O que é Copywriting: 9 técnicas para converter mais e agora!

Se você está a procura de entender o que é copywriting, já deve ter ouvido falar que o grande trunfo de empresas de todos os setores atualmente, é oferecer um conteúdo relevante, que atraia o usuário. Correto?

Mas, e depois?

Após atrair o leitor e fazê-lo ampliar as visitas em seu site, você espera que ele faça alguma coisa? Ou apenas deseja que ele entre, leia o seu texto e saia do seu canal?

Eu apostaria que você deseja que ele realize alguma ação, nem que seja clicar em um link e ir para outra publicação do seu blog, estou certo?

O copywriting é uma ferramenta de marketing muito poderosa que as empresas usam para oferecer valor às pessoas, ganhar confiança, e, principalmente, cultivar relacionamentos lucrativos.

Inbound Marketing, Marketing de Conteúdo e mídias sociais; a criação de conteúdo é uma necessidade absoluta em todas as campanhas de hoje e você precisa de redatores de qualidade para produzir textos que engajem seu público e inspirem ele a agir.

Esses escritores são conhecidos como Copywriters.

As personas de sua empresa (ou seu público alvo) são sua força vital e seu negócio depende de formar uma conexão com eles para sobreviver.

Ao longo dos anos, as pessoas tornaram-se muito mais resistentes à publicidade descarada, bloqueando-a por vezes. Hoje, seu cliente exige informações cativantes e relevantes.

Dessa forma, os copywriters (redatores) usam a palavra escrita para oferecer valor aos seus clientes. Este é o conceito básico sobre o que é copywriting.

O que é copywriting?

Copywriting é a prática de usar palavras para transmitir uma mensagem e alcançar uma audiência que produz um resultado benéfico, para quem lê e para a empresa responsável pelo conteúdo.

O copywriting não surgiu com o advento do marketing digital, ele existe desde que alguém resolveu juntar palavras e divulgar um produto, serviço ou marca, seja isso por meio da internet, e-mail marketing, blogs ou na:

  • televisão;
  • rádio;
  • panfletos;
  • anúncios em jornais impressos e mais.

No mundo dos negócios, o copywriting sempre existiu e é entendido como o ato de criar um texto para anunciar ou comercializar um produto, um serviço ou uma marca.

Atualmente, entretanto, com a aversão do público à publicidade declarada, o mesmo objetivo deve ser alcançado, mas por meio de um texto que realmente agregue informação para o seu leitor.

Todos nós podemos escrever.

Entretanto, redatores proficientes conhecem e entendem os princípios por trás de um poderoso texto persuasivo e aperfeiçoaram esse ofício. Um copywriter profissional se dedica à prática de sua atividade, afinando suas habilidades.

A prática não está relacionada apenas a cobrir uma página em branco com palavras, mas tudo o mais que a acompanha:

Os copywriters são profissionais porque eles se especializam em escrever conteúdo que preenche todos os requisitos e complementa as metas abrangentes do marketing.

Resumindo, o copywriting é o ato de escrever com o objetivo de fazer o leitor realizar uma ação, divulgando seu produto, serviço, marca ou outros conteúdos.

Diferente da publicidade descarada, o conteúdo seguindo as diretrizes do copywriting atual tem que passar informação relevante, estreitar os laços com o leitor e aí sim, apresentar a sua empresa como uma solução para os problemas deste usuário.

Arte ou ciência: o que é copywriting?

Você pode entender o copywriting como uma arte porque trata-se de uma prática criativa.

Dois escritores não produzem o mesmo trabalho, e isso pode ser totalmente subjetivo, assim como música, design e artes visuais.

Se você desse a dois escritores o mesmo resumo e a mesma palavra-chave, você receberia dois conteúdos distintos.

Mas, o copywriting também é ciência.

Isso porque, o material está sendo usado para uma finalidade específica, para atingir um objetivo definido.

Em outras palavras, o conteúdo escrito produzirá resultados mensuráveis ​​essa é a  utilidade dele.

Leia mais: Métricas no marketing digital: como usar e analisar

Quando esses elementos artísticos e científicos se encaixam bem temos em mãos o verdadeiro valor do conceito sobre o que é copywriting.

Conteúdo interessante e acessível agrada ao público e cria os resultados que a organização precisa, era isso que queríamos dizer quando acima, falamos sobre um resultado mutuamente benéfico.

Dada a sua natureza comunicativa, copywriting geralmente fica sob a égide do Marketing porque anda de mãos dadas com as suas atividades e estratégia.

Copywriting SEO

SEO copywriting envolve escrever para a internet de tal forma que o texto represente uma melhor chance de ser bem classificado nos resultados dos buscadores, como o Google.

Os redatores de SEO devem escrever seu títulos, subtítulos, texto de corpo e links usando as palavras-chave que os consumidores inserem nos mecanismos de pesquisa.

Leia também: Guia SEO para iniciante: como colocar palavras-chave no site

Por que o copywriting é crucial?

Você já entendeu o que é copywriting e que ele é a base do marketing. Também aprendeu que ele alcança o público que sua empresa precisa atrair. Entretanto, por que e quando ele deixou de ser “apenas preencher a página em branco com palavras” e se tornou um requisito comercial altamente especializado e desejável?

Por causa das expectativas que seu cliente tem hoje!

Todos, em todos os lugares, querem informações altamente personalizadas e querem isso agora.

Organizações que não conseguem entregar esse valor, não são capazes de envolver seu público e perdem espaço para um concorrente.

O copywriting entrega mensagens de um milhão de maneiras diferentes para esses clientes, a fim de atender às suas demandas.

De scripts, blogs, vídeos, sites, mídias sociais, artigos, folhetos, questionários, etc., todos precisam trabalhar juntos para cativar as pessoas e atraí-las.

Por isso, além de entender o que é copywriting, é importante compreender o quanto um profissional capacitado é importante.

Como já dissemos, não basta sentar e preencher uma folha em branco com um amontoado de palavras.

Se você não investir em copywriting você diminuirá a qualidade dos seus materiais.

Lembre-se disso: seu público sabe instintivamente a diferença entre um texto eficaz e um texto pobre – portanto, é vital que as organizações também o façam!

9 técnicas [simples] de copywriting para aumentar sua conversão

Técnicas de copywriting persuasivas são métodos específicos que você usa para convencer um leitor, através do que e como você escreve.

A seguir, separamos algumas das técnicas mais simples de copywriting.

1. Mostre ao leitor o que você pode fazer por ele

É um fato inegável: os leitores não se importam com você ou com sua organização. Eles se importam com o que você pode fazer por eles, seja aliviar o sofrimento, mudar vidas ou inspirar outras pessoas.

Mostre ao seu leitor como você atende a essas necessidades e os benefícios que ele obterá ao se juntar à você.

2. Escreva para uma pessoa real

Crie uma persona do seu leitor alvo. Escreva uma descrição dela. Saiba o que ela pensa, acredita, sente e conhece.

Escreva para essa pessoa como se ele estivesse sentada do outro lado da mesa.

3. Conte boas histórias

Contar histórias é a oportunidade perfeita para mostrar, não falar. Ao contar uma história, você tem a chance de apresentar o problema e mostrar resultados. Ou seja, como você fornece a solução.

Histórias envolvem os corações dos leitores e os levam a agir.

4. Forneça uma prova factual

Declarações gerais e sentimentos levantados em histórias precisam ser apoiados por informações sólidas. Demonstrar benefícios com lógica.

As provas factuais são gatilhos mentais que apelam para a razão do usuário.

Você vai escorrer credibilidade quando se estabelecer como uma autoridade usando estatísticas e especialistas para corroborar o que você diz.

Os seres humanos são um composto razão e emoção. A melhor escrita persuasiva agrada a ambos.

5. Forneça prova social

As pessoas se importam com o que as outras pessoas pensam. É por isso que os depoimentos são tão persuasivos.

Quanto mais você puder citar parceiros, clientes, doadores, beneficiários, voluntários e celebridades que endossam sua organização, mais convincente será seu conteúdo.

6. Explique porque

Uma das palavras mais persuasivas para usar em copywriting é “porque”.

As pessoas agem quando você lhes dá uma boa razão para isso.

Explique os benefícios do seu produto, serviço ou causa para seus leitores.

7. Use repetição

É um princípio psicológico: ouvimos informações repetidas vezes, nossas mentes começam a pensar “deve ser verdade”. A repetição torna a ideia fácil de entender.

A repetição de um conceito, muitas vezes, o torna uma verdade – e a verdade é uma das técnicas de redação mais persuasivas.

8. Faça o leitor se identificar

Mostre ao seu leitor que você entende sua mágoa, dor, apatia, confusão ou outra emoção.

Quanto mais interação e empatia você construir com o leitor, mais persuasivo você será, porque ele pensará: “Eles me entendem”.

9. Ofereça uma garantia

Ao oferecer uma garantia robusta, você convence o leitor a atravessar a linha e gastar seu dinheiro suado para comprar seu produto.

Esse compromisso fornece garantia e uma saída para seus leitores. Uma garantia é uma das ferramentas mais poderosas do seu arsenal de copywriting.

A busca por conhecimento deve ser constante, por isso, sugerimos que leia o artigo; “15 exemplos de produção de conteúdo para sites e blogs e inspire-se para começar uma nova era em sua estratégia de marketing digital.

Como vimos, entender o que é copywriting e qual a sua importância está relacionado não apenas ao ato de escrever, mas a capacidade de encaminhar os leitores/usuários por cada etapa de um funil de marketing, que tem como objetivo converter uma venda. O Inbound Marketing é sobre isso e utiliza o marketing de conteúdo para ampliar seus resultados.

A tecnologia pode ajudar, não só com o copywriting, mas com toda a implementação dessas estratégias.

A LAHAR é um software de Inbound Marketing que utiliza estratégias de produção de conteúdo e automação de marketing digital, para auxiliar você a ampliar os seus resultados de vendas e aumentar a produtividade das suas ações.

Já que estamos falando sobre informações relevantes, a seguir apresentamos, um outro formato de material. Um exemplo de como usar um case de sucesso como um conteúdo relevante para seus leads: