Como fazer marketing pessoal: 9 dicas para ganhar o mercado de trabalho

Em um mercado cada vez mais competitivo, desenvolver suas habilidades técnicas, é indispensável, mas pode não ser o suficiente para se destacar entre os demais profissionais. É por isso que, se você quiser se sobressair, é hora de aprender como fazer marketing pessoal.

Mas, você sabe o que é marketing pessoal?

O marketing pessoal é composto por um conjunto de estratégias que visam aprimorar as características profissionais e pessoais do indivíduo.

A primeira lição de como fazer marketing pessoal, é aprender a destacar os aspectos mais relevantes, tanto sobre você, como sobre o trabalho que você está desenvolvendo.

Assim como no branding de uma empresa, no marketing pessoal, você também irá expressar e comunicar suas habilidades, personalidade e valores.

É importante, assim como na construção de uma marca empresarial, que você não finja ser quem não é. Seja autêntico. O marketing pessoal que você produzir deve ser sobre quem você é e o que você tem a oferecer.

Use seu estilo e exclusividade para atrair os empregos e a clientela que você deseja.

Como fazer marketing pessoal com 9 passos simples

O marketing pessoal não é apenas para o empreendedor que possui seu próprio negócio. É o molho secreto que pode fazer você se destacar em uma pilha de currículos.

Se você não desenvolver sua própria marca pessoal, outras pessoas farão isso, e você ficará para trás.

Aprender como fazer marketing pessoal é a maneira proativa de controlar o desenvolvimento de sua carreira e a forma pela qual você será percebido pelo mercado.

O marketing pessoal afetará sua capacidade de conseguir os empregos certos, obter promoções desejadas e, consequentemente, deslanchar sua carreira e renda.

Então, vamos ver as dicas de como fazer marketing pessoal, que podem ajudar você a criar sua própria “marca”.

1. Participe de eventos em sua área

Uma das formas mais eficientes de promoção pessoal é a participação constante em eventos relacionados ao seu campo de trabalho.

Isso é importante porque esses eventos estimulam contatos e conexões profissionais que podem endossar você como profissional no futuro.

Independentemente do seu segmento, fique de olho nos eventos e nas oportunidades em que as marcas que você segue participam e promovem nas mídias sociais.

Essa pode ser uma oportunidade para se conectar a profissionais que você vê como referências e, quem sabe, deixar uma porta aberta para futuras parcerias.

2. Mantenha sempre a sua página do LinkedIn sempre

O LinkedIn é a rede social que mais se destaca quando falamos de promoção pessoal e profissional.

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, o Linkedin é muito mais do que uma  rede para profissionais que procuram colocação no mercado.

Com o LinkedIn, é possível estabelecer conexões com outros profissionais, o que torna a plataforma um excelente ambiente para atrair parceiros de negócios.

Para se destacar nessa plataforma, é importante manter seu perfil sempre atualizado. Mais do que simplesmente criar uma conta, é necessário investir tempo criando um perfil com as informações mais relevantes sobre você e seu trabalho.

Também é interessante que você compartilhe textos, artigos e notícias que dizem respeito aos seus interesses no mercado de trabalho.

3. Mantenha um blog para criar autoridade em um tópico

Os blogs são ótimas ferramentas para vender sua imagem.

Crie um blog que apresente aos seus leitores o que você faz, criando conteúdo relevante que realmente inspire e ajude o público-alvo.

Quanto mais valor você gerar para seus leitores, em textos ou materiais ricos, melhor será sua imagem no mercado em que está inserido (ou deseja se inserir).

Para disseminar conteúdos, seja por meio de disparos de email marketing ou redes sociais, você pode contar com o auxílio de softwares de automação de marketing.

Por meio de formulários de inscrição para recebimento de newsletter, por exemplo, você pode construir uma base de leads e criar um relacionamento constante com eles.

4. Vá além do escopo do seu trabalho

Dentro da organização que você faz parte, faça mais do que a descrição da sua tarefa indica.

Para você desenvolver bem o seu marketing pessoal, é necessário ir além do escopo do seu trabalho.

  • Ofereça-se para ajudar pessoas de outras áreas
  • Demonstre interesse em tarefas desempenhadas por outros profissionais
  • Tente absorver todos os tipos de conhecimento que possam ser úteis para você realizar seu trabalho.

Um cuidado: não seja inconveniente! Seja natural e humilde em suas abordagens. E claro! Não esqueça que antes de conhecer outras áreas, as suas atividades devem estar em dia.

5. Tome crédito pelo que você faz e compartilhe com a equipe

Um dos maiores erros cometidos pelos profissionais, especialmente quando eles estão começando, é não assumir o crédito pelo trabalho que você desenvolveu.

O marketing pessoal depende da maneira como você se posiciona no mercado. Toda vez que você obtiver um resultado positivo, certifique-se de receber o crédito por ele. Celebre sua vitória e destaque seu sucesso.

Tome cuidado para que você faça isso de uma maneira natural e sem ofuscar ninguém em sua equipe, porque há uma linha tênue entre ser confiante e arrogante.

Agradecer quem participou da vitória com você é elevar seu nome e o nome de todo o seu time.

Se você é um líder de setor, por exemplo, essa dica é ainda mais valiosa. Afinal, ser um líder é muito menos sobre alcançar o sucesso sozinho e muito mais sobre levar sua equipe aos resultados esperados.

6. Mantenha projetos extracurriculares

Para fazer marketing pessoal é interessante que você invista em atividades extracurriculares que vão além do seu campo de trabalho.

Projetos extracurriculares permitem que você adicione novas experiências ao seu currículo como profissional ou empreendedor.

7. Procure por especialização

Você pode ser o melhor profissional em sua linha de trabalho, mas sempre há algo novo para aprender.

Buscar constantemente a especialização é ideal para evitar atrasos, especialmente em mercados em constante mudança, como o digital.

Acompanhe os blogs do seu segmento e fique de olho nas novas versões de ferramentas que você já usa diariamente.

8. Compartilhe seu conhecimento

Não é o suficiente aprender; você tem que ser capaz de ensinar e compartilhar seu conhecimento ajudando os outros.

Faça isso pessoalmente, com seus colegas de trabalho, crie vídeos e compartilhe em mídias sociais.

É aqui que você prova que tem conhecimento, bagagem e é um profissional com o qual todo mundo gostaria de trabalhar. Não tem marketing pessoal melhor do que este.

9. Identifique seus valores e defina suas prioridades

É importante ter uma ideia clara dos seus objetivos pessoais e profissionais, tanto a curto como a longo prazo.

Isso ajudará você a não apenas identificar as coisas mais importantes para investir seu tempo, mas também possibilitará um alinhamento com novos projetos.

Use seus valores e prioridades como uma bússola que o guiará em seu processo de tomada de decisão. Isso irá garantir que você fique no caminho certo.

O marketing pessoal exige tempo e esforço, mas vale a pena. Ele é um requisito de liderança que permite que as pessoas saibam quem você é e o que você representa.

A LAHAR é uma plataforma de automação de marketing digital completa, seja para a promoção de ações de marketing pessoal (em redes sociais, email marketing, etc) ou para empresas que desejam trabalhar suas campanhas de marketing e vendas. Experimente gratuitamente por 15 dias. Entre em contato com a nossa equipe.