Como criar campanhas de e-mail marketing do ZERO: 9 passos

Você sabe como executar campanhas de e-mail marketing bem-sucedidas?

Com cerca de 269 bilhões de emails enviados por dia, há muita concorrência pela atenção de seu público.

É por isso que é essencial aprender como fazer campanhas de e-mail marketing.

Com algumas dicas você será capaz de alcançar seu público-alvo, despertar e manter o interesse deles em você e no que você fala.

No final deste guia, você conhecerá as etapas necessárias de como criar campanhas de e-mail marketing em que você seja capaz de atrair:

  • atenção;
  • engajamento;
  • leads;
  • vendas.

Como fazer campanhas de e-mail marketing: 9 passos para uma chuva de conversões!

1. Defina seus objetivos

Todo bom marketing começa com o estabelecimento de metas e com o email marketing não é diferente.

Para executar uma campanha e-mail marketing bem-sucedida, pense no que você deseja alcançar.

Os objetivos típicos de uma campanha de marketing por email incluem:

  • dar as boas vindas a novos leads e assinantes, informando-os sobre seus negócios e valores para que você comece a construir um relacionamento com eles;
  • aumentar o envolvimento com o conteúdo e a empresa, seja promovendo um webinar ou tentando fazer uma venda inicial;
  • nutrir assinantes existentes fornecendo algo que eles valorizem, seja em formato de conteúdo relevante ou iscas de venda;
  • envolver novamente inscritos que não estão particularmente ativos;
  • segmentar seus clientes e leads para que você possa enviar campanhas de e-mail marketing mais direcionadas e com maior probabilidade de conversão.

2. Conheça os tipos de e-mail

O segundo passo de como criar campanhas de e-mail marketing é entender quais são os diferentes tipos de e-mail que você pode enviar. Aqui estão os três principais:

  • e-mails promocionais: falam sobre ofertas e vendas;
  • e-mails relacionais: dão aos assinantes o prometido, como um boletim informativo semanal, um brinde, informações relevantes que eles podem se interessar e assim por diante;
  • e-mails transacionais: incluem confirmações de inscrição, mensagens de boas vindas, confirmações de compra e mais.

Agora que você sabe os tipos de e-mail que pode enviar, é hora de avançar para a próxima etapa de como criar campanhas de e-mail marketing com resultado.

3. Aprenda tudo sobre o seu público

Se você já faz e-mail marketing há algum tempo, provavelmente saberá quem é seu público-alvo.

Se você está apenas começando, precisará fazer algumas suposições para que possa segmentar seu conteúdo.

Não se preocupe, você começará a coletar as informações dos inscritos no minuto em que eles preencherem o formulário da landing page, ou, caso o contato não tenha vindo de uma página de destino, poderá colher informações ao enviar sua primeira campanha. Assim, na próxima vez, você terá dados reais com os quais trabalhar.

Enquanto isso, reúna dados do Google Analytics e seus perfis de mídia social, como os dados do Facebook Insights.

Ambas as fontes têm informações sobre dados demográficos, localização e interesses, além de um monte de outras métricas, que mostram a você quem são seus clientes e no que eles estão interessados.

Esse é um bom ponto de partida para criar campanhas de e-mail marketing que aumentem a sua taxa de conversão.

4. Use a tecnologia com sabedoria

Os melhores serviços de e-mail marketing possuem ferramentas para ajudar você a criar suas campanhas. Entre as funcionalidades dessas plataformas encontramos:

  • fácil criação e automação de campanhas, incluindo modelos e fluxos de trabalho;
  • integrações com softwares que você já usa, como WordPress;
  • maneiras de segmentar seu público;
  • relatório de análise aprofundada sobre o desempenho de cada campanha de email.

5. Crie ótimos Optins

Você precisa fazer com que as pessoas entrem em sua lista de e-mail para, então, executar uma campanha bem-sucedida.

Para fazer isso, você precisará criar formulários que atraiam atenção e incentivem os usuários a se inscreverem.

Experimente diferentes tipos de formulários, em diferentes partes do seu site, incluindo:

  • formulários de boas-vindas, exibidos quando as pessoas chegam ao seu site;
  • Lightbox, que podem aparecer em qualquer página e apagam temporariamente o restante do conteúdo para que o usuário se concentre no optin;
  • pop-ups de intenção de saída, que aparecem quando as pessoas estão prestes a sair do site. Esse é um bom momento para oferecer um atrativo ao seu lead, como um desconto, uma ferramenta gratuita, um ebook, etc.
  • landing pages. Para converter visitantes em leads ofereça informações privilegiadas (acesso a uma pesquisa exclusiva), prêmios (como uma planilha gratuita para controle financeiro) ou outros conteúdos relevantes (ebooks, etc),  para a sua persona.

A geração de leads por meio de landing pages é uma das estratégias de ouro do marketing digital, mais especificamente, do Inbound Marketing, por isso, sugerimos que, após finalizar o presente artigo, se encaminhe para a leitura de; “Receita de bolo para otimização de landing page focado em conversão”.

6. Planeje e-mails e acompanhamentos

Depois de conhecer suas metas, o tipo de e-mail, público e atrair novos leads para sua base de contatos, é hora de planejar suas campanhas de e-mail marketing.

Antes de escrever e enviar o e-mail, concentre-se nas etapas abaixo:

  • estabeleça a frequência do envio dos e-mails;
  • escolha o tipo de email, como mencionado na etapa 2;
  • faça um esboço com uma ideia aproximada do conteúdo;
  • defina a principal ação que você deseja que os assinantes realizem (inscrever-se em um evento, segui-lo nas mídias sociais, comprar um produto, entre outros).

Na criação de seus e-mails você precisa torná-los:

  • oportunos;
  • relevantes;
  • interessantes;
  • valiosos.

Dica bônus: ao estabelecer a frequência de envio não sobrecarregue seus inscritos. Um volume muito grande de disparos é um alerta para os filtros de spam.

Depois de delinear seu plano de e-mail, é hora de começar a escrever.

7. Crie o assunto do seu e-mail

Se o assunto não for interessante, seu e-mail não será sequer aberto.

O ponto de partida para qualquer campanha de e-mail marketing bem-sucedida é uma linha de assunto bem construída e que chame a atenção do lead.

O assunto desempenha um papel crucial em fazer com que as pessoas abram e cliquem em seus e-mails.

Como o título de seu blog, uma linha de assunto de e-mail precisa chamar a atenção para que as pessoas queiram ir além. Opções para melhorar suas linhas de assunto incluem:

  • dizer às pessoas o que elas receberão quando abrirem seus e-mails;
  • adicionar personalização, como incluir o nome do usuário na linha de assunto;
  • evitar palavras de gatilho de spam para que seus e-mails cheguem à caixa de entrada.

Esse tópico é extremamente importante, afinal, se seu e-mail não for aberto de nada adiantou passar horas fazendo esse planejamento. Por isso, sugerimos que aprofunde seu conhecimento com o artigo; “5 ideias incríveis para assuntos em Email Marketing”.

8. Escreva o e-mail

Finalmente chegou a hora de escrever seu e-mail.

  • insira um gancho logo no começo do texto. Você pode destacar um dado sobre o mercado em que o cliente está inserido, apresentar um problema comum, pelo qual ele provavelmente está passando, etc. Esses ganchos fazer o lead querer ler seu e-mail;
  • mantenha o e-mail marketing curto e evite lançar sua oferta cedo demais. Primeiro enturme o lead com o seu propósito;
  • enderece e-mail com os nomes dos assinantes;
  • personalize seus e-mails com base na necessidade dos leads, enviando conteúdos que atendam às diferentes expectativas de cada usuário. Isso torna a mensagem mais direcionada e aumenta as taxas de conversão.

Alguns estudos mostram que educar e segmentar seu público aumentará sua taxa de cliques em e-mails em até 50%.

Outros itens a considerar para seu texto incluem:

  • conte uma história pessoal. Crie uma conexão emocional. Alguns dos e-mails de maior sucesso usam essa técnica. Conte, por exemplo, a história de crescimento de um cliente com o uso do seu serviço;
  • ofereça algo de valor para seus contatos. Pode ser um conteúdo, alguma informação útil ou o recurso que você está promovendo. Deixe claro como isso vai ajudá-los.
  • insira uma pesquisa, GIF ou vídeo. Isso comprovadamente mantêm os leitores mais envolvidos.

Claro, você não precisa colocar todos esses itens em todas as campanhas de e-mail marketing.

A última parte de seu e-mail marketing é o apelo à ação, o call to action ou CTA.

Na prática ele é a confirmação de que seu plano de ação deu certo. Afinal, depois de ler o assunto do seu e-mail, ter contato com o texto, entender sua proposta de valor, o usuário decidiu clicar no botão que leva a outra página. Pode comemorar!

Você pode distribuir CTAs perto do início, no meio e perto do fim do seu e-mail. Mas atenção para não confundir os usuários com muitos comandos. Foque em uma ação e repita a chamada.

9. Teste e Rastreie

Enviar o seu email é apenas o primeiro passo para sua campanha de e-mail marketing alcançar o sucesso.

É preciso que você colete dados para melhorar futuras campanhas.

Isso significa testar tudo: design e layout, texto, linhas de assunto e calls to action.

Os testes A/B são fundamentais neste quesito.

Considere testar e-mails com segmentos diferentes e experimentar vários horários de envio de e-mail.

Também é interessante que você monitore a taxa de abertura, cliques, cancelamentos de inscrições e encaminhamentos. Isso permitirá que você descubra o que está funcionando e o que não está.

Outro problema a ser monitorado é a reputação do remetente, que afeta a capacidade de entrega de e-mail. Veja se há sinais vermelhos que possam impedir que seus e-mails cheguem às caixas de entrada dos inscritos.

Finalmente, gerencie sua lista de assinantes tentando reengajar assinantes inativos e removendo-os se suas tentativas falharem.

Embora existam muitas regras para enviar um email de marketing, o mais importante é o seguinte: trate seus assinantes como humanos.

Você pode alcançar todos os seus objetivos de e-mail marketing se mantiver essa regra como prioridade em todos tópicos.

Seus inscritos querem saber de você e querem se relacionar com você, não com uma máquina.

Atualmente, os softwares de automação de marketing são capazes de analisar e responder aos comportamentos do seu lead, o que é extremamente valioso, tanto para o lead, que recebe materiais relevantes para suas necessidade; quanto para a empresa, que é capaz de gerenciar milhares de contatos e aumentar as chances de conversão.

A LAHAR é um software de automação de marketing com mais de 700 clientes e 10 milhões e-mails disparados por mês. Ao automatizar suas tarefas diárias de marketing é possível focar em melhorar sua estratégia de nutrição de leads, inbound marketing e vendas.

Com um sistema completo ajudamos sua empresa crescer mais. Crie sua conta e experimente grátis por 15 dias.