3 exemplos de e mail de prospecção para você se inspirar e colocar a mão na massa

O mercado está cada vez mais disputado e a conquista de novos clientes mais acirrada do que nunca. Hoje em dia, seguir fórmulas ou copiar algum e-mail de prospecção que deu retorno positivo em algum momento, não trará o sim do prospect e nem os resultados esperados pela sua organização.

A abordagem comercial por e-mail precisa ser tratada com grande olhar estratégico pois, somente dessa maneira, será capaz de cumprir todo o seu potencial de conversão.

Afinal, o e-mail de prospecção é, até hoje, uma das abordagens mais efetivas em uma estratégia de Outbound Marketing, capaz de aumentar o número de vendas e acelerar o processo comercial de maneira cadenciada.

Para conseguir gerar leads qualificados por meio do e-mail de prospecção, você precisa seguir três etapas fundamentais: pesquisa, preparação e mão na massa. Porém, é claro, tudo isso deve ser feito sem deixar de acertar no formato e no texto de seu e-mail de prospecção.

Quer aprender como escrever um e-mail de prospecção? Neste artigo vamos falar sobre como realizar a abordagem de clientes por e-mail, quais as melhores práticas para você criar seus próprios e-mails e conferir alguns exemplos de modelo de prospecção de clientes. Boa leitura e sucesso nas vendas!

Quando se deve usar um e-mail de prospecção?

O e-mail de prospecção, também chamado de cold e-mail (em português, e-mail frio), é uma ferramenta fundamental para empresas que investem na estratégia de Outbound Marketing.

Nesse tipo de estratégia comercial, sua empresa precisa segmentar e abordar de maneira proativa o seu potencial cliente por diversos canais. Neste artigo, o canal que trabalharemos será o e-mail.

No caso das vendas consultivas focadas no segmento Business-to-Business (B2B), o e-mail é especialmente valioso. Afinal, sabemos o quanto é difícil chegar até o prospect, principalmente na pessoa tomadora de decisão dentro da organização.

Por isso, o e-mail de prospecção se torna uma alternativa mais prática e menos invasiva para um primeiro contato de apresentação do seu negócio.

Mas fique atento! Afinal de contas, sua empresa não é a única a utilizar esse tipo de abordagem. Justamente por isso, é preciso criar um e-mail de prospecção que se destaque dos demais, só assim ele será a escolha do usuário no meio de tantos e-mails lotando sua caixa eletrônica.

Como garantir que seu e-mail de prospecção de clientes vai se destacar? Ele precisa ser bem estruturado e, principalmente, possuir uma chamada memorável! Continue a leitura e aprenda quais são os elementos fundamentais na hora de montar um bom e-mail de prospecção.

Quais são os elementos fundamentais de um e-mail de prospecção?

Alguns elementos do seu e-mail de prospecção interferem diretamente no seu open rate (taxa de abertura de e-mails calculada em cima do total de e-mails enviados). São eles:

  1. Identifique-se

O lead já te conhece? Já ouviu falar de você em algum lugar?

Deixe claro de onde vem essa conexão: seja de um conteúdo do blog da sua empresa, da troca de contatos em algum evento ou por você ser referência no seu nicho de atuação.

A familiaridade facilita a conexão e a conexão possibilita a conversão.

2. Capriche no assunto do seu e-mail de prospecção

Torne o seu e-mail interessante o suficiente para ser aberto pelo prospect. O melhor caminho para fazer isso é caprichando no assunto.

Ele precisa reunir em uma única frase elementos que provoquem a curiosidade do prospect e desperte sua vontade de clicar no e-mail.

Mas atenção: Um assunto vago pode até deixar o lead curioso o suficiente para clicar, mas é importante que o assunto seja relevante e esteja alinhado com o cenário atual do lead.

Afinal, se ele abrir seu e-mail e não interagir de alguma forma, isso impacta sua taxa de resposta. Para que seu reply rate (percentual do total de e-mails enviados que são respondidos) seja elevado, sua mensagem precisa ser clara e relevante para a realidade de quem o recebe.

Os elementos que interferem no reply rate de emails de prospecção são:

Aparência

A avaliação da aparência do e-mail é feita de maneira praticamente inconsciente, o que não significa que você deve ignorá-la ou minimizá-la.

Abrir um e-mail e se deparar com uma mensagem cheia de imagens e cores, parecendo um e-mail marketing, quebra a expectativa do lead e diminui consideravelmente suas chances de resposta.

Briefing

São as primeiras palavras do seu email. Fundamentais para prender a atenção do lead. É com elas que você cumprimenta o seu lead e se apresenta.

É importante que você seja direto e esteja lá para agregar valor ao usuário e não para ficar falando de si mesmo ou de sua marca.

Corpo do Email

Quem trabalha com estratégia de marketing digital com certeza sabe que hoje vivemos na era da informação e que qualquer conteúdo que tenha um tempo de leitura maior que dois minutos gerará algumas questões para o usuário. Ele se perguntará coisas como:

  • Eu realmente tenho tempo disponível para consumir isso?
  • Esse assunto será realmente relevante para mim?

Se o seu email não for sucinto e relevante, muito provavelmente será deixado para outra hora. O que, na maioria das vezes, significa: nunca mais será lido. 

CTAs (Calls to Action)

Os CTAs são as chamadas para a ação, que devem levar o usuário até a próxima etapa do processo comercial de sua empresa. 

Por isso, é imprescindível que você termine o e-mail já sugerindo o próximo passo que o lead deve dar. Se for uma chamada para a reunião, já termine o pedido sugerindo hora e data.

Mas atente-se: um e-mail de prospecção não precisa ter uma abordagem de venda agressiva. Afinal, estamos falando de vendas consultivas.

Por isso, torne os call to actions o mais amigável possível para seu potencial cliente. 

Assinatura

Uma boa assinatura transparece muito mais credibilidade, o que melhora a impressão causada no seu lead.

Além disso, caso ele deseje falar com você posteriormente ou saber mais sobre o seu negócio, ele certamente irá conferir sua assinatura e os dados contidos nela.

3. Personalize a mensagem

Usar o mesmo e-mail de prospecção para todas as abordagens é um dos maiores erros de vendas que uma empresa pode cometer. Se deseja engajar o lead é preciso criar mensagens personalizadas e que se destaquem diante da enxurrada de e-mails que ele recebe todos os dias.

Isso não quer dizer que sua equipe precisa escrever manualmente um a um todos os seus e-mails de prospecção. Na verdade, é exatamente o contrário. O ideal é que se utilize templates, mas sempre com espaços para a personalização, como nome do receptor da mensagem, nome da empresa, e coisas do tipo.

4. Não fale tudo em um único e-mail

É claro que você tem muita coisa para dizer, muitos benefícios para apresentar e tudo o mais… Mas se você abrir o jogo sobre tudo em um único e-mail de prospecção, sua mensagem pode soar confusa e pouco atrativa para o usuário.

Inclusive, trabalhar com cadência de e-mail a fim de conduzir o potencial cliente até a conversão é fundamental dentro de uma estratégia de Outbound Marketing. 

Exemplo de e-mail de prospecção: confira 3 opções que você pode utilizar na sua estratégia de outbound marketing

Se chegou até aqui, significa que você já sabe as melhores práticas para escrever seus cold emails e chegou a hora de colocar a mão na massa. Mas como fazer isso na prática?

Aqui, é fundamental reforçar que não existe fórmula mágica pronta que você pode replicar em todos seus e-mails, para qualquer tipo de negócio. É preciso compreender toda a complexidade do perfil de seus clientes, sua empresa e seu mercado de atuação.

Mas, de qualquer forma, existem alguns exemplos de e-mail de prospecção com abordagens que funcionam e que podem ser adaptadas para a sua realidade.

Precisa de exemplo de texto para vendas?

Abaixo, confira alguns templates de e-mails de prospecção, com diferentes contextos, que você pode adaptar e usar no seu negócio. 

Template Twist the knife

“Oi [nome do lead]! Tudo bem?

Na hora da contratação sabemos que a grande maioria dos times de marketing e vendas buscam por profissionais motivados.

No entanto, sabemos que confiar somente na motivação das equipes como um indicativo de boa performance não é uma boa estratégia. Gostaria muito de conversar com você sobre como a [minha empresa] te ajuda a solucionar isso.

[Nome do lead], uma boa prática é contar com um processo de vendas bem estabelecido, que consegue direcionar o time e bater metas com ações como:

  • Avaliação do perfil de possíveis contratados;
  • Estrutura de metas e comissionamento;
  • Coaching e acompanhamento do time.

O que acha de conversarmos amanhã, às 11 horas, para eu entender melhor o seu cenário atual?

Abraços”

A lógica do modelo twist the knife é deixar claro um possível problema do lead e suas implicações. Você deve indicar de forma explícita uma implicação negativa que faça com que o lead perceba a sua dor.

Depois, é só mostrar o caminho para uma possível solução que gere valor para o lead e aumente o interesse dele em falar com você.

Use o CTA para levar o lead até o seu próximo objetivo.

Template Desafio do prospect

[Nome do prospect], tudo bem?

Sou [nome do vendedor] e faço parte da [nome da sua empresa], empresa especializada em [especialidade da sua empresa].

Vi que recentemente você acessou nosso material sobre [tema do material acessado]. Você sabia que [inserir alguma informação, com dados, que explicite uma dor do cliente que pode impactar negativamente nas vendas do lead]?

Por isso, gostaria de apresentar para o [nome da empresa do lead] algumas das tecnologias mais avançadas para [tipo de negócio do lead], que certamente podem contribuir para a satisfação de seus clientes.

Qual o melhor dia e horário para conversarmos?

Atenciosamente,

[Assinatura do vendedor]

Nesse tipo de abordagem, você joga uma informação importante sobre o nicho de negócio do lead em forma de pergunta, o desafiando sobre o assunto e questionando se ele realmente conhece esse problema. Evidenciando a dor e mostrando a solução logo em seguida.

Template Caso de sucesso

Olá, [nome do prospect]!

Tudo bem?

Me chamo [nome do vendedor] e trabalho na [nome da sua empresa]. Somos uma empresa de [especialidade da sua empresa], com envio para todo o Brasil.

Escrevo pois temos um caso de sucesso em [cidade ou região do prospect] que gostaria de compartilhar com você. O [empresa da cidade ou região do prospect] reduziu os custos com [algum possível problema do lead] em R$ 70 mil por ano após utilizar a tecnologia [solução ofertada pela sua empresa]. 

Podemos agendar uma conversa por telefone para que eu apresente mais detalhes sobre este e outros casos de sucesso de redução de custos no setor?

Tenho disponibilidade no dia [x], às [y] horas. Aguardo sua disponibilidade para seguirmos.

Abraço.

[Assinatura do vendedor]

Nesse modelo de abordagem você utiliza um case de sucesso da sua empresa no mercado, principalmente com algum cliente reconhecido, para se provar como autoridade no assunto e dar ao lead a prova social que ele precisa para acreditar que a sua organização é a melhor para resolver seu problema.

Colocando o disparo dos e-mails de prospecção em prática

Voilá! Seus e-mails estão prontos! Templates criados, estratégia de prospecção definida, chegou a hora de disparar seus e-mails. E é claro que a melhor forma de fazer isso é de maneira automatizada. Conheça agora mesmo o software da LAHAR e veja como ele pode facilitar o seu processo de prospecção de leads por e-mail.

Confira alguns dos vários benefícios que a ferramenta te oferece:

  • Crie e-mails facilmente a partir do editor drag & drop (arraste e solte).
  • Use e abuse dos diversos modelos de email já prontos.
  • Destaque-se na caixa de entrada de seus leads utilizando emojis.
  • Crie emails e construa o fluxo de automação uma única vez. Deixe o software trabalhar automaticamente por você, de acordo com o comportamento do lead.

Gostou? Experimente grátis por 15 dias e veja se o software LAHAR dá match com a sua empresa.

Facebook Comments

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.