Plano de marketing para micro e pequena empresa: como montar um com 8 passos

O plano de marketing para micro e pequena empresa é um guia que irá direcionar os envolvidos com a empresa a tomarem decisões sobre suas ações de comunicação.

Onde investir?

Em qual rede social estar?

Que tipo de ação fazer? 

É um ero muito comum acreditar que planejamento de marketing é apenas para grandes empresas.

A verdade é que o capital reduzido da pequena e micro empresa torna um plano de marketing ainda mais relevante para esse tipo de negócio.

O plano de marketing para micro e pequenas empresas tem o objetivo de evitar que você perca dinheiro em ações que não trazem retorno.

Parece muito bom e realmente é!

Mas como montar um plano de marketing?

A seguir criamos um guia com 8 passos que todo empreendedor pode colocar em prática para melhorar os resultados de seus investimentos em divulgação e marketing. 

Plano de marketing para micro e pequena empresa: como fazer?

1. Avaliação do cenário atual

Antes de planejar o futuro é preciso conhecer o presente.

Faça uma análise interna do negócio identificando:

  • suas principais necessidades de marketing;
  • quais ações já foram executadas e quais deram certo;
  • quais os seus objetivos de marketing?

Aproveite para analisar o ambiente externo também:

  • pesquise sobre seus concorrentes e quais ações de marketing eles estão executando;
  • em quais canais de comunicação estão seus clientes;
  • como seus clientes veem sua empresa;
  • qual nível de satisfação;
  • existem clientes fieis a marca;
  • existe alguma oportunidade de canal de comunicação que possa fazer parte de seu plano de marketing?

Essa análise ajudará a determinar qual tipo de estratégia é mais adequada ao seu negócio.

2. Plano de investimento

Quanto você pode investir em marketing? 

Por investimento entenda investimento de tempo e de dinheiro.

Mesmo que você comece devagar com ações teoricamente gratuitas como produção de conteúdo para blog e redes sociais, alguém precisará fazer essas atualizações?

Defina quem e organize a rotina do profissional para que ele tenha tempo de pensar e executar as campanhas.

É importante que sua empresa se planeje para realizar investimentos financeiros em marketing.

Esses investimentos podem ser direcionados para vários setores como:

  • contratação de um profissional ou agência que execute as ações de marketing com mais conhecimento;
  • otimização de sites e blogs;
  • compra de domínio e hospedagem de site;
  • realização de anúncios patrocinados em plataformas como Google Adwords e redes sociais;
  • produção de conteúdo relevante;
  • contratação de um software de automação para gestão de e-mails, criação de landing pages e redes sociais.

Mesmo que você não tenha orçamento, há coisas que você pode fazer que não custam dinheiro. Com o passar do tempo organize-se para melhorar seus resultados.

Um investimento interessante é o de 15% a 20% do faturamento da empresa sendo direcionado para ações de marketing, mas essa é só uma proposta.

Leia mais em: Marketing digital para pequenas empresas: TOP 7 estratégias

3. Defina um período para o plano

Para começar a organizar seu plano de marketing para micro e pequenas empresas indicamos que estabeleça um período de um ano.

Com o passar das ações é importante que você se mantenha atento aos resultados para entender o que está trazendo mais ou menos resultados. Entretanto, falaremos mais sobre esse assunto durante os próximos tópicos.

4. Defina seus objetivos de marketing

Muita gente acha impossível criar e definir objetivos e metas de marketing. Acredite não é preciso ter tanto receio desta etapa de seu planejamento.

Pense com sinceridade o que você deseja alcançar ao investir em marketing. “Mais clientes”, é claro!

Essa pode ser uma meta.

Tente apenas torná-la mais real, como por exemplo, “Aumentar em 10% o número de clientes da empresa até dezembro”.

Uma outra forma de medir esse objetivo é usando o aumento de faturamento como medida, por exemplo, “Ampliar em 15% o faturamento da empresa”. Isso quer dizer que você poderá ter conquistado apenas um cliente e ter alcançado sua meta.

Cada empresa deve entender qual é a melhor estratégia para assim definir a melhor forma de acompanhar os resultados.

Uma outra dica é não ter apenas uma métrica geral como a de aumento de vendas para acompanhar os seus resultados de marketing. Até porque uma venda não depende apenas do marketing, correto?

Para medir a eficiência de suas ações sugerimos que você também meça indicadores de marketing como:

  • aumento no tráfego no site;
  • volume de leads captados;
  • aumento do volume de leads qualificados;
  • aumento do engajamento nas redes sociais;
  • mais cliques em e-mail marketing;
  • melhor taxa de abertura e mais.

Use sempre números para definir suas metas e seja o mais específico possível!

Para aprender mais sobre esse assunto, indicamos que assista ao vídeo abaixo. 😉

5. Conheça a persona que seu negócio deseja atender

Persona é um novo termo mais completo para público-alvo.

O público alvo dizia muito sobre características demográficas de seu cliente potencial tais como:

  • idade;
  • localidade;
  • gênero;
  • escolaridade.

A persona se concentra e elementos adicionais como:

  • comportamentos;
  • interesses;
  • desejos;
  • medos;
  • sonhos.

Plano de marketing para micro e pequena empresa

Ao aprender como criar um persona você passa a saber:

  • qual discurso usar para atrair esse potencial cliente (você vai tentar responder suas duvidas e necessidades);
  • onde buscar esse cliente (em quais plataformas ele está).

Leia também: Como criar personas para o seu negócio

6. Defina suas ações

Com suas metas em mãos, sua capacidade de investimento, tipo de persona e onde ela está é hora de pensar nas ações que você vai colocar em prática.

Existem uma lista imensa de estratégias de marketing que você pode escolher.

Se você deseja atrair mais clientes algumas ações de atração são:

  • SEO;
  • links patrocinados (como o Google Adwords);
  • marketing de conteúdo (que irá apoiar a estratégia de SEO);
  • mídias sociais etc.

Para gerar mais leads:

Na fase de conversão de leads em clientes:

  • e-mail marketing;
  • automação de marketing;
  • SMS e chatbot;
  • marketing de conteúdo;
  • follow-up, entre outras ações.

7. Crie um plano de ação

Agora que você tem tudo em mãos para montar um plano de marketing para micro e pequena empresa você precisa anotar as tarefas que você deseja realizar e priorizar. 

Você não precisa, nem deve, começar tudo de uma vez.

Selecione algumas ações que acha prioritárias.

Você pode indicar no plano de ação quando começar uma estratégia.

Dessa forma, em fevereiro você pode começar com as redes sociais, em abril criar um blog; em junho criar uma landing page com material rico …

Ao organizar seu plano indique:

  • o que será feito;
  • quando será realizado;
  • quem é o responsável.

8. Meça os resultados e faça ajustes

Embora você já tenha tecnicamente criado um plano de marketing para micro e pequena empresa, você não pode esquecer de verificá-lo mensalmente e acompanhar seus resultados.

Não deixe que seu plano fique na gaveta! Ele deve ser acompanhado constantemente!

Conhecer e analisar as principais métricas do marketing digital vai te ajudar nesse processo.

Plano de marketing para micro e pequena empresa

Esperamos que este guia de como organizar um plano de marketing para micro e pequena empresa tenha sido útil para ajudar você a começar a colocar as ações em prática de maneira planejada e estratégica.

Algumas ações do seu plano de marketing vão depender de ferramentas e técnicas de Inbound Marketing e automação, por isso, entre em contato com a nossa equipe. A Lahar oferece soluções para otimizar seu trabalho e facilitar o acompanhamento de resultados e gerenciamento de leads. Entre em contato com a nossa equipe e saiba como podemos ajudar sua empresa.

Facebook Comments

Deixe uma resposta