Como ser aprovado no AdSense: 10 dicas para conseguir monetizar seu blog

Quem tem um site ou blog certamente já ouviu falar da importância do Google AdSense para monetizar o conteúdo que produz por meio da exibição de anúncios aos visitantes.

O que muita gente não sabe, porém, é que existe uma série de regras e boas práticas que devem ser seguidas e que influenciam na aprovação ou não de um domínio junto ao programa de anúncios do Google.

Neste artigo, vamos mostrar 10 dicas de como ser aprovado no AdSense e o que você pode fazer para adequar seu site às regras do programa. Acompanhe e boa leitura!

Como ser aprovado no AdSense

1. Produza conteúdo original

É fundamental que o conteúdo do seu site ou blog seja totalmente original. O Google é bastante rígido com o uso de materiais copiados de outras fontes ou protegidos por direitos autorais. Isso não somente prejudica suas chances de aprovação no AdSense como também compromete o ranqueamento do seu site nos mecanismos de busca.

2. Crie conteúdo relevante e de qualidade

Se você quer saber como ser aprovado no AdSense, saiba que não basta que o conteúdo do site seja original, é preciso que ele tenha qualidade e seja relevante para os usuários que buscam por uma solução na internet.

Muitos sites erram ao orientar seus conteúdos exclusivamente para alcançar um melhor desempenho junto aos mecanismos de busca, comprometendo a qualidade e a utilidade do texto e confundindo ou induzindo o visitante ao erro.

3. Produza bastante conteúdo

Muitos sites e blogs são recusados pelo Google sob a justificativa de “conteúdo insuficiente”. Para aumentar as suas chances de ser aprovado no AdSense, é preciso criar uma boa base de conteúdos, alimentando o site com frequência.

Não há um número exato, mas tenha, no mínimo, algo em torno de 15 a 20 posts antes de tentar ingressar no programa. Não se esqueça, porém, da qualidade, da originalidade e da relevância: mais vale meia dúzia de artigos bem escritos do que 40 posts que não ataquem as dores do visitante.

4. Preste atenção aos conteúdos permitidos

O Google estabelece uma série de conteúdos não permitidos no AdSense e que não podem ser abordados no site que pretende ingressar no programa. Os principais são:

  • Conteúdo ilegal
  • Abuso de propriedade intelectual
  • Espécies ameaçadas ou com risco de extinção
  • Conteúdo perigoso ou depreciativo
  • Comportamento desonesto
  • Conteúdo enganoso
  • Software nocivo ou indesejado
  • Conteúdo sexualmente explícito
  • Temas adultos em conteúdo familiar
  • Material de abuso sexual infantil e pedofilia
  • Serviços de noivas estrangeiras

5. Aplique as técnicas de SEO

Uma das principais dicas de como ser aprovado no AdSense é manter um site otimizado para os mecanismos de busca é essencial para que o seu conteúdo seja encontrado mais facilmente pelos usuários e gere tráfego para o seu site. Embora não seja uma garantia de bom ranqueamento, uma página em que as dicas de SEO sejam bem aplicadas é vista com bons olhos pelo Google e conta com muito mais chances de ser aprovada pelo AdSense.

6. Não faça spam

É preciso que seu site tenha uma política anti-spam clara, que permita aos usuários saber que o seu conteúdo não está associado a qualquer tipo de spam, seja em seus artigos, no seu e-mail marketing e até mesmo nos seus perfis nas redes sociais.

7. Tenha um domínio próprio

Sites que possuem domínio próprio e que não utilizam plataformas gratuitas, como Blogspot, Blogger ou WordPress, costumam ser aprovados mais rapidamente pelo AdSense. Claro, isso não impede a aprovação de um blog gratuito, porém vai exigir ainda mais organização e riqueza nos conteúdos publicados.

8. Estruture bem o seu site

Uma das principais obrigatoriedades para quem deseja saber como ser aprovado no AdSense é a necessidade de ter uma página de política de privacidade. Basicamente, trata-se de uma página que explica ao visitante de que forma o seu site lida com seus dados pessoais, o uso de cookies e outras informações rastreadas por anunciantes ou pelos próprios navegadores que utilizam.

Embora essa seja a única página exigida pelo AdSense, existem outras estruturas do site que podem colaborar para melhorar a experiência do usuário, passar mais confiabilidade e, por consequência, facilitar a aprovação. São elas:

  • Menu: visa facilitar a navegação do usuário entre as diferentes seções do site.
  • Página de contato: com formulário para envio de mensagens e dispositivo contra robôs, como reCAPTCHA, do Google.
  • Página “Sobre”: deve conter uma breve descrição do blog e dos autores.
  • Termos de serviço: deve expor as regras do seu site.

9. Invista em um layout de qualidade

Embora seja importante, o conteúdo não é tudo que o AdSense considera para aprovar ou não um site. Pelo contrário: é preciso levar em consideração também o layout do seu site e a experiência que o visitante terá ao acessá-lo.

Por isso, invista em um visual limpo e que seja fácil de navegar. Não esqueça que o site deve ser responsivo, adaptando-se aos diferentes dispositivos por meio dos quais ele pode ser acessado, como notebooks, tablets e smartphones.

Por fim, é preciso que o layout não confunda os usuários, deixando clara a diferença entre conteúdo, anúncios e o restante da página.

Leia mais: Passo a passo: como colocar anúncios do AdSense no blog

10. Busque atrair tráfego

Embora existam casos de domínios com poucos acessos sendo aprovados, ter um tráfego consistente pode ser um diferencial importante, mostrando ao Google que há, de fato, um público para quem exibir os anúncios.

Sendo assim, invista em estratégias que aumentem o tráfego orgânico do seu site e evite utilizar quaisquer ferramentas que gerem falsas visualizações, como robôs, pop-ups ou “troca de favores” com outros blogs, uma vez que essas práticas violam as regras do programa.

Esperamos que você tenha tirado todas as suas dúvidas sobre como ser aprovado no AdSense.

Caso tenha interesse em tornar sua estratégia de marketing digital ainda mais eficaz, que tal investir na contratação de um software de automação de marketing?

A LAHAR é um software de inbound marketing que ajuda você a gerar leads e transformá-los em clientes. Em uma única ferramenta, você pode gerenciar suas redes sociais, landing pages, automação de marketing e muito mais.

Entre em contato conosco e descubra como a LAHAR pode ajudar você!