você analise os principais dados e defina benchmarks para melhorar o desempenho de sua campanha. Você poderá analisar as métricas que validam o tipo de conteúdo que fala ao seu público.

Medindo as taxas de abertura e os cliques de cada campanha, você poderá identificar rapidamente o que está funcionando e o que não está. Avalie os resultados e faça um novo teste para continuar otimizando suas campanhas de outbound e-mail marketing em todo o seu potencial.

E ai, preparado para iniciar uma estratégia de outbound e-mail marketing? Entre em contato com a LAHAR. Com uma equipe altamente capacitada desenvolvemos, em conjunto com você, campanhas de e-mail marketing automatizados para o trabalho de nutrição de leads e consequente estímulo à conversão. Além disso, na mesma ferramenta você encontra soluções para mídias sociais, landing pages e muito mais.