Google AdWords para Iniciantes: Glossário e erros mais comuns

O Google Adwords para iniciante pode ser assustador, mas após dominar alguns termos, entender alguns conceitos e dominar a lógica por trás da construção de anúncios, você verá que tem em mãos uma ferramenta super poderosa!

Antes mesmo de você iniciar sua primeira campanha e aprender como criar anúncios no Adwords, nós vamos te explicar os principais termos e os erros mais comuns que pessoas que estão começando cometem. 

Além disso, vamos dar um overview geral, que será um verdadeiro guia de Google AdWords para iniciantes.

No final indicaremos os passos para a construção da campanha e algumas dicas de Google Ads valiosas.

Antes de começarmos, entretanto, aí vai uma dica bônus! Para quem está construindo uma estratégia de anúncios pagos, seja apenas no Google Ads ou envolvendo outras plataformas como o Facebook Ads, Instagram Ads e mais, nós preparamos um ebook completo e GRATUITO; “Guia prático e visual das principais ferramentas de mídias pagas para finalmente vender mais”.  

Nele você encontra informações valiosas sobre as principais ferramentas de mídia paga usada por micro, pequenas, médias e grandes empresas. 

Agora, continue com a gente!

Primeiro, o que é Google AdWords e quais os principais tipos de anúncios

O Google AdWords é a ferramenta do Google para anúncios online. 

Por meio desta plataforma você poderá criar anúncios:

  • nas páginas de sites parceiros do Google com banners;
  • se destacar em um resultado de pesquisa relacionada com seu nicho;
  • incluir seus produtos no Google Shopping;
  • para vídeos no Youtube Ads, e por aí vai.  

Por receber cerca de 100 bilhões de pesquisas mensais no mundo e contar com 80% do total de pesquisas mensais realizadas entre todos os mecanismos de buscas (Yahoo, Bing, etc), o Google aproveitou a onda e criou uma enorme rede para empresas anunciarem.

Existem vários formatos de anúncios para empresas na ferramenta, que se resumem em quatro grandes grupos. A seguir, você pode conferir nosso infográfico com cada um e depois detalhamos no artigo:

Rede de Pesquisa

Esse é o mais comum e com melhor opção de segmentação, afinal você pode escolher anunciar de acordo com os termos que as pessoas buscam na rede. Como assim? É simples.

Se você tem uma empresa pequena de e-commerce de produtos Pets, você pode mostrar seu anúncio para buscas como “roupinhas para cachorros online” e “coleiras diferentes para cachorros”.

Isso quer dizer que quando usuários do Google fizerem sua pesquisa o seu anúncio tem chances de aparecer para essas pessoas. 

Digo chances porque é importante lembrar que você, provavelmente, terá concorrentes também tentando anunciar para esses termos. 

Como veremos adiante, o Google possui um algoritmo que define, de acordo com vários critérios, qual anúncio irá aparecer para cada usuário. 

Aqui é importante fazer duas observações sobre o Google Adwords para iniciantes, mesmo que esse assunto esteja mais explicado adiante. 

A primeira é que o Google não contabiliza apenas o valor que você está pagando por clique para apresentar o seu anúncio. 

Existem uma série de critérios que são personalizados para cada pesquisa, por exemplo, a localidade em que você deseja anunciar e a relevância do seu anúncio para aquele usuário específico.

A segunda observação é que você só paga ao Google por cliques no seu anúncio.

Isso quer dizer que se o anúncio não for o escolhido para ser exibido para uma pesquisa, e se o usuário apenas visualizar o anúncio, sem clicar, você não terá pago nada por isso. Isso se chama método de pagamento CPC, um dos principais usados no Google Ads.   

Abaixo separamos um exemplo de anúncio na rede de pesquisa do Google. 

Fizemos uma marcação em seta vermelha para que você veja rapidamente onde está o anúncio. O Google também indica ao usuário que o resultado para sua busca é um anúncio. Perceba que há uma tag “Anúncio” junto à URL do anunciante. 

Rede de Display

São as campanhas de banners tradicionais ou dinâmicos. 

Através da rede de sites parceiros que disponibilizam espaços, empresas podem criar anúncios gráficos com artes que chamem atenção do usuário.

Pode ser usada para campanhas de remarketing do AdWords também.

A seguir um exemplo de campanha de links patrocinados do Google em display. 

Para seu um site parceiro do Google e apto a receber os anúncios é preciso se cadastrar no Google Adsense. Você como anunciante não precisa se preocupar com isso, mas caso tenha curiosidade sobre a ferramenta indicamos que acesse o artigo; “Passo a passo: como colocar anúncios do Adsense no blog”. 

Talvez você esteja se perguntando em qual blog meu anúncio vai ser veiculado. O Google escolha de acordo com as preferências que você marca na plataforma, ao criar o seu anúncio.  

Vídeos no Youtube

O Google Ads para iniciantes se mostra uma caixinha de surpresas, isso porque nem todo mundo sabe que os anúncios no Youtube são criados no Adwords. 

A maior parte das empresas anuncia no formato de exibição antes do vídeo principal, dando a opção de pular. 

Pode ser também o anúncio de 15 segundos que o usuário não consegue passar ou vídeos destacados em páginas específicas.

Se você ficou interessado nesse modelo de anúncio, indicamos que acesse o nosso tutorial; “Confira um passo a passo para aprender como anunciar no YouTube”.

Google Shopping

Quando você faz uma pesquisa sobre algum produto geralmente se depara com um resultados como o abaixo? 

Marcamos de vermelho onde estão os resultados de pesquisa para quem anuncia no Google Shopping.

Essa é uma ótima opção para quem gerencia uma loja virtual. 

O Google Shopping reúne anúncios dinâmicos que aparecem quando buscamos por um produto específico na internet. Uma opção muito interessante para e-commerces.

Glossário do Google AdWords para iniciantes

CPC, Correspondência de palavras chaves, Taxa de Interação, Display… só de ouvir isso sua cabeça já dá um nó? Calma lá, que vamos explicar agora mesmo o que cada um dos principais termos do AdWords significa e como você irá usá-los ao iniciar suas campanhas.

CPC médio: é a média do Custo por Clique, se sua campanha está exibindo anúncios que custam o clique de R$0,40 a R$0,60 centavos, o CPC médio será de R$0,50. Usado para configurar o orçamento das campanhas.

Impressões: o número de vezes que seu anúncio é exibido para um usuário. Não diz respeito aos cliques. É o número de exibições mesmo. Usado para configurar campanhas com objetivo maior de impressões (gerar mais conhecimento de marca) do que cliques.

Interações: o número de vezes que um usuário interage com seu anúncio. A interação pode ser tanto um clique em um anúncio, como a exibição de um vídeo no Youtube. Usada como métrica de acompanhamento de sucesso das campanhas.

Taxa de Interações: é o % de engajamento do seu anúncio ou campanha. Ela é calculada na divisão entre o número de impressões / número de interações. Usada como métrica de monitoramento de sucesso das campanhas.

Conversões: é o número de ações realizadas configuradas como conversão. Você pode configurar o cadastro em um formulário, o download de um app ou uma venda como conversão, vai depender do objetivo da sua campanha. Usado para acompanhar as conversões e também calcular o retorno do investimento por conversão.

Correspondência de palavras chaves: existem cinco tipos de palavras chaves Ampla, Ampla Modificada, Exata, Frase e Negativa. As opções ampla e ampla modificada são mais generalistas e vão segmentar um público maior. A opção Exata vai segmentar somente para o usuário que digitar exatamente a palavra chave. A correspondência de frase inclui todas as buscas feitas com o termo selecionado. A negativa serve para excluir palavras chaves que não boas para suas campanhas. São usadas no momento de segmentação das campanhas de palavras chaves para direcionar os anúncios de acordo com as buscas. Veja mais sobre correspondências no site do Google.

Rede de Display: é a rede de exibição de anúncios gráficos (banners tradicionais ou animados). Usada para campanhas que necessitam de apelo visual.

Rede de Pesquisa: é a rede de anúncios no mecanismo de busca do Google. Usada para quase todos os tipos de campanhas, focada em atender a necessidade de um usuário que faz uma busca.

Remarketing: são campanhas exibidas para usuários que já visitaram seu site. São usadas para aumentar a taxa de conversão de visitantes que saíram da página sem realizar nenhuma ação, uma forma de pescá-los novamente na internet.

Campanhas: são o primeiro nível de configuração de publicidade no Google. Elas englobam os grupos de anúncios, que por sua vez englobam os anúncios. Nesse nível você irá configurar nome da campanha, qual formato será usado, localização, idioma, estratégia de investimento, entre outros.

Grupo de Anúncios: são o segundo nível de configuração no AdWords. Usado para agrupar os anúncios por segmentação e página de destino.

Anúncios: é a parte criativa da publicidade. Onde irá configurar os banners ou argumentos textuais.

Agora que você conhece o básico do Google Adwords, dominando os modelos principais de anúncios e os termos mais usados, é hora de aprender o passo a passo sobre a configuração de anúncios no Google, o que acha?

O vídeo abaixo apresenta como criar uma campanha passo a passo, com dicas super atualizadas. Vale a pena conferir. Mas não deixe de continuar sua leitura. A seguir apresentamos os principais ERROS de Google Ads para iniciantes!

Mesmo como iniciante, não cometa estes 3 erros no Google AdWords

Agora que você já está por dentro dos termos que irão te ajudar a criar anúncios no Google AdWords, separamos algumas dicas rápidas para você não cair em furada e poder realmente sentir o quanto o Google Ads vale a pena

#1 “Vou investir todo o orçamento em um dia / em uma única campanha”

Esse é um erro clássico de Google Adwords para iniciantes. 

Assim como toda estratégia de marketing deve ser, no Google não será diferente, você precisa testar suas estratégias! E isso não é uma dica do Google Ads para iniciantes só, muitos profissionais com tempo de mercado acabam errando aqui. 

Se você tem R$1.000,00 para investir em um mês, não invista tudo de uma só vez

Vá investindo aos poucos, vendo as campanhas e anúncios que performam melhor. Nem sempre serão os anúncios que precisam de melhorias, às vezes seu site ou landing page precisa ser otimizada para converter melhor.

Leia mais em: Receita de bolo para otimização de landing page focado em conversão

#2 “Final do mês eu vejo o resultado da campanha”

No mesmo sentido do erro anterior, você precisa sempre estar de olho nas campanhas, aumentando os lances das que estão indo melhor, pausando as que não estão indo tão bem. 

Olhar as métricas como CTR (taxa de cliques), CPA (custo por aquisição), entre tantas outras só no final do mês não te ajudará a implementar melhorias a curto prazo. 

O ideal é dar uma avaliada breve diariamente ou pelo menos semanalmente. 

Os softwares de automação de marketing, como a LAHAR, oferecem um painel de análise que cruza informações de seus anúncios, acessos ao site, redes sociais e permite uma visão integrada de suas campanhas.

 Isso te ajuda a descobrir se as estratégias de marketing e vendas estão trazendo os resultados esperados.

#3 “Vou colocar todos os anúncios para a mesma página do site”

Um grande erro de configuração de anúncios para o Google, que muitos anunciantes cometem, é direcionar todos os anúncios para a home do site, por exemplo.

Lembre-se, o tempo do usuário na internet é muito precioso, direcione os usuários que interagirem com seus anúncios para páginas que estejam de acordo com o que está sendo exibido no anúncio.

Nada mais frustrante que clicar em um anúncio esperando encontrar uma informação e nunca encontrá-la.

No caso de anúncios para lojas virtuais, se você está anunciando, por exemplo, a “seção de biquínis para o verão 2020”, direcione os usuários para essa categoria do site. Mas se estiver anunciando o “tênis adidas slip one”, direcione o usuário diretamente para o produto.

Atenção! Isso vale para anúncios de todas as empresas e não apenas para e-commerces. 

Se você leu e assimilou todas essas informações de Google AdWords para iniciantes, você já deu um passo a mais na direção de uma campanhas de Ads de sucesso.

Para enfrentar a criação de sua campanha no AdWords com muito mais facilidade, e ainda incluir outras plataformas em sua estratégia de links patrocinados, complete sua pesquisa acessando o ebook GRATUITO: Guia prático e visual das principais ferramentas de mídias pagas”. 

Conte também com a nossa equipe. A LAHAR é um software de automação de marketing digital e possui uma série de funcionalidades como painel de palavras-chave, criação e otimização de landing pages, disparo de e-mail marketing estratégico e muito mais.

Entre em contato com a nossa equipe e descubra como podemos ajudar você a aumentar a conversão de suas ações, incluindo anúncios no Google Adwords.

Esse post foi escrito pela Links Experts, uma agência de links patrocinados e anúncios em mídias pagas como Facebook, Instagram. Eles darão todo o apoio necessário para elaborar sua estratégia de mídia online de forma transparente e com a expertise de profissionais certificados.

Facebook Comments

Deixe uma resposta