Como fazer marketing viral: 5 elementos que não podem faltar em sua estratégia

Criar uma campanha viral é o sonho de muitos publicitários e marketeiros, mas a dúvida é: como? Nossa resposta para como fazer marketing viral se resume a 5 etapas:

  1. Precisa ser gratuito
  2. Apela para as emoções
  3. Tem respaldo de dados e informações de fontes confiáveis
  4. Oferece uma promessa para o usuário 
  5. Fornece conteúdo relevante e de qualidade

O que é marketing viral? Um conteúdo é considerado viral quando ele é amplamente compartilhado. 

Você se lembra da campanha da operadora de telefonia Tim com a música Eduardo e Mônica em uma versão moderninha? Ou a campanha da Nissan com os pôneis malditos? Elas são alguns exemplos de marketing viral e apresentam alguns dos principais elementos dessa estratégia. 

Campanhas assim, que marcam e ficam na cabeça do público geram engajamento, alcance, visibilidade e, claro, identificação!

Gênial! Essa é a palavra que muitas pessoas usam quando se deparam com um viral que deu certo. 

Mas, afinal, como alcançar esse sucesso? 

Como fazer uma ação de marketing viralizar? 

A seguir, explicamos os cinco passos que listamos acima, sobre como fazer marketing viral. Acompanhe e use esse passo a passo como um checklist para sua próxima ação. 

Como fazer marketing viral

Primeiro é importante que você saiba que nem só de vídeo vive o marketing viral. 

É claro que o alcance e a penetração do vídeo nas redes sociais faz com que esse formato seja mais facilmente viralizado. Entretanto, você também pode usar outros formatos de conteúdo para alcançar visualização, entre eles: 

  • posts de blog;
  • podcasts;
  • quizzes;
  • infográficos;
  • games e mais. 

O importante é levar a mensagem até muitas pessoas, gerando visibilidade e alcance.

É aí que entram o elementos que destacamos abaixo sobre como fazer marketing viral. 

1. Precisa ser gratuito

Infelizmente, se você cobra por um conteúdo suas chances dele se tornar viral despencam.

A mensagem deve ser facilmente compartilhada. Mesmo conteúdos que demandam o apenas o preenchimento de um formulário para serem acessadas, perdem o poder de viralização. 

Na verdade é ideal é que o conteúdo esteja a um clique de ser assistido, ouvido ou lido.

Parece óbvio, mas é importante reforçar que um conteúdo publicado nas redes sociais facilita o compartilhamento, que fica – literalmente – a um clique de distância. 

2. Apela para as emoções

Esse talvez seja o elemento mais importante de todo esse guia. 

Grande parte do comportamento humano é regido por suas emoções e isso não é diferente quando se trata de compartilhar um conteudos na internet. 

Exatamente por isso as mensagens mais compartilhadas possuem elementos que as fazem: 

  • engraçadas;
  • inacreditáveis;
  • dramáticas;
  • embaraçosas;
  • fofas;
  • divertidas;
  • provocativas etc.

Uma das formas mais simples que alcançar isso é transformar seu conteúdo na história de alguém. 

Nós, seres humanos, gostamos de ouvir histórias. É por meio delas que criamos uma opinião e nos identificamos (ou não). 

Nós rimos, choramos, nos espantamos com aquilo que é, de alguma forma, parte do acreditamos. 

É essa identificação a responsável pela geração da emoção e dos sentimentos positivos ou negativos. 

Qual é a emoção que a sua campanha de marketing está gerando na sua persona? Ou, o que desperta a emoção da sua persona

Quais problemas ela tem? 

Qual é o estilo de vida que ela segue? 

Com o que se preocupa? 

Pense nisso ao fazer marketing viral. 

Já que estamos falando de emoções, resolvemos compartilhar o vídeo abaixo feito em uma campanha viral da Heineken. Perceba a quantidade de emoções que ela desperta, e me diga se não dá vontade de compartilhar esse vídeo com seus amigos agora?

3. Tem respaldo de dados e informações de fontes confiáveis

Sim, o ser humano é muito influenciado por suas emoções, mas também precisa de respaldo de dados, números e pesquisas para agir

É claro que nem todas as campanhas virais vão precisar apresentar dados explicitamente, mas outras podem se tornar ainda mais fortes quando combinadas com informações e argumentos racionais. 

Veja a campanha do Itaú para estimular a adesão da fatura eletrônica. Ao mesmo tempo que é uma campanha que desperta nossas emoções ela também apresenta motivos racionais para que o cliente haja de acordo com o esperado. 

Por isso, se você quer aprender como fazer marketing viral que gere mais do que compartilhamentos é muito importante que você insira esse aspecto em seu checklist. 

Mesmo campanhas que não esperam a ação de um usuário (a não ser o compartilhamento, claro) podem se beneficiar com dados e números. 

4. Oferece uma promessa para o usuário 

O marketing viral também oferece uma promessa para o usuário. Essa promessa pode ser uma mudança efetiva que aquela mensagem vai fazer na vida dele, como “como fazer sobrar 2 horas no seu dia”, ou uma promessa subliminar, como “nós entendemos sua visão de mundo e vamos buscá-la com você”. 

 O vídeo da campanha da Always, logo abaixo, é um excelente exemplo de como “fazer uma promessa” pode ser usada em uma campanha que ao mesmo tempo gera emoção (item 2 deste artigo) e apresenta dados racionais sobre o tema abordado (item 3). 

Genial!

5. Fornece conteúdo relevante e de qualidade

Produzir conteúdo relevante e de qualidade deve ser uma preocupação no marketing como um todo. 

O mundo de hoje não se interessa por conteúdos vazios e sem significado. 

Nem tudo precisa ser viral, mas quase tudo no marketing digital tem esse potencial, afinal, o conteúdo é o centro de grande parte das estratégias e se ele é relevante, tem o potencial de ser compartilhado e alcançar mais pessoas. 

Lembre-se um conteúdo relevante é um conteúdo útil que contribui para a evolução do leitor, seja a evolução pessoal como evolução profissional. 

A descoberta de uma forma mais simples de fazer algo que demandava muito tempo dentro da empresa, gera emoções e sentimentos de prazer, descoberta e empolgação. Logo, para fazer marketing viral, mais do que divertida, sua mensagem deve ser provocativa e relevante. 

Inclua o marketing viral em suas estratégias (sem medo)

O marketing viral é uma parte da sua estratégia de marketing e tem como grandes objetivos: alcance, visualização, branding e engajamento. 

Contar com o apoio da tecnologia pode te ajudar a compartilhar sua mensagem com o maior número de pessoas possível e identificar conteúdos que possam ser temas interessantes para suas ações de marketing viral. 

Softwares de automação de marketing podem te ajudar com:

  • painel de palavras-chave para identificar temas e assuntos em alta que podem ser trabalhados por seu negócio em campanhas virais; 
  • gerenciamento de redes sociais, acompanhando o buzz gerado pelas ações, comentários e compartilhamentos;
  • distribuir conteúdos entre leads por meio de e-mail marketing e SMS, e mais. 

Se você precisar de ajuda para iniciar sua estratégia ou implementar campanhas eficazes, os especialistas em automação de marketing digital da LAHAR estão aqui para ajudar.Com um sistema completo ajudamos sua empresa crescer mais. Crie sua conta e experimente grátis por 15 dias.