Plano de marketing para micro e pequena empresa: como montar um com 6 passos

Você provavelmente sabe que deveria se dedicar na construção de algum tipo de plano de marketing para micro e pequena empresa (caso você tenha um negócio como esse). No entanto, você nunca colocou em prática a criação de um, afinal, parece muito difícil começar.

Se você se identificou com o perfil acima, saiba que muitos empreendedores estão nessa mesma situação. Entretanto, para se manter competitivo no mercado atual, é necessário mudar essa atitude.

Para ajudar os proprietários de pequenas empresas, criamos um processo de 6 etapas que ajudará você a criar um plano de marketing para micro e pequena empresa e alcançar melhores resultados com suas ações.

Então, vamos direto ao assunto!

Como fazer um plano de marketing para micro e pequena empresa: 6 passos

1. Avalie sua situação atual de negócios e delineie metas de marketing

Qual é a situação atual do seu negócio?

Você está apenas começando e tem pouca receita?

Você está no mercado há 10 anos, mas parece que não consegue passar para o próximo nível?

Ou você já está no mercado há 1 ou 2 anos e está tendo dificuldades para fazer com que a empresa ganhe dinheiro?

Esses fatores ajudarão a determinar qual tipo de estratégia é mais adequada ao seu negócio.

Cada situação é única, por isso é importante conhecer a sua para saber que tipo de atividade vai entrar em seu plano de marketing para micro e pequena empresa.

Negócios Estáveis

Se você tem um negócio estável que está tentando levar para o próximo nível, provavelmente desejará concentrar-se em alavancar sua base de clientes, fidelizando os atuais e criando estratégias para alcançar novos.

Empresas estáveis, em geral, possuem um fluxo de caixa suficiente para investir em ações de marketing de exigem capital, como links patrocinados.

Apenas começando

Por outro lado, se você está apenas começando o seu negócio, provavelmente precisará ser um pouco mais paciente e investir em algumas técnicas de marketing de baixo custo.

Seja qual for a situação do seu negócio, faça uma avaliação honesta e, com base nisso, tente chegar a algumas metas razoáveis ​​de marketing.

Dizer que você quer levar uma empresa nova a R$ 10 milhões em receita no primeiro ano sem orçamento de marketing é bastante irrealista e inútil, a menos que você esteja em uma empresa que seja inerentemente viral.

As metas e objetivos de marketing devem ser desafiadores, mas razoáveis.

2. Determine sua capacidade de investimento (tempo e/ou dinheiro)

Depois de avaliar a situação atual de sua empresa e criar algumas metas razoáveis ​​de marketing, o próximo passo é descobrir o que você pode investir.

Você precisava ter uma ideia, mesmo que vaga, dos ativos que tem à sua disposição para concluir o primeiro passo (descrito acima), mas é neste momento que realmente vai precisar tornar esse cálculo um pouco mais específico.

Defina um orçamento

Defina um orçamento para seu plano de marketing para micro e pequena empresa. Esse orçamento deve considerar tempo e dinheiro.

Quanto tempo você consegue investir por semana em marketing?

Quanto capital você tem para usar em suas estratégias?

É muito fácil deixar seu marketing deslizar à medida que você se concentra em administrar sua empresa, mas ter uma meta específica ajudará você a acompanhar como está indo em relação ao seu plano. E mesmo que você não tenha orçamento, há coisas que você pode fazer que não custam dinheiro.

Leia mais em: Marketing digital para pequenas empresas: TOP 7 estratégias

Defina um período para o plano

Em termos de quão longe você deve planejar, um ano não é um mau lugar para começar.

Se esta é a primeira vez que você elabora um plano de marketing para micro e pequena empresa, você deve entender que talvez seja necessário fazer alguma correção no curso ao longo do tempo.

Não inverta completamente seu plano de marketing todo mês, mas você também não quer passar um ano inteiro sem fazer um balanço do que está funcionando e do que não está.

Seja paciente

Pense no seu marketing como um grande navio de carga. É preciso muito esforço para que ele cumpra seu objetivo, ele não virá rápido, mas, quando está em funcionamento, ele terá muito impulso para continuar.

Resumindo, você precisa ter a paciência necessária para movimentar o navio de carga, assim como para caminhar com seu plano de marketing.

3. Identifique as lacunas em seu marketing

Agora que você sabe para onde está tentando ir e quais recursos têm para ajudá-lo a chegar lá, é hora de descobrir onde está seu maior problema.

Este é o passo mais difícil de realizar sem ajuda externa, de uma agência, por exemplo, porque muito da capacidade de identificar problemas vem da possibilidade de analisar várias empresas semelhantes à sua.

Agora é um bom momento para entrar em contato com outros proprietários de pequenas empresas que você conhece.

Quando se trata de determinar onde está seu maior desafio de marketing, existem três áreas principais que você deve considerar:

  • alcance;
  • engajamento;
  • conversão.

A primeira coisa a fazer é entender cada uma dessas métricas.

Alcance

Alcance é tudo sobre o número de pessoas que você pode tocar com uma mensagem de marketing. O alcance pode ser gerado a partir de praticamente qualquer coisa:

  • o número de pessoas que visitam seu site;
  • o número de pessoas que veem suas mensagens no Facebook;
  • o número de pessoas que assinam seu boletim informativo mensal, e muito mais.

O alcance é fundamental porque, por definição, o número máximo de clientes que você pode ter nunca pode ser maior do que o número de pessoas que você alcança. Não importa quão bom é o seu produto, se apenas 10 pessoas sabem que ele existe.

Engajamento

O engajamento é sobre a qualidade do marketing que você está produzindo. Supondo que você esteja alcançando pessoas, elas estão se engajando com as ações que você está propondo?

A maneira de determinar isso é diferente para cada tipo de marketing.

Para o Facebook, as pessoas que curtem e comentam suas postagens são uma indicação direta de engajamento. Já para o seu site, a taxa de rejeição fornecerá uma indicação de como você está engajando seus visitantes online.

Plano de marketing para micro e pequena empresa

Fonte: FreshMidia

Em uma estratégia de e-mail marketing, observar as taxas de abertura do e-mail, é um ótimo indicador de engajamento.

Conversão

A conversão é a etapa final do seu funil de marketing. É aqui que você pega uma pessoa que você alcançou e que se envolveu com você e, em seguida, faz com que ela execute a ação que você deseja, como:

  • realizar um telefonema para agendar um horário para conversar sobre o seu serviço;
  • preencher um formulário solicitando mais informações sobre sua empresa, serviço ou produto;
  • fazer uma compra em uma loja virtual, e mais.

Para fins de marketing, a maneira de definir essa conversão é onde ocorre a transferência do marketing para as vendas. Você pode ou não ter um processo de vendas em si, mas ainda é possível avaliar até que ponto está convertendo uma pessoa envolvida em um lead ou uma venda.

Precisa de uma ajuda especial neste tópico? Acesse o artigo; “Comece a converter visitantes em leads com a sua Landing Page”.

A partir do entendimento de cada uma das 3 áreas principais do marketing, você poderá identificar suas deficiências:

  • Você não está alcançando novas pessoas a cada mês? Este é um problema de alcance muito comum que as pequenas empresas enfrentam.
  • Quando você envia um boletim informativo por e-mail, você quase não recebe resposta? Você sente que está falando com uma parede quando publica suas mensagens de marketing? Isso pode ser um problema de engajamento.
  • Você tem muito alcance e engajamento, mas ninguém está comprando? Se você gerou muita publicidade para sua empresa e isso se traduziu em muitos usuários engajados, mas ninguém está comprando, talvez seja necessário corrigir seu processo de conversão.

4. Identifique as oportunidades mais atraentes de curto prazo

Neste ponto, você identificou onde está o seu problema, então agora a tarefa para o plano de marketing para micro e pequena empresa é identificar como cada canal de marketing que você usa, pode resolver o problema específico que você está enfrentando.

Somente a partir da identificação do que está dando certo ou errado, que um planejamento de marketing estará sendo desenvolvido de maneira eficiente. Afinal, como você pretende definir, listar e organizar o que fazer, se não sabe o que está errado ou o que está faltando?

Se o seu problema é alcance

A primeira coisa a procurar aqui são os ativos de marketing ainda não utilizados.

  • Se você não nunca realizou campanhas de e-mail marketing, começar a enviar uma newsletter regular pode ser uma ótima maneira de criar alcance;
  • Você tem um site que já existe há algum tempo e recebe algum tráfego, mas nunca foi realmente otimizado para gerar mais visitas? Fazer alguma otimização SEO on-page e blogar regularmente pode rankear seu site melhor nos resultados de pesquisa do Google e atrair mais visitas;
  • Como está suas ações em redes sociais? Muitas pessoas têm contas no Facebook para seus negócios que começaram, mas nunca saíram do papel. Você pode começar a alcançar novas pessoas muito rapidamente, tornando-se ativo em sua página de negócios do Facebook, Instagram, Linkedin ou Twitter.
  • Se você tem um pouco de dinheiro para investir, anunciar no Google pelo Google AdWords pode começar a gerar tráfego quase imediatamente. Se você decidir seguir esse caminho, confira nosso guia sobre Google Adwords para iniciantes.

Estas são apenas algumas maneiras para melhorar seu alcance, que podem estar em seu plano de marketing para micro e pequena empresa.

Se o seu problema for engajamento

Se você identificou o engajamento como sua principal questão, isso significa que você sente que muita gente chega até sua empresa, mas que ninguém está realmente te escutando.

Vamos a algumas dicas de ações para incluir em seu plano de marketing para micro e pequena empresa:

  • Se você está gastando muito tempo fazendo barulho no Facebook, mas sem conseguir engajamento, dê uma olhada nas páginas de algumas empresas semelhantes que parecem estar indo bem nas mídias sociais. Quais tipos de postagens eles estão criando? Envolva os clientes nas mídias sociais com algumas dicas para o marketing em redes sociais. Tente fazer alguns ajustes e depois meça os resultados.
  • Se você está tentando levar as pessoas ao seu site, mas elas saem imediatamente, você deve dar uma olhada em sua navegação, imagens e vídeos. Sua estrutura de navegação é fácil de usar? Você usa imagens e vídeos que são realmente atraentes? Aqui, mais uma vez, dê uma olhada no que algumas empresas similares estão fazendo e você provavelmente terá algumas ideias.

Onde quer que esteja o seu problema de engajamento, muito pode ser aprendido estudando como a concorrência está se saindo.

Se o seu problema é conversão

Nestes casos, há alguns erros muito comuns que as pequenas empresas, que podem ser corrigidos.

A questão mais comum é a falta de um apelo à ação adequado (CTA) no seu site. Não diga apenas “entre em contato”, dê às pessoas um motivo para entrar em contato com você. Inclua uma declaração de benefícios que diga por que eles devem se relacionar diretamente com você e verifique se os CTAs estão em todas as páginas do seu site.

Não faça com que as pessoas tenham que procurar o melhor método para entrar em contato com você, facilite o máximo possível.

O segundo problema comum de conversão é uma situação em que as pequenas empresas dificultam a conversão de alguém. Eles podem ter um excelente CTA em seu site, mas o CTA leva uma pessoa a um formulário com 20 campos diferentes que precisam ser preenchidos. Isso desmotivará muitas pessoas e diminuirá sua conversão.

O terceiro grande problema de conversão, que é comum entre certos tipos de pequenas empresas, é quando você tenta fazer a venda cedo demais. A internet possibilita a criação de carrinhos de compras on-line para praticamente qualquer coisa. Só porque é possível, não significa que você tenha que fazer isso. Se o seu produto for complicado o suficiente para exigir uma conversa ou consulta de vendas, não cometa o erro de tentar que alguém compre sem falar com você.

Uma parte importante de um plano de marketing para micro e pequena empresa é a criação e organização de um funil de vendas.

Não importa qual seja o seu problema de conversão, a solução é fazer ajustes e depois medir o antes e o depois, para obter melhorias constantes.

5. Reúna um plano de ação que priorize tarefas

Agora você tem todas as peças para montar um plano de marketing para micro e pequena empresa. A próxima ação é simplesmente anotar as tarefas que você deseja realizar e priorizá-las.

Isso pode parecer um passo desnecessário, mas nada poderia estar mais longe da verdade.

A criação da lista de ações, com o responsável por cada uma das estratégias e sua prioridade, tornará as táticas mais acessíveis e organizadas, com isso, é muito mais provável que você comece a realmente colocá-lo em prática.

Depois de criar a lista de prioridades, ou um cronograma, coloque-o em um local altamente visível para referência rápida.

6. Meça os resultados e faça ajustes

Embora você já tenha tecnicamente criado um plano de marketing para micro e pequena empresa, neste momento, a etapa final é garantir que você está medindo seus resultados e ajustando seu plano de acordo.

Conhecer e analisar as principais métricas do marketing digital vai te ajudar nesse processo.

Plano de marketing para micro e pequena empresa

Conforme você vai progredindo em algumas frentes, suas prioridades podem mudar, e você precisa estar aberto para fazer essas mudanças. Você também quer ter certeza de que está maximizando a eficácia de seus investimentos de tempo e dinheiro. Medir e ajustar irá garantir exatamente isso.

Esperamos que este guia de como organizar um plano de marketing para micro e pequena empresa tenha sido útil para ajudar você a começar a colocar as ações em prática de maneira planejada e estratégica.

Algumas ações do seu plano de marketing vão depender de ferramentas e técnicas de Inbound Marketing e automação, por isso, entre em contato com a nossa equipe. A Lahar oferece soluções para otimizar seu trabalho e facilitar o acompanhamento de resultados e gerenciamento de leads. Entre em contato com a nossa equipe e saiba como podemos ajudar sua empresa.