BI no marketing digital: como ele impulsiona suas estratégias

Nos dias de hoje, para que um negócio seja bem sucedido, o fato mais importante não são as propagandas feitas pela marca e sim as informações de usuário coletadas e analisadas pela organização. 

Munido de informações sobre seus consumidores, um negócio é capaz de tudo. Mas, para que isso seja possível, Business Intelligence — BI e marketing digital devem, forçosamente, trabalhar em conjunto.

E, para consolidar definitivamente essa parceria de sucesso entre Business Intelligence e marketing digital, primeiro você precisa entender o que é BI e como ele pode ser aplicado dentro do marketing. 

Afinal, você sabe o que é BI no marketing digital? Entende como ele pode ampliar o retorno sobre investimento de suas campanhas? Neste artigo vamos compreender mais sobre o conceito e as aplicações desse modelo.

Mas, afinal, o que é BI no marketing digital?

O BI ou Business Intelligence no marketing digital refere-se às ferramentas e práticas usadas para a coleta e análise de dados sobre o investimento que sua empresa está realizando na área.

A partir do levantamento de dados e acompanhamento de métricas, o objetivo do BI é dar suporte às decisões empresariais relacionadas ao marketing.

Por exemplo, os dados coletados podem mostrar que uma rede social esta gerando mais visitas ao seu site do que outra. Ou que a landing page A está captando leads mais qualificados que a landing page B.

Você pode estar se perguntando se as métricas de marketing digital básicas que você já coleta é a representação do que é BI no marketing digital. Em parte sim.

Entretanto, o BI no marketing digital vai além do acompanhamento de números frios em painéis de métricas.

Cada compartilhamento, acesso, clique ou compra é rastreada e sua empresa é capaz de compreender todo o caminho feito pelo cliente.

Essa análise profunda permite que você entenda qual é o canal e estratégia que mais retorno dá a sua empresa.

Quando implementado corretamente, o Business Intelligence pode mudar:

  • a forma como sua empresa toma decisões de marketing;
  • os canais em que a sua empresa investe;
  • as estratégias de marketing em si.

Benefícios do BI no marketing digital

Com a ajuda do Business Intelligence no marketing digital sua empresa pode alcançar um retorno sobre investimento (ROI) ainda mais alto.

Um outro benefício claro do uso da tecnologia é a facilidade em mensurar os resultados. Esses valores medidos e analisados são essenciais para o acompanhamento de todas as etapas da trajetória dos usuários pelo funil de vendas. 

Com o resultado dessa análise em mãos é possível redesenhar trajetórias e, possivelmente, aumentar as possibilidades de sucesso nas suas estratégias.

Além disso, essas análises constantes dos dados podem apontar resultados em diversas áreas de negócios, examinando informações que são primordiais para uma tomada de decisões estratégica por parte da empresa e, também, dados fundamentais para a avaliação da performance da estratégia de marketing digital.

Outro benefício, é que as ferramentas de análise BI permitem um estudo rigoroso e adequado do comportamento do público-alvo do seu negócio, o que vai totalmente de encontro ao objetivo principal do marketing digital que é atingir os seus possíveis consumidores por meio de suas ações online.

Sendo assim, sua empresa para de perder dinheiro em ações que não trazem retorno suficiente e passa a realocar o investimento para as ações que ampliam o volume de clientes.

Uma outra vantagem é a possibilidade de otimizar uma estratégia que poderia estar resultando em melhores números.

Se você percebe que seu e-mail marketing não está gerando um fluxo de negócios suficiente, sua equipe pode revisar todo o fluxo de nutrição, realizar testes AB e buscar por novas estratégias.

De maneira ainda mais específica, o BI no marketing digital permite que sua equipe identifique:

  • as publicações em redes sociais que receberão mais impressões, cliques e engajamento;
  • as palavras-chave que levam mais tráfego para seu site;
  • quais conteúdos ranqueiam melhor nas plataformas de pesquisa;
  • o público que se mostra mais interessado em seus conteúdos;
  • e muito mais!

De maneira geral, o BI no marketing digital pode ser aplicado para a análise do resultado de todas as estratégias da área, entre elas:

  • mídias sociais;
  • SEO;
  • links patrocinados;
  • e-mail marketing etc.

O BI no marketing digital também permite uma segmentação de clientes muito mais estratégica, de maneira que sua empresa tenha acesso a dados demográficos e comportamentais de clientes e prospects que já interagem com a marca. 

Você traça um público alvo ideal e pode comprovar se é ele quem está respondendo melhor às suas ações.

O BI no marketing digital é de particular importância para as agências de marketing e departamentos que procuram provar o retorno de suas ações para clientes e diretores.

BI no marketing: o fim da era dos “achismos”

Antes da transformação digital, poucos eram os recursos que os profissionais de marketing tinham à disposição para coletar o resultado de suas estratégias.

Como resultado, poucas eram as informações disponíveis para embasar as decisões sobre novas campanhas.

Uma boa estratégia de marketing digital, para ser efetiva, necessita de um acompanhamento contínuo e aprofundado de vários indicadores.

O BI é o centro de um marketing muito mais estratégico e orientado por dados e números. 

Para coletar todas essas informações você precisa de ferramentas como o Google Analytics que te mostra em tempo real a reação dos usuários da web as suas campanhas.

Há diversas ferramentas de Bussiness Intelligence que possibilitam esse monitoramento de maneira rápida e precisa.

Essas ferramentas oferecem ao marketing digital maior agilidade em suas análises. O que é fundamental para embasar as tomadas de decisão da organização, que vão impactar diretamente no sucesso – ou não – da estratégia. 

Ou seja, a tecnologia serve de diversas maneiras aos objetivos do marketing digital e são importantes aliados um do outro. A seguir, conheça melhor algumas dessas ferramentas de BI.

Business Intelligence para marketing digital: 3 ferramentas

As ferramentas usadas para aplicar o BI no marketing digital auxiliam no processo de geração de inteligência por oferecerem funcionalidades como:

  • automação de processos de coleta de dados;
  • compilação informações;
  • apoio na orientação de processos de marketing.

A seguir, listamos três ferramentas de BI para marketing digital. Confira!

1. LAHAR

A LAHAR é uma software, que reúne tudo que você precisa para realizar análise de dados em uma única plataforma.

  • Automação de Marketing
  • Criação de Landing Pages
  • Gestão de Mídias Sociais
  • Email Marketing estratégico
  • Gestão e segmentação de contatos
  • Lead Tracking
  • Lead Scoring
  • Painel de Palavras-Chave
  • Relatórios

Por meio dos relatórios de BI oferecidos pela plataforma você será capaz de tomar decisões inteligentes baseadas em números. Pela plataforma é possível:

  • Visualizar o resultado alcançado através dos canais digitais da sua empresa
  • Consultar os resultados alcançados em cada mídia digital
  • Acessar de forma rápida e eficiente o retorno de cada mídia digital

2. InsightSquared

O InsightSquared é um software de BI que oferece um conjunto de recursos que podem ser usados, não apenas pelo setor de marketing, mas também pelo departamento de vendas.

Entre suas funcionalidades estão:

  • análise de métricas;
  • previsão de vendas;
  • relatórios.

3. Optimizel

A Optimizely tem o foco de captar e analisar dados que vão permitir que as empresas ofereçam uma melhor experiência a seus clientes, por meio de insights para:

  • criar estratégias de engajamento digital;
  • reduzir as taxas de rejeição;
  • aumentar o tempo de permanência dos usuários no site.

BI e Marketing Digital na prática

Agora que entendemos a importância do BI no marketing digital e conhecemos suas principais ferramentas, vamos entender como essa dupla funciona na prática.

Conhecer o comportamento do consumidor

Ter acesso a dados e informações, possibilita conhecer os futuros passos do consumidor e entender seus movimentos, o que influencia no desenvolvimento de uma estratégia assertiva de marketing digital.

Somente entendendo os problemas do seu consumidor e o que ele busca é que você terá sucesso na estratégia da sua organização. Para isso acontecer, vários pontos são analisados:

  • o comportamento de compra do consumidor;
  • a relação do cliente junto ao SAC da empresa e o objetivo desse contato;
  • as palavras-chave com maior volume de busca;
  • a efetividade das campanhas de e-mail marketing e as interações dos usuários;
  • o que o consumidor fala sobre a marca em diversos canais, como redes sociais, blogs, sites de compra etc.

Ao se basear no comportamento do consumidor, é possível fazer diferentes tipos de análise. São elas:

Preditiva

Esse tipo de análise comportamental tem como objetivo prever um resultado. Costuma ser usado para avaliar tendências de consumo.

Prescritiva

Aqui, são levadas em consideração – e avaliadas – as possibilidades de consumo baseadas no comportamento do usuário após alguma ação determinada. 

Esse tipo de análise é importante pois torna possível propor alterações na estratégia enquanto ela ainda está em curso, a fim de corrigir gaps e otimizar resultados. 

Embasar e otimizar a tomada de decisões

Após estruturar as informações coletadas, chegou a hora de transformá-las e disponibilizá-las para toda a empresa de forma prática e compreensível.

Ao ser compartilhada com todos, as análises podem ser confrontadas e, caso seja necessário, as decisões estratégicas podem ser tomadas a partir daí para otimizar os direcionamentos de acordo com o objetivo inicial da organização.

Medir a analisar as informações em real time

A transformação digital faz com que os negócios sofram mudanças de forma muito rápida. Anteriormente, analisar um resultado de campanha demorava bastante, ao contrário dos dias atuais onde você consegue acompanhar tudo de forma rápida, precisa e em tempo real, por meio das ferramentas de BI.

Essa análise rápida, permite às organizações acompanhar de perto a jornada do consumidor, as conversões etc, e, ao identificar mudanças no padrão de comportamento do público, você pode recalcular a rota, adaptar a estratégia e fazer as mudanças necessárias para atingir o objetivo principal.

Otimizar as campanhas

Quando se desenha uma estratégia de marketing de conteúdo, diversos KPIs são definidos para que se possa medir e acompanhar o desempenho da campanha. Por exemplo:

  • engajamento dos usuários com a página;
  • número de cadastro em uma newsletter;
  • aumento de tráfego no site da marca;
  • número de conversões.

Ao acompanhar esses e outros indicadores é possível aplicar ações estratégicas que otimizem as campanhas, melhorando a segmentação, realocando recursos, etc. Isso torna os resultados muito mais efetivos.

Business Intelligence: exemplos práticos de sua aplicação dentro de uma organização

Quer conhecer dois exemplos práticos de BI no marketing digital? Inspire-se no caso da Netflix, que usou  sua análise de dados para ir além do óbvio.

A empresa criou uma série inteira baseada nas informações de seus usuários. Especula-se que essa série seja “Stranger Things”, e que ela seja o resultado de uma grande análise de dados.

A Netflix analisou os gostos e programas mais acessados dos usuários e criou em cima disso uma série que agradaria uma fatia muito grande do público.

Outro case de sucesso foi o da loja americana Macy’s. A marca, com a ajuda de um software para análise de dados, começou a processar muita informação por dia. 

E aí, eles foram além da busca por dados nos locais tradicionais como CRMs e softwares de automação de marketing, e passaram a analisar dados dos usuários também em suas redes sociais, como o twitter.

Isso impactou diretamente no desempenho de suas campanhas, que se tornaram bem mais eficientes e, consequentemente, a Macy’s teve um aumento de 10% em suas vendas de forma quase instantânea.

Com isso, fica claro como trabalhar o BI no marketing digital, ou, para os íntimos, o marketing intelligence, é fundamental para conquistar resultados expressivos para o seu negócio.

Não importa o tamanho ou o segmento da organização, o importante é fazer uma análise completa dos dados e conseguir reuni-los para validar processos e otimizar ainda mais suas ações.

Se você chegou até aqui, queremos saber: gostou das dicas? Então deixe sua opinião nos comentários deste artigo.

E não esqueça de entrar em contato com a LAHAR e fazer um teste grátis de 15 dias do nosso software de automação de marketing digital.

Facebook Comments

Deixe um comentário