Como identificar tendências de mercado? 5 dicas para sair na frente!

Com o mercado cada vez mais competitivo, não dá mais para trabalhar de maneira reativa as tendências. Hoje em dia quem sabe como identificar tendências de mercado e usá-las a seu favor, tem vantagem, por isso, veja essas 5 dicas para estar um passo à frente.

O que são tendências de mercado?

Antes de irmos para as dicas de como identificar tendências de mercado, precisamos colocar as cartas na mesa e definir o que caracteriza as tendências para que você saiba como identificá-las.

Tendências de mercado são indicativos tirados em cima de comportamentos e ações feitas pelos consumidores a partir de novos hábitos e preferências que podem apontar oportunidades para onde o mercado tende a ser vantajoso.

As tendências normalmente se revelam em cima de uma análise de mercado, dos consumidores, análise de concorrência e da resposta dada pelo público frente a um produto ou serviço, levando em conta as caraterísticas dos mesmos e o canal pelo qual esse consumidor foi impactado.

As tendências possuem níveis, existem aquelas mais efêmeras, que tem curta duração, também conhecidas como “modinhas” que são mais difíceis de prever. As tendências a curto e médio prazo são as mais consistentes e com uma vida útil maior.

Por fim, se você chegar ao ponto de partir para uma análise de mercado contínua, consistente e a longo prazo, pode chegar a identificar tendências de comportamento que ainda não surgiram, mas que podem mudar muito o mercado e tornar sua empresa pioneira. 

5 dicas de como identificar tendências de mercado

Agora que você já entendeu um pouco sobre o que caracteriza uma tendência, separamos 5 dicas essenciais de como identificar tendências de mercado para que você possa estar a frente dos seus concorrentes:

1. Faça pesquisas na sua base de clientes

2. Monitore e faça uma análise de concorrência  

3. Fique atento aos padrões de consumo e as “modas passageiras”

4. Utilize as redes sociais para entender melhor seu público

5. Aposte em sites e ferramentas para identificar tendências

1. Faça pesquisas na sua base de clientes

A sua base de clientes é um dos indicativos mais valiosos para conhecer o que o seu público acha do seu produto ou serviço, o que ele acha que pode melhorar, o que está faltando ou o que o destaca das demais opções do mercado.

A sua base de clientes representa um recorte de pessoas que chegaram até você e resolveram escolher a sua solução como melhor forma de resolver um problema que eles tinham, logo eles podem revelar interesses e comportamentos que podem ser tendências a serem exploradas.

2. Monitore e acompanhe seus concorrentes

A análise de concorrência é outro ponto fundamental para não ficar para trás. Se você não conhece seus concorrentes diretos e indiretos e não acompanha seus movimentos pode ser passado para trás em algum movimento ousado feito por eles.

O ideal é sempre ficar ligado nas postagens, mídias pagas, propagandas e campanhas para tirar inspirações e até seguir as tendências que eles identificarem, até porque seus concorrentes estão de olho em você e vão fazer o mesmo.

Saiba mais: Guia para uma análise de SEO completa de seus concorrentes

3. Fique atento aos padrões de consumo e as “modas passageiras”

Na hora de buscar por novas tendências, é normal esbarrar em modices passageiras, ou seja, padrões de consumo que explodem de uma hora para outra, mas que na verdade não tem uma longevidade que valha o investimento. 

É sempre importante estar atento para tirar o máximo desse pico de popularidade, mas é preciso ter sobriedade e conhecimento para saber quando se trata de um padrão duradouro e quando é apenas uma “modinha” até para controlar os investimentos.

4. Utilize as redes sociais para entender melhor seu público

As suas redes sociais são outra ponte entre você e seus clientes em potencial, por isso, é sempre interessante incentivar a interação e apostar em publicações voltadas para o engajamento.

Esse tipo de postura pode ser muito importante para que as pessoas que acompanham a sua empresa falem e dêem indicativos de padrões de consumo que podem surgir e serem explorados.

5. Aposte em sites e ferramentas para identificar tendências

Existem algumas ferramentas e sites voltados para o mapeamento do mercado que podem ser muito úteis para que você encontre os termos mais debatidos do momento, identifique padrões de comportamento e o que está em alta. 

  • Google Analytics: a ferramenta do Google que monitora e traz os dados referentes às visitas ao seu site, possui uma série de relatórios e filtros que podem ser muito úteis na hora de testar a resposta dos seus visitantes a algumas tendências.
  • Google Trends: o Trends utiliza um mecanismo que permite analisar tendências de buscas de palavras-chave no Google de modo que você encontre os termos mais pesquisados no momento.
  • Google Alertas: ótima ferramenta para monitorar e alertar sobre certos assuntos que possam estar relacionados a temas que interessam a sua empresa.
  • CRM: o programa gestão do cliente irá acompanhar e registrar todo o contato feito com seus clientes e clientes em potencial, qual resposta foi dada em que contexto e qual rumo isso levou, sendo de fato uma fonte de pesquisa e comparação forte e com dados atualizados.

Veja também: Estratégias de CRM utilizadas em marketing: quais são e vantagens

E aí aprendeu o que é e como identificar tendências de mercado? Uma das ferramentas que podem ajudar muito nesses e em outros processos diários da sua empresa são os softwares de automação. Seus recursos de dados podem contribuir para identificar mudanças no comportamento do cliente, por exemplo. Além disso, é possível realizar uma série de tipos de testes A/B para avaliar as preferências dos consumidores. 

Acesse a plataforma da LAHAR, crie sua conta e experimente grátis por 15 dias todos os benefícios dessa integração!

Facebook Comments

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.