Tudo o que você precisa saber sobre pesquisa de mercado

Para que você possa ter um entendimento mais amplo sobre pesquisa de mercado e suas aplicações é fundamental compreender, antes de mais nada, seu conceito.

Segundo Barabba e Zaltaman, a pesquisa de mercado trata do “processo de ouvir a voz do mercado”.

É o que ocorre quando, por exemplo, você deseja saber se consumidores estão satisfeitos com o seu produto ou serviço, se receberam bem uma mudança de preço ou na embalagem, como percebem sua marca em relação aos concorrentes, e assim por diante.

Tudo sobre pesquisa de mercado

Nos dias de hoje, e diante de um cenário tão competitivo, conhecer seu público-alvo e compreender as suas necessidades são desafios comuns a todas as empresas.

O que diferencia os players de maior sucesso é a proatividade para buscar soluções que ajudem a entender o consumidor.

Para isso, existem diferentes tipos de pesquisa de mercado, cada um deles focado em um determinado objetivo.

Neste artigo vamos explorar não apenas diferentes tipos de pesquisa de mercado, como também explorar algumas de suas utilizações mais comuns.

A ideia é que, ao final deste conteúdo, você se sinta preparado para desenvolver seu primeiro projeto. Vamos lá, saber tudo sobre pesquisa de mercado?

Os 3 principais tipos de pesquisa de mercado

1- Pesquisa exploratória

O início de um projeto costuma ser marcado por muitas dúvidas. Faltam informações básicas que vão nortear os passos seguintes e ajudarão a sedimentar um caminho de sucesso.

Pesquisas exploratórias funcionam como a etapa inicial de um estudo e têm como principal objetivo oferecer ideias a serem trabalhadas.

Esse tipo de pesquisa tem um caráter mais livre, ou seja, não tem uma limitação acerca do que se quer descobrir.

Toda dúvida é pertinente e pode representar uma grande descoberta para enriquecer as etapas seguintes.

Os questionários, portanto, são mais flexíveis e sua formulação fica a cargo do profissional responsável pela pesquisa.

Não se deve esperar conclusões estatísticas de uma pesquisa exploratória. Afinal de contas, ela funciona como preparação do terreno para descobertas mais sólidas nas demais pesquisas.

Existem uma série de técnicas para aplicar esse tipo de pesquisa de mercado, inclusive com abordagens complementares.

Esse tipo de pesquisa já foi tema de uma postagem no blog da MindMiners. Confira agora mesmo o que é pesquisa exploratória e aprenda mais sobre seus diferentes métodos.

2- Pesquisa descritiva

A pesquisa descritiva tem um caráter mais palpável em relação à pesquisa exploratória. Ela parte de uma situação em que já existem insights e informações, mas isso não está consolidado.

A pesquisa descritiva visa, essencialmente, validar hipóteses e encontrar possíveis falhas no planejamento desenvolvido.

Esse tipo pesquisa funciona bem quando a análise é segmentada. Algumas das categorias historicamente eficazes são: classe social, idade, região e gênero.

Essas informações básicas representam uma adição valiosa ao planejamento, pois rendem um perfil demográfico.

A pesquisa descritiva também se caracteriza por testar ideias levantadas em uma etapa anterior.

Para isso, a relação entre duas ou mais variáveis gera dados estatísticos que corroboram ou não com hipóteses iniciais.

Sob essa ótica, ela tem um caráter qualitativo na análise, mas é uma abordagem fundamentalmente quantitativa.

Desta forma, é plausível dizer que a pesquisa descritiva se aprofunda no tema previamente trabalhado na pesquisa exploratória.

3- Pesquisa causal

Como seu nome sugere, a pesquisa causal determina relações de causa e efeito. Com base nas descobertas feitas em pesquisas exploratórias e descritivas, a empresa passa a fazer testes de validação.

Diversas variáveis são aplicadas com o objetivo de legitimar ou desmentir insights obtidos anteriormente. Não tem um caráter dicotômico (certo ou errado), ou seja, alguma variável pode se mostrar parcialmente adequada, por exemplo.

Duas aplicações muito comuns da pesquisa causal são seu emprego para determinar a adequação do uso de verbas de marketing e fazer testes de campanha, para verificar a efetividade de seus resultados e fazer algo se necessário.

Como saber por qual optar na hora de realizar uma pesquisa?

Uma empresa de sucesso precisa monitorar e se adaptar de forma constante às mudanças do mercado e do comportamento do seu consumidor.

Sendo assim, o segredo está em saber combinar pesquisa de marketing e pesquisa de mercado, trazendo essas práticas para dentro da cultura da empresa para transformar o processo de tomada de decisão.

E como realizar uma pesquisa de mercado rápida ou em pouco tempo?

Acha que já sabe tudo sobre pesquisa de mercado? Calma, tem mais a descobrir!

Se antes uma pesquisa de mercado demandava um alto investimento e um tempo longo para a sua realização, hoje a tecnologia foi capaz de solucionar tais problemas.

Mas, a diferença entre o que é oferecido por um instituto tradicional de pesquisa de mercado e uma plataforma de pesquisa automatizada vai além disso.

Em algum momento de sua vida profissional você, com certeza, já teve contato ou já leu sobre institutos de pesquisa.

Na prática, eles são prestadores de serviço e realizam pesquisas sob medida para cada cliente, desde as etapas de planejamento e definição do problema até montagem de questionário e estruturação do relatório de resultados.

Uma solução handmade que demanda a dedicação de uma equipe e, consequentemente, exige investimentos mais altos para a sua execução.

Já a pesquisa automatizada surgiu com o propósito de viabilizar a pesquisa de mercado para todos.

Com a ajuda da tecnologia, plataformas capazes de oferecer uma forma mais ágil e assertiva de conversar com o consumidor foram desenvolvidas e transformam qualquer pessoa em um potencial pesquisador.

No entanto, a ideia de ser responsável pelo próprio projeto ainda é desafiadora para muitos.

Se você deseja saber tudo sobre pesquisa de mercado veja o passo a passo para realizar um projeto de pesquisa neste e-book.

Este artigo foi produzido pela MindMiners, empresa de tecnologia especializada em pesquisa digital. Com uma plataforma exclusiva para a realização de projetos de pesquisa de mercado totalmente automatizados, estão transformando o segmento de pesquisa de mercado no Brasil.