Como criar um plano de marketing: guia do 0 para dar resultados

Saber como criar um plano de marketing eficiente é uma das principais dores de profissionais da área e donos de empresa, mas muitos deles não sabem disso.

Não é fácil criar um plano de marketing que dê resultados e supere as expectativas do negócio, para isso é necessário estudo e preparação, além de saber as etapas essenciais para um planejamento estruturado.

Nesse post vamos explicar de forma resumida como criar um plano de marketing de sucesso, personalizado para seu negócio e que faça sua empresa chegar a outro nível.

Vamos lá?

Entenda seu negócio

Parece um pouco estranho, mas essa é uma das etapas mais importantes de um planejamento de marketing. Entender o que sua empresa quer oferecer como produto ou serviço é essencial para saber como criar um plano de marketing que se alinhe a sua empresa.

Para sermos mais práticos, vamos dar um exemplo real. Você já deve ter ouvido falar da C&A? E da Zara? As duas são grandes marcas de lojas de departamentos que estão localizadas por todo o mundo. A estrutura é bem similar entre elas, roupas penduradas em cabides que possibilitam um atendimento “self-service”: o cliente entra na loja, escolhe o que acha bacana, experimenta a roupa, vai direto ao caixa e paga suas compras. As duas vendem o mesmo produto, da mesma forma, a grande diferença é o posicionamento de cada marca, a Zara está mais direcionada a um público de classe mais alta, para isso, investe em mídias mais caras e insere suas lojas em shoppings em regiões nobre. Diferente da C&A, que tem um posicionamento mais popular.

Pense nisso, porque e para quem o seu negócio existe?

Defina seu público alvo

Entender o seu negócio irá ajudar muito nessa segunda etapa da criação de um plano de marketing. Como você já saberá o DNA do seu negócio, terá uma boa pista de que público deseja atingir.

Mas para ter certeza, o ideal é destrinchar o seu público e definir claramente sua buyer persona. Pode-se começar com uma breve pesquisa com conhecidos e potenciais clientes, em seguida, iniciar um processo de pesquisa de mercado e marketing para ter mais detalhes sobre comportamento, gênero, idade, classe e outras informações que irão auxiliar na hora de delinear as ações do plano de marketing.

Conseguiu definir sua persona? Vamos seguir para descobrir tudo sobre como criar um plano de marketing de sucesso.

Delimite seus objetivos

Você já sabe a fundo o DNA do seu negócio e já definiu o público alvo que deseja atingir, certo? O próximo passo é definir onde seu negócio quer chegar (e em quanto tempo).

Um objetivo precisa ter número e prazo, assim, será possível determinar se seu plano de marketing teve sucesso ou não. Um dono de um novo café no bairro pode ter como objetivo atender 150 clientes em média por dia no prazo de um ano de funcionamento, por exemplo. Já uma consultoria pode ter como objetivo ter 50 clientes recorrentes em seis meses.

Faça um planejamento realista. Uma boa estratégia para ter o pé no chão é fazer benchmarking com outras empresas do mercado e entender quanto tempo elas demoraram para atingir os objetivos que você tem em mente.

Desenhe os planos de ações e metas

O próximo passo é fazer uma divisão dos objetivos em planos de ações e metas. Agora é a hora de pensar em como criar o plano de marketing em degraus, ou seja, qual é cada passos que sua empresa precisa seguir para alcançar o objetivo final do planejamento de marketing.

Continuando com o exemplo do dono do novo café, dificilmente será possível atender 150 clientes por dia na semana seguinte da abertura da loja. Para manter uma recorrência é preciso criar uma clientela fiel e que volte a consumir no café.

O importante aqui é definir quais são as ações que serão feitas e quais resultados são esperados dessas ações para atingir as metas. Uma festa de inauguração com quitutes liberados para os moradores da redondeza? Um cartão fidelidade com promoções e descontos para clientes fiéis? Dias da semana com promoções especiais?

Cada ação deve ser essencial para alcançar o objetivo maior, que nesse caso seriam os 150 clientes diários.

O marketing é muito amplo, mas separamos algumas ações online e offline para te ajudar na definição da estratégia de marketing do seu negócio:

Online

  • Investir na produção de conteúdo para obter mais tráfego orgânico em seu site ou blog
  • Criar campanhas de mídia paga, como anúncios da empresa no Google AdWords, Facebook Ads, Instagram, Linkedin, Twitter e etc.
  • Criar uma estratégia de automação de marketing: um fluxo de nutrição dos e-mail captados a fim de guiar o lead na jornada de compra até o momento da venda.
  • Construir uma lista de contatos para fazer campanhas de e-mail marketing
  • Estar presente nas principais redes sociais com conteúdo relevante e que crie engajamento

Offline

  • Criar materiais gráficos como flyers ou folders para enviar como mala direta ou panfletar em locais que seu público alvo esteja presente
  • Anunciar em jornais, revistas, rádio ou TV a fim de alcançar um número maior de pessoas
  • Fechar parcerias com representantes que possam indicar ou vender seu serviço ou produto
  • Organizar eventos e convidar profissionais especializados a fim de se manter como autoridade frente ao seu público alvo

Crie um cronograma de atividades

Com as ações definidas pelo menos para os primeiros meses de funcionamento do negócio, está na hora de criar um cronograma. Um calendário de ações é essencial para a boa criação de um plano de marketing, e principalmente, e execução do mesmo.

Descreva os planos de ações e prazos em algum documento que fique visível a todos os responsáveis. Pode ser por exemplo em uma ferramenta de organização de tarefas como o Trello. Deixar tudo à vista e de fácil acesso auxilia na implementação dos planos de ação.

Tente seguir a risca cada plano de ação e seu deadline, lembre-se que um plano de marketing é composto de vários degraus e subir um novo degrau a cada mês é essencial para alcançar o objetivo maior.

Revise e comece de novo

Muitas empresas pulam uma etapa super importante no momento de iniciar um novo ciclo de estratégias: revisar o que foi feito. Esse momento é crucial para o negócio entender o que funcionou ou não. Aquele canal de aquisição que a empresa apostou tanto retornou como o esperado? O investimento em mídia paga trouxe novos clientes? O tráfego orgânico cresceu como o esperado?

A partir da análise, inicie um novo processo de estudo e plano de marketing. Essas respostas vão te ajudar a entender se é necessário incluir novos especialistas no time, se está na hora de mudar algum prestador de serviço ou se vale a pena investir mais na estratégia que melhor funcionou nesse primeiro ciclo.

O marketing bem feito é assim: um processo contínuo de planejamento, execução, análise dos resultados e implementação das melhorias.

E aí, ficou mais claro como criar um plano de marketing que irá gerar resultados palpáveis para seu negócio? Conte com o auxílio de nossa plataforma de automação de marketing para estruturar seu planejamento com uma ferramenta robusta e prática.