Gestão empresarial para plataformas digitais

Adaptar processos para otimização dos recursos de uma empresa, como o posicionamento da marca na internet, é algo que faz parte do cotidiano de quem trabalha com gestão empresarial.

A importância dessa vertente está concentrada em várias técnicas que merecem atenção na hora de conduzir processos de posicionamento na internet para uma empresa.

A gestão empresarial está diretamente ligada a eficiência das vendas, logísticas das atividades comerciais, relacionamento com o cliente, entre outros processos gerenciais.

O planejamento somado aos conhecimentos ajudam a atingir o objetivo final, já que desta forma é possível traçar caminhos mais assertivos, por meio da aplicação de estratégias que podem ser decisivas para o sucesso da organização.

Nos dias atuais, toda empresa precisa ter presença no ambiente digital devido ao novo perfil do consumidor, que está cada vez mais exigente e tem urgência.

Tendência de mercado: Plataformas Digitais

Com o avanço da tecnologia, a internet se tornou uma alternativa para grande parte da população mundial realizar cotações, estudos, pesquisas, tirar um lazer e etc.

Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) junto a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) apurou que 89% dos entrevistados realizaram pelo menos uma compra pela internet no ano de 2017.

Esse cenário representa a mudança de comportamento do consumidor e define o momento ideal para empresários de todos os segmentos investirem em plataformas digitais buscando alavancar seus negócios.

Um forma assertiva para aumentar suas vendas é o marketing digital, que consiste nas estratégias do marketing tradicional aplicadas em ambiente online, como o próprio nome define. São ações de comunicação que procuram divulgar e comercializar produtos, conquistar novos clientes e criar relacionamento através da web.

O ambiente online possibilita inúmeras maneiras de fazer o público conhecer sua marca, seja pelo uso de redes sociais, e-mails marketing, posicionamento nos buscadores online, entre outras formas.

Porém, não basta investir em plataformas digitais para atingir um possível comprador, antes é preciso realizar estudos para identificar onde está o seu cliente em potencial, seu perfil e suas necessidades.

Independente da estratégia, no mundo do marketing é necessário conhecer muito bem o seu produto e onde estão as pessoas que vão se interessar por ele.

Podemos citar como exemplo o setor industrial, onde o planejamento de marketing digital é um fator predominante para uma empresa atingir bons resultados e, consequentemente, ser bem sucedida, já que a venda de equipamentos e serviços é mais vista em showrooms.

É necessário trazer inovação e modernidade para o investimento dar certo, já que é um nicho muito fechado. A partir desse conceito, é necessário escolher as melhores estratégias adaptáveis ao seu público-alvo.

Estratégias de marketing digital

Agora que falamos um pouco sobre marketing digital e entendemos o seu momento de ascensão, podemos citar maneiras de aplicar em sua empresa.

Seguindo o exemplo do setor industrial, separamos 5 estratégias de investimentos trazendo informações e dicas que podem te ajudar a investir na sua marca. Seguem tópicos que vamos abordar:

  • Pesquisa de Mercado;
  • Marketing de conteúdo;
  • E-mail Marketing;
  • SEO;
  • CO-Marketing.
  1. Pesquisa de Mercado

É inevitável que as decisões relacionadas aos novos investimentos contenham certo percentual de incerteza, mas a de assertividade deve ser sempre muito maior.

Por isso, é preciso realizar pesquisas mercadológicas, com análise de comportamento de consumo, persona e tendências. Desta forma, seu investimento será assertivo.

Alcançar esse resultado demanda análises criteriosas, onde é preciso se atentar em alguns fatores que não podem passar despercebidos.

Entenda o seu objetivo

Realizar análises para identificar sua persona é imprescindível, e fará toda a diferença para o sucesso ou fracasso do investimento feito pela organização.

Durante a pesquisa mercadológica, é necessário buscar informações do seu cliente nos aspectos quantitativos – participação ativa no mercado e potencial de mercado -, e qualitativos – características comportamentais, hábitos de consumo, estilo de vida, renda, etc.

Se atente também às estratégias da concorrência, identifique seus pontos fortes e fracos, compare os sistemas de vendas e distribuição, qualidade dos produtos, politica de preços e cobranças.

A finalidade é possibilitar que o comprador faça uma avaliação comparativa de seus potenciais fornecedores e escolha quem tem o produto que atenda suas necessidades e que tenha um preço competitivo.

A pesquisa também serve para dimensionar o mercado, identificar as estratégias mais lucrativas, avaliando a performance dos seus produtos e serviços.

Dessa forma, é possível identificar os padrões que o mercado é capaz de absorver e a que preço os seus produtos podem ser vendidos.

Com a persona definida, chegou a hora de encontrar formas de atingi-lo com o seu conteúdo e iniciar o processo para transformá-lo em cliente.

  1. Marketing de conteúdo

Quando a necessidade da empresa é aumentar a visibilidade online e melhorar o relacionamento com os clientes, essa é uma das estratégias de marketing digital mais eficiente no setor industrial.

Os consumidores estão cada vez mais criteriosos e exigentes no momento de escolher fornecedores. Portanto, é preciso desenvolver e disponibilizar:

  • Conteúdos que atendam às possíveis dúvidas do cliente;
  • Em multiplataforma, exemplo: Facebook, Youtube e Google;
  • Acessível a diversos dispositivos, como: computador, mobile, tablet.

Desta forma você constrói relacionamentos mais sólidos com base na confiança do consumidor para com o fornecedor.

Confiança é o segredo para motivar os visitantes na sua página a iniciarem conversas com a sua equipe de vendas até a efetivação da venda.

  1. E-mail Marketing

Essa estratégia é utilizada para elevar o faturamento em muitas empresas. Segundo dados levantados pelo Marketing Sherpa, 72% dos consumidores escolhem o e-mail marketing como o melhor canal para receber notificações importantes das empresas, enquanto 59% dos profissionais da área dizem ser o meio mais eficaz para gerar receita.

O objetivo é se comunicar e educar o seu lead em potencial, transmitir informação de forma direta, permitindo que você possa segmentar o conteúdo de acordo com a sua necessidade.

Defina bem o que irá enviar e certifique-se que o conteúdo transmitido é realmente o que ele precisa.

Segmente a sua base de contatos para realizar uma ação mais assertiva, crie um funil de vendas para personalizar os envios de acordo com as necessidades detectadas de cada lead.

Simplificando as etapas do funil de vendas

O funil de vendas consiste em um modelo estratégico de consumo e ilustra o caminho percorrido pelo consumidor até concretizar a compra de um produto ou serviço. Seguem etapas para converter um lead em cliente:

  1. Leitores que estão iniciando os acessos ao site, classificamos como topo de funil;
  2. Após aumentar o interesse do leitor em se aprofundar no assunto, classificamos como meio de funil;
  3. Por fim, quando ele demonstrar qualquer sinal de interesse em comprar, significa que chegou ao fundo de funil.
  1. SEO

Todo empresário sabe que estar bem posicionado nos sites de busca, como o Google, é um passo fundamental para aumentar o volume de vendas e no setor industrial não é diferente.

Devido ao comportamento atual do consumidor, o futuro comprador realiza uma pesquisa na internet antes de efetuar qualquer compra.

Para ser visto dentro dos buscadores, existe a técnica SEO (Search Engine Optimization) que consiste basicamente no processo de otimização de páginas web.

A finalidade é fazer as pessoas encontrarem a empresa com mais facilidade ao realizarem pesquisas sobre determinados segmentos nos mecanismos de buscas.

Esse aprimoramento é feito por meio de um conjunto de práticas e técnicas que são aplicadas à forma com que você produz o conteúdo para seu site, baseadas em palavras-chave, otimização do site, acessibilidade e outros requisitos.

Procure uma equipe especializada para auxiliar nesse tipo de estratégia ou invista em plataformas inteligentes para indústria que captam leads qualificados.

Dentro da plataforma os textos, imagens, vídeos e catálogos devem ser otimizados com descrições dos produtos e suas especificações técnicas.

Seguir esse padrão ajuda a indexar seus produtos nos motores de busca e assim, gradativamente, serão ranqueados e aparecerão nas primeiras páginas dos buscadores online.

  1. Co-Marketing

Para tornar um negócio estável, rentável e valorizado por seus clientes é necessário se adaptar aos processos de inovação e modernização impostos pelo mercado.

Essa base é fundamental para o desenvolvimento de qualquer empresa e deve ser algo consolidado na mente dos investidores, mas com pouco capital, fazer isso pode ser uma tarefa complicada.

Para isso, podemos recorrer a uma técnica que já está no mercado a muito tempo, o Co-Marketing.

Essa tática consiste em marketing compartilhado entre duas empresas que têm a mesma persona como público-alvo, alinhando seus interesses e esforços visando criar juntas um impacto que não conseguiriam ter sozinhas.

O ideal é fazer Co-Marketing com empresas que tenham ofertas complementares e não sejam concorrentes diretos, entretanto, mesmo que os produtos e serviços sejam próximos ainda pode valer a pena.

Se juntos o impacto é maior do que separados, o investimento tende a ser vantajoso para ambos os lados.

Todo mercado tem seus próprios experts (referências) e andar com eles é uma forma de se posicionar como um. Essa estratégia é uma excelente forma de mostrar a todos que sua empresa faz parte de um seleto grupo especializado.

Alguns fatores que você deve identificar em uma empresa antes de procurá-la:

  • Ter conteúdo e conhecimento de alta qualidade;
  • Ter audiência relevante;
  • Ser referência no mercado;
  • Oferecer um produto ou serviço que seja complementar ao seu, tendo a mesma persona, mas que não seja concorrente direto.

Inovação em ascensão

Elevar o nível de uma empresa e sair da zona de conforto é o que diferencia uma organização das suas concorrentes, tornando-se forte para conquistar resultados expressivos e ganhar destaque no mercado.

No Brasil, esse tipo de postura vem rendendo bons frutos para investidores do setor industrial B2B – que procuram realizar transações com outras empresas.

É uma solução para estabelecer o relacionamento entre as empresas, seus futuros clientes e, consequentemente, expor o seu catálogo de produtos de forma eficaz e direcionada para o público comprador.

Não há dúvidas, uma estratégia bem executada de marketing digital é o ponto inicial para que bons resultados apareçam para sua empresa!