15 exemplos de produção de conteúdo para sites e blogs

Construir uma estratégia de marketing de conteúdo eficiente é uma obrigação para empresas que desejam aumentar as visitas em seu blog e site e precisam desenvolver uma presença digital de relevância. Você já sabe disso e seus concorrentes também, por isso a disputa por espaço aumentou e a necessidade da produção de conteúdo para sites e blogs de alta qualidade é ainda maior.

Construir uma presença online não se resume ao desenvolvimento de um site. Atualizações e otimizações regulares de conteúdo são extremamente importantes para a sua marca. Primeiro porque é por meio dessa construção que sua marca irá se estabelecer como uma voz online confiável, segundo porque essas atualizações têm grande impacto na classificação de seu site em mecanismos de pesquisa, como o Google.

Para chamar a atenção de seu público e se destacar em meio a tanta informação você precisa sim conhecer as mais relevantes técnicas de Copywriting. Nessa disputa por espaço e atenção é necessário sair do comum e aplicar táticas e técnicas de produção de conteúdo para sites e blogs com ideias interessantes, divertidas e que principalmente respondam às dúvidas e perguntas feitas por seu público.

15 ideias para alavancar sua produção de conteúdo para sites e blogs

1) A grande revelação

Se você se pergunta como criar conteúdos para blog, a primeira dica é: use o que você tem de mais novo na sua empresa.

Você está lançando um novo produto, selando uma nova parceria, inaugurando um novo espaço ou planejando qualquer atualização semelhante que possa compartilhar com seus leitores?

Você terá um impacto mais abrangente se construir uma campanha forte de conteúdo em torno dessas revelações e novidades. Produza conteúdos ricos como textos/tutoriais e e-books, amplie sua presença digital por meio da produção de conteúdo em vídeo, crie parcerias com influenciadores, ou seja, faça a sua novidade gerar um buzz em torno da sua marca.

2) Tutoriais

Textos curtos e detalhados que guiam os leitores do ponto A ao ponto Z são sempre úteis.

  • Você pode criar um tutorial que explique e apresente diretamente seus próprios produtos, por exemplo, “como utilizar nosso novo shampoo a seco e estar sempre bonita”,

ou

  • Pode escrever um tutorial que esteja relacionado ao seu campo de trabalho e criar uma relação com sua persona, por meio da solução de um problema ou inspirando seus interesses, por exemplo, “como reaproveitar seu jeans velho e transformá-lo em uma bolsa elegante ”

3) Histórias de Sucesso e Testemunhos

Seus clientes ou seus colaboradores são seus melhores ativos de marketing. Coloque-os em destaque e convide-os a contar suas experiências positivas com seu produto ou serviço.

4) #ThrowBackThursday

A famosa hashtag mundialmente utilizada no Instagram trouxe à tona um agente de marketing que muitos não sabiam o quão poderoso era: a nostalgia.

Entre na moda do #TBT e compartilhe algumas experiências do passado de sua marca com seus leitores.

Se você for sócio ou gerente de uma marca de roupa, por exemplo, pode mexer no fundo do baú e encontrar a primeira peça vendida, fotos do ateliê onde iniciou sua carreira, os primeiros desenhos, primeiros clientes, primeiro desfile. Tudo isso cria uma sensação de proximidade com seu público e é um conteúdo que gera um grande retorno de alcance.

5) Pesquisa

Mostre ao seu público que você se importa com a opinião dele. Solicite sua opinião por meio de um formulário de pesquisa.

Além de mostrar a seus clientes que se importa com a visão deles sobre sua marca, você também pode utilizar os resultados dessas pesquisas para criar outros conteúdos e mostrar a seus prospects como viver uma experiência com a sua empresa pode ser interessante.

6) Os frutos do seu buzz

Se seu produto ou serviço está sendo divulgado por outras plataformas midiáticas, sejam elas online ou offline, uma sugestão para ampliar o poder da sua produção de conteúdo para sites e blogs é aproveitar desse buzz e replicá-lo em uma coletânea e construir um conteúdo específico para seu canal de comunicação.

Aproveite e referencie os autores dos conteúdos originais e mantenha próximos os laços com esses canais.

7) Listas Top 10

Uma técnica muito valiosa para as estratégias de produção de conteúdo para sites e blogs é a construção de listas no estilo de curadoria. Elas elencam itens de leitura e são populares por causa de sua apresentação concisa e direta de informações relevantes.

O truque é escolher um tópico que seja interessante para o seu público sem ser muito abrangente, por exemplo, um conteúdo como “Os 10 melhores vinhos do mundo segundo especialistas” pode ser menos atraente do que “Os 10 melhores vinhos brancos para levar para um piquenique”.

8) Blogs convidados

É muito comum que administradores do blog chamem um ou mais convidados para realizarem uma postagem ou um artigo especial. Você pode convidar profissionais de seu ramo de trabalho para escrever um texto valioso para os visitantes do seu site.

Além disso, se o autor convidado tiver um site ou blog próprio, você certamente pode propor uma troca em que você também escreveria no site dele. Esse tipo de colaboração pode se tornar algo muito valioso.

Imagine que você é um fotógrafo de casamento e desenvolve um trabalho de produção de conteúdo para sites e blogs, uma opção é convidar uma estilista de vestidos de noiva para escrever sobre o tema ou uma produtora de eventos para abordar outra vertente do mesmo assunto.

9) Conteúdo de vídeo

Experimentar diferentes tipos de conteúdo é excelente. Mantém os seguidores alertas e envolvidos com o seu trabalho. Para blogueiros, donos de empresas e artistas de todos os tipos, o vídeo é uma maneira fantástica de se comunicar e compartilhar aspectos do seu trabalho.

Pode ser uma entrevista, uma apresentação ao vivo ou uma demonstração de um dos seus produtos. Seja qual você escolher, verifique se não é muito longo e se a qualidade do áudio-visual é boa.

10) Post em Áudio

Ainda dentro da ideia de utilizar diferentes formatos na produção de conteúdo para sites e blogs, os posts em áudio têm se tornado cada vez mais comuns entre empresas que executam estratégias de marketing de conteúdo no Brasil.

A Rock Content, por exemplo, ampliou o tempo de permanência em 10% nas páginas de blog posts com a inserção áudio posts em seus conteúdos de texto.

Trata-se de um formato com baixo custo de inserção e com grande potencial de engajamento, uma vez que permite que o usuário tenha acesso ao material desenvolvido mesmo executando outras tarefas como dirigir, andar ou mesmo trabalhar.

11) Trending Topics

É sempre bom estar atento ao que as pessoas estão falando ou sobre o que estão pesquisando. Aproveitar conversas atuais permitirá que você produza conteúdo que seja facilmente “compartilhável” nas mídias sociais e alcance novos públicos.

Por exemplo, se você está no ramo de estilo de cabelo e perceber que todos os usuários online estão falando sobre a cerimônia do Oscar da noite anterior, pode ser uma boa ideia escrever um artigo classificando os penteados das estrelas no tapete vermelho.

Você pode ter acesso aos assuntos mais procurados na internet e buscar inspirações na ferramenta de pesquisa de palavra-chave do Google, no Google Trends ou mesmo no Trending Topics do Twitter.

12) Lista “mais popular”

Mais uma vez o formato de lista tem destaque entre as principais tendências da produção de conteúdo para sites e blogs.

As pessoas adoram ver itens populares porque se destacam como uma garantia de qualidade testada e comprovada.

Destaque seus produtos mais vendidos, serviços mais bem classificados, músicas mais baixadas ou itens com mais menções em mídias sociais.

13) Acabe com mitos

Acabar com mitos é uma ótima maneira de atrair o público. Uma vez que você conhece o seu mercado melhor do que ninguém, você pode apresentar e destruir mitos sobre seu nicho.

Trata-se de um conteúdo divertido e diferente, que chama muita atenção dos leitores. Você pode usar títulos semelhantes a “5 hábitos que você não sabia que estão arruinando sua alimentação”.

14) Dicas que otimizam o tempo de seus leitores

Todo mundo vive correndo, sem tempo para nada, então apostar na produção de conteúdo para sites e blogs que irão dar dicas de como um leitor pode simplificar sua vida é sempre uma boa ideia.

Com base em sua experiência de trabalho você pode oferecer aos seus prospects dicas de como determinado processo pode facilitar a lavagem de suas roupas ou melhorar o desempenho de seu computador.

15) Estudo de caso e pesquisa

Forneça a seus visitantes conteúdo exclusivo que aumentará a credibilidade e irá engatizar o valor agregado de seu produto. Os estudos de caso também podem ser usados ​​como ótimos impulsionadores de SEO quando usados ​​com as palavras-chave relevantes.

Apresentar pesquisas e dados que você coletou ao longo dos anos oferecerá aos usuários informações importantes enquanto destaca sua experiência.

#Dica extra

Depois de reunir conteúdo suficiente e saber quais são os tópicos mais interessantes para seus visitantes e leitores, você pode até considerar escrever um e-book para mostrar seu conhecimento de forma mais ampla.

Negócios B2B: Produção de conteúdo para sites e blog ( + 3 exemplos)

Criar uma estratégia de marketing de conteúdo B2B bem-sucedida é diversificar seus esforços. Segundo uma pesquisa do Content Marketing Institute, 83% dos profissionais de marketing de empresas B2B utilizam as redes sociais para se relacionarem com seus clientes e potenciais clientes.

Abaixo elencamos outras ferramentas amplamente utilizadas nas estratégias de marketing digital B2B:

  • 80% das empresas utilizam blogs
  • 77% enviam e-mail marketing
  • 65% constroem e distribuem ebooks
  • 60% desenvolvem vídeos
  • 58% criam infográficos
  • 58% organizam webinars

Embora o método de marketing de conteúdo mais comum seja o blog, ele sozinho não é suficiente.

Claro, os blogs B2B dão resultados e são muito eficazes. No entanto, se você realmente quiser aproveitar ao máximo a produção de conteúdo para sites e blogs e obter um retorno maior do seu investimento, precisará ir além de um blog comum.

As 3 ideias a seguir devem ajudá-lo a olhar além das postagens de blog ao fazer marketing de conteúdo B2B.

1) Crie infográficos informativos e atraentes

Marketing de conteúdo B2B não é apenas sobre a produção e promoção de conteúdo escrito para o nicho de seu interesse. Trata-se de usar variados tipos de conteúdo da melhor maneira possível para comercializar seu próprio produto ou serviço.

Como a Internet está se movendo em direção ao aprendizado visual, faz sentido criar infográficos que sejam mais fáceis de consumir e tenham maior probabilidade de serem compartilhados.

Estudos descobriram que as pessoas acham mais fácil processar recursos visuais quando comparados ao texto escrito. Ao criar infográficos, você não está apenas usando gráficos, mas também informações segmentadas para criar uma visualização detalhada. Para fazer um trabalho de infográfico, é importante torná-lo relevante para seu público-alvo e dar a ele o conhecimento que está procurando.

Quanto mais útil e esclarecedor for o seu infográfico, mais ele será compartilhado, o que, por sua vez, dará à sua marca a exposição e o tráfego de que ela precisa.

2) Aproveite o poder do conteúdo de vídeo

Se o seu conteúdo B2B não criar engajamento, será difícil usá-lo para fins de marketing. Nós já falamos que conteúdos visuais são perfeitos para gerar mais engajamento e um dos melhores tipos é o conteúdo de vídeo.

Mesmo que plataformas populares de mídia social como Instagram e Facebook tenham adotado conteúdo de vídeo, ainda é uma nova abordagem utiliza-las para o marketing de conteúdo B2B. Isso pode ser visto como uma oportunidade.

Para começar, tudo o que você precisa fazer é descobrir que tipo de vídeo irá acompanhar sua marca e também seu público-alvo. Você pode criar vídeos sobre qualquer coisa como, guias, entrevistas, tutoriais, perguntas e respostas, e muito mais. Lembre-se: eles precisam oferecer valor real.

3) Planejar e executar webinars

Seminários online (webinars) são uma maneira poderosa de educar o público-alvo, criar confiança e levá-los a agir. 76% das empresas usaram webinars durante os últimos 12 meses para pesquisar sobre serviços e produtos antes de tomarem decisões de compra.

A razão pela qual os webinars formam uma parte importante do marketing de conteúdo B2B é porque eles se harmonizam bem com os objetivos de B2B. Mesmo que seu produto ou serviço seja de alta qualidade, você poderá fechar negócios se seu seminário online for envolvente o suficiente.

Muitos profissionais de marketing B2B aceitam a criação de vídeos, mas hesitam quando se trata de criar e executar um webinar. É por isso que os webinars são um recurso negligenciado. No entanto, o que as empresas B2B precisam perceber é que os webinars são ótimos para fornecer informações valiosas sobre um assunto.

Convidar clientes B2B para um seminário online pode reduzir o ciclo de vendas de seu produto. Os webinars tendem a ter uma alta taxa de engajamento e, portanto, levam a melhores conversões.

Por último, mas não menos importante, você pode usar webinars para interagir com seus clientes em potencial, individualmente. Eles podem esclarecer suas dúvidas e participar de uma discussão ao vivo sobre seu produto ou sobre o problema que ele resolve.

Ainda não está convencido? Aqui estão mais algumas vantagens de usar um webinar como uma ferramenta de marketing de conteúdo B2B.

  • Ele permite que você forneça um valor excepcional a seus potenciais clientes em um formato de evento ao vivo
  • Posiciona a sua empresa como um especialista ou autoridade no seu nicho
  • Ele dá a você o poder de gerar leads de alta conversão
  • Isso leva a parcerias com outros negócios B2B relevantes

E ai? Gostou das dicas para ampliar a sua produção de conteúdo para sites e blogs?

Este post foi escrito pelo Vooozer, uma startup de Audio Marketing que potencializa sua estratégia de conteúdo ajudando sua marca a engajar e capturar leads com posts em áudio.