Como anunciar no Google Shopping: da criação da conta à otimização do anúncio

O Google mudou o panorama da publicidade online nos últimos anos, oferecendo novas oportunidades para os comerciantes promoverem suas lojas e e-commerces. Embora a primeira plataforma de publicidade do Google, o Google AdWords, tenha sido amplamente usada pelos profissionais de marketing desde 2000, o Google Shopping surgiu como um dos canais de pesquisa paga de mais rápido crescimento atualmente. Mas, como anunciar no Google Shopping?

Como anunciar no Google Shopping

O Google Shopping, é uma publicidade de custo por clique (CPC) impulsionada por duas plataformas:

  • Google Ads (anteriormente AdWords);
  • Google Merchant Center.

Em suma, o Google Merchant Center é onde reside o seu feed de produtos e o Google Ads é onde você:

  • compra os anúncios;
  • define o orçamento;
  • controla os lances;
  • obtém insights, etc.

Os anúncios do Google Shopping permitem que os compradores encontrem os produtos da sua loja online de maneira rápida e conveniente enquanto pesquisam no Google.

Os compradores recebem informações importantes sobre produtos nos seus anúncios, o que ajudará na decisão de compra e comparação de produtos:

  • Imagem do produto;
  • Título do Produto;
  • Preço;
  • Nome do vendedor.

Ao entender os passos de como anunciar no Google Shopping, você também pode adicionar aprimoramentos em seus anúncios como promoções, classificações de produto (sistema de classificação 5 estrelas) e comentários de clientes.

Como anunciar no Google Shopping

Como anunciar no Google Shopping: primeiros passos

1. Criação de conta

Comece inscrevendo-se no Google Merchant Center. Isso permitirá que você gerencie suas listagens de anúncios e faça o upload dos seus produtos manualmente. Você precisará:

  • inserir o URL do site;
  • o nome da sua loja;
  • o país de operação.

Como anunciar no Google Shopping

Depois de inserir esses detalhes, o Google solicitará que você envie um arquivo para o seu servidor para confirmar a propriedade do site.

Antes de criar sua primeira campanha de anúncios do Google Shopping, você precisa atender aos seguintes requisitos:

  • Contas do Google: você precisará configurar contas com o Google Merchant Center e os anúncios do Google.
  • Google Merchant Center: hospeda seu inventário e seu feed de produtos. Sua loja online atual deve integrar um feed de produtos diretamente ao Merchant Center.
  • Google Ads: gerencia todos os lances e outros aspectos de marketing dos anúncios do Google Shopping. É também onde configurações de orçamento e otimização de anúncios ocorrem.

2. Carregue seus produtos

Seu feed de produtos é uma coleção de dados sobre seus produtos, como:

  • nomes de produtos;
  • imagens;
  • IDs exclusivos;
  • descrições;
  • categorias;
  • disponibilidade e afins.

Eles devem ser organizados e formatados especificamente para o Google Shopping. No passado, as integrações da plataforma de comércio eletrônico eram permitidas, mas desde 20 de março de 2018 elas não estão mais disponíveis.

Você tem a opção de enviar manualmente seus feeds. Na sua conta do Merchant Center, acesse Produtos> Feeds> Feeds primários. Em seguida, siga o guia prático. Em seguida, ele solicitará que você adicione sua fonte de dados do produto.

Como alternativa, você pode usar uma extensão ou aplicativo, como o Feed do Google Shopping ou o Feed de produtos do Google, que extrai dados de produtos do seu site e os formata de acordo com os padrões do Google Shopping.

Com o vídeo abaixo, em menos de 5 minutos, a equipe do próprio Google ensina como você deve realizar essa etapa de extração e importação dos produtos do seu site para o Google Shopping. Como você deve imaginar, essa é uma etapa estratégica de como anunciar no Google Shopping.

Veja os detalhes básicos do produto que você precisa fornecer:

  • ID – um valor único de cada produto no seu feed;
  • Título: o nome do seu produto que descreve precisamente seu produto e corresponde ao título da sua página de destino;
  • Descrição – a descrição de seu produto que descreve precisamente seu produto e corresponde à descrição da sua página de destino;
  • Link – a página de destino do seu produto;
  • Link da imagem – o URL da imagem principal do seu produto.
  • Disponibilidade – a disponibilidade do seu produto;
  • Valores suportados: em estoque, fora de estoque, pré-pedido;
  • Preço: o preço do seu produto.
  • Sintaxe: Numérico, ISO 4217 Custos de envio e impostos (se aplicável), condição do produto (novo ou usado) – necessário se o produto for usado ou recondicionado, adulto – especifique se seu produto inclui conteúdo sexual.

Para determinados itens, você precisará fornecer detalhes adicionais. Por exemplo, roupas exigem definição de sexo, tamanho, etc.

Clique no botão “Diagnóstico” para identificar o status relacionado ao item, feed ou conta. Eles devem estar todos em status de produto “Itens Ativos”, o que significa que todos os aspectos são totalmente aprovados e estão qualificados para aparecer na página de resultados do mecanismo de pesquisa.

Como anunciar no Google Shopping

3. Vincule o Merchant Center ao Google Ads

Assim que você tiver todos os produtos prontos no Merchant Center, agora é possível permitir que os dados de seus produtos fluam do Merchant Center para o Google Ads para uso em campanhas de publicidade.

4. Verifique todos os requisitos

Antes de criar sua campanha, verifique se você atende a todos os requisitos das campanhas do Google Shopping.

Domine sua primeira campanha do Google Shopping no Google Ads

Agora que você concluiu os requisitos iniciais e conheceu as políticas antes de criar um anúncio do Google Shopping, agora está pronto para sua primeira campanha.

Guia passo a passo para criar uma nova campanha:

  1. Faça login nos anúncios do Google.
  2. Clique em Campanhas no menu da página.
  3. Clique no botão de adição (+) e, em seguida, selecione a opção Nova campanha
  4. Em “Tipo de campanha”, selecione Shopping.Como anunciar no Google Shopping
  5. A partir daqui, você pode escolher o único objetivo que deseja alcançar depois de executar sua campanha do Google Shopping.

Como anunciar no Google Shopping

Você pode selecionar essas metas:

  • Vendas (Sales): os anúncios de vendas são o tipo de anúncio mais usado para o Google Shopping. O que o Google faz é posicionar seus anúncios de produtos estrategicamente em lugares com alta taxa de conversão, onde os clientes têm alta intenção de comprar.
  • Leads: o Google Shopping também oferece suporte aos seus esforços de geração de leads, exibindo seus anúncios para um público muito mais amplo com bom interesse, mas que ainda não está necessariamente pronto para comprar.
  • Tráfego do site: esse é o objetivo que responde à pergunta “como gerar tráfego para meu site?”, tudo isso da maneira mais econômica possível. A única desvantagem ao usar essa meta é que ela não é tão segmentada quanto as outras duas primeiras metas. Isso resulta na exibição de seus anúncios de produtos em pessoas com intenção não especificamente alta de comprar.
  • Sem um objetivo: por último, você pode executar uma campanha sem um objetivo específico em mente. Isso permite que você personalize seus anúncios do Google Shopping com mais liberdade.
  1. Defina as configurações da sua campanha, como:
  • filtro de inventário;
  • lance máximo de CPC;
  • orçamento;
  • prioridade da campanha.

Você pode modificar seu lance e orçamento para melhor atender às suas necessidades de negócios e suas metas da sua conta do Google Ads a qualquer momento depois de criar sua campanha.

  1. No entanto, no processo de aprender quanto custa anunciar no Google Adwords, é sempre recomendado começar devagar com os gastos com anúncios do Google Shopping e aumentar gradualmente de acordo com o desempenho do anúncio.

Leia também: Google AdWords para Iniciantes: Glossário e erros mais comuns

  1. Clique em Salvar e continue.
  2. Você chegará na página Criar um grupo de anúncios. Na seção “Tipo de grupo de anúncios”, você precisará tomar algumas decisões sobre como organizar sua campanha:
  • promover seus produtos individualmente ou;
  • usar o Showcase Shopping para promovê-los coletivamente.

Você sempre pode alterar a organização da sua campanha mais tarde, se necessário.

Práticas recomendadas e dicas de otimização de anúncios do Google Shopping

Agora que você aprendeu a parte técnica de como anunciar no Google Shopping, veja algumas das práticas recomendadas e dicas de otimização para aproveitar ao máximo seus anúncios do Google Shopping:

Usar palavras-chave negativas estrategicamente

Embora não seja possível usar palavras-chave para segmentar seus anúncios, use palavras-chave negativas para ajudar a impedir que seus anúncios do Google Shopping apareçam nos resultados da pesquisa quando você não quiser exibir seus produtos para os compradores errados.

Para selecionar palavras-chave negativas, identifique os termos de pesquisa que provavelmente serão pesquisados ​​por seu público-alvo, mas que possam ser destinados a um produto especificamente diferente.

No entanto, adicionar muitas palavras-chave negativas pode prejudicar seu desempenho e diminuir o tráfego geral ou relevante.

Sugerimos enfaticamente usar somente palavras-chave negativas para impedir que seus produtos apareçam em consultas totalmente irrelevantes.

Otimize o título dos anúncios do Google Shopping

Parte importante de como anunciar no Google Shopping é escrever títulos atrativos, que faça seus clientes qualificados clicarem.

Recomenda-se escrever seus títulos com menos de 70 caracteres (dos 150 permitidos) para obter visibilidade máxima, incluindo todas as palavras-chave que você deseja exibir. Embora você ainda possa usar mais de 70 caracteres, é mais provável que o Google os trunque. É por isso que é importante colocar as informações mais importantes do seu produto logo no início do título.

Otimize as descrições dos anúncios do Google Shopping

Com exceção do título do produto, o Google extrai todas as informações, o que significa que as descrições dos produtos também estão incluídas no algoritmo. O comprimento ideal para a descrição é de 500 caracteres e deve ser rico em palavras-chave e ilustrativo.

Lembre-se de evitar o uso excessivo de linguagens promocionais.

Monitore seus produtos

O monitoramento regular de produtos é recomendado para descobrir quaisquer lacunas, resolver problemas e identificar novas oportunidades de melhoria.

Por exemplo, você pode garantir que seus produtos mais vendidos ainda sejam qualificados para exibição, filtrando os mais altos cliques ou conversões e visualizando o status de seus produtos. Dessa forma, você pode resolver as reprovações antecipadamente.

Evite o uso de redirecionamentos

Qualquer redirecionamento diminui o tempo entre um usuário clicar no seu anúncio e carregar sua página de destino. Um tempo de carregamento longo pode resultar em uma experiência negativa do usuário.

Você pode acompanhar os cliques em seus anúncios usando o modelo de acompanhamento dos anúncios do Google.

Forneça dados frescos, precisos e abrangentes

Os anúncios do Google Shopping são exibidos por algoritmo com base nos dados do produto que você forneceu em seu perfil do Merchant Center.

Embora você possa definir configurações de campanha no Google Ads, o desempenho do seu anúncio ainda está intimamente associado aos dados que você forneceu no feed de produtos, portanto:

  • envie seu feed ao Google ao mesmo tempo em que atualiza seu feed no site;
  • forneça todos os atributos necessários listados na especificação do feed que se aplicam a seus produtos;
  • atualize automaticamente o preço e a disponibilidade em todos os momentos.

Aproveite ao máximo o Google Shopping

Embora a implementação de impulsos orgânicos seja essencial, por meio de estratégias de SEO, as lojas online não devem desacreditar a pesquisa paga.

É hora de diversificar seus gastos com anúncios da Rede de Pesquisa usando os recursos e benefícios do Google Shopping.

Leia mais em: Google Adwords vale a pena? 4 razões para investir em 2019

Como proprietário de lojas online, aprender como anunciar no Google Shopping permite que você atraia mais tráfego e alcance mais compradores em potencial enquanto eles pesquisam produtos para comprar no Google.

Os anúncios também mantém a exatidão e o frescor das informações do seu produto, para que seus clientes em potencial encontrem os itens atuais relevantes e atualizados que estão pesquisando.

E aí, gostou das nossas dicas de como anunciar no Google Shopping? Ainda tem algumas dúvidas? Compartilhe seu comentário conosco! Tem alguma dica de AdWords para nos contar?

E não deixe de conferir nossa postagem sobre como rankear melhor no Google com seu site?