6 dicas de marketing digital: o melhor de cada estratégia

Você quer criar um posicionamento online para seu negócio, mas para isso precisa de algumas dicas de marketing digital? Então, veio ao local certo!

Já ouviu falar em, pesquisa de palavras-chave, análise de concorrentes, perfis nas mídias sociais, personas, mapeamento de jornadas de compra, SEO e CPC, mas não sabe exatamente o que tudo isso significa ou por onde começar?

Antes de mais nada, respira fundo!

Você não precisa aprender tudo isso do dia para a noite e nem deve iniciar uma estratégia aplicando todas essas táticas.

Gostou da notícia?

Pois é, a primeira das dicas de marketing digital deste artigo é: menos é mais.

Ou seja, nada de sair atirando para todo lado e tentar a sorte de atingir um ou outro cliente.

A ideia é que, principalmente no início, você se concentre em apenas algumas ações, de maneira consistente e focada.

A seguir, apresentamos algumas das dicas de marketing digital, mais populares. Elas são populares porque funcionam. Mas só se você souber por que, como e quando usá-las.

Como aproveitar o melhor de cada estratégia: 6 dicas de marketing digital

1. Encontre seu lugar nas mídias sociais

A maioria dos empreendedores sabe que precisam investir no marketing para redes sociais.

Você ainda tem dúvidas? No Brasil a média de tempo que os usuários gastam nas redes sociais é de 3 horas diárias.

Como proprietário de uma pequena empresa, ou profissional de marketing, seu objetivo deve ser encontrar seu lugar nas mídias sociais.

Isso significa que, no começo você deve se concentrar apenas em uma ou duas plataformas de mídia social. Priorize as que você já conhece, como o Facebook e o Instagram.

Após algum tempo dedicado a elas, observe métricas como:

Por exemplo, se ao analisar as métricas do Instagram, você observar que a rede não está lhe dando nenhum engajamento, você pode, preferir dedicar o seu tempo a outra plataforma que apresenta melhor retorno sobre investimento.

O objetivo aqui é encontrar as plataformas de mídia social que oferecem o nível mais alto de interações (curtidas, compartilhamentos e comentários).

Não se preocupe em perder seu tempo em uma plataforma se o público simplesmente não estiver lá.

Descubra onde está a maior parte de suas personas e crie estratégias consistentes para essas mídias sociais.

A seguir, um infográfico que reúne e resume as principais características e números das mídias sociais mais usadas.

Dicas de Marketing Digital

2. Influenciadores Digitais

O marketing de influência é relativamente novo entre as dicas de marketing digital.

As estratégias com influenciadores digitais tem o objetivo de utilizar a reputação de um outro perfil social, que não seja o da sua marca, para apresentar sua empresa, produto ou serviço.

Em geral, os influenciadores digitais possuem um número elevado de seguidores (principalmente no Instagram e Youtube) e um forte engajamento digital.

Eles utilizam a sua própria imagem para divulgar produtos e serviços de marcas que, preferencialmente, conversem com o segmento de público que ele atende.

Para entender melhor como segmentar seu público; sugerimos o artigo;Segmentação de clientes: tipos e benefícios para sua empresa”.

Simplificando, em uma estratégia com influenciadores digitais, você contrata um influencer, para falar de sua marca, produto ou serviço.

Uma pesquisa feita pelo Collective Bias mostrou que 30% dos consumidores são mais propensos a comprar um produto recomendado por um influenciador.

Portanto, você deve sempre manter-se atento a potenciais influenciadores de seu nicho. Você vai querer se envolver com eles para que possa ampliar a visibilidade da sua marca.

Os principais objetivos do uso dos influenciadores digitais são:

  • promoção da marca;
  • construção de credibilidade, apoiando-se na autoridade e relevância construída pelo influencer;
  • alcance de um novo nicho de mercado ou fatia do público que você ainda não atende, mas almeja.

3. Não subestime ter uma lista de e-mails

Pode anotar essa dica de marketing digital e passar um marcador de texto amarelo!

Uma lista de e-mail é provavelmente um dos recursos mais valiosos que você pode ter.

A empresa de software de CRM Hatchbuck descobriu que os clientes que compram produtos por email gastam 138% mais do que aqueles que tomaram a decisão de compra por outro caminho.

De acordo com o QuickSprout, os assinantes de email têm 3 vezes mais chances de compartilhar conteúdo nas mídias sociais.

Mas acredite ou não, muitos de seus concorrentes nem pensam em ter uma lista de e-mails.

Em vez disso, eles cometem o erro de pensar que podem crescer apenas com a construção de uma mídia social consistente.

Claro que ter um forte posicionamento de mídia social é muito importante. Mas, quando se trata de transformar prospects frios em clientes pagantes, o e-mail marketing é uma das melhores maneiras de fazer isso.

Aproveite a sua lista de e-mails para vender mais. Como? Continue a leitura no artigo; “Como gerar leads e vender mais com Inbound email marketing”.

4. A regra 80-20 para marketing de conteúdo

A regra 80-20 significa que 80% do seu sucesso virá de 20% de seus esforços. Esta regra se aplica a praticamente tudo, incluindo o seu conteúdo. Ele pode ser criado em vários meios diferentes:

  • vídeos;
  • webinars;
  • postagens de blogs;
  • infográficos etc.

Então, como a regra 80-20 se aplica?

  • 80% do seu conteúdo deve comunicar valor;
  • 20% dele deve ser comercial.

A produção de conteúdo relevante e/ou valioso significa conteúdo único, novo, oportuno, e que resolve problemas reais do seu público-alvo.

Seu sucesso virá de 20% de seus esforços, mas outros 80% são necessários para guiar o seu público até os sonhados 20%.

Muitos pequenos empresários se concentram no contrário: 80% do conteúdo de seu blog é excessivamente comercial e apenas 20% dele contém informações úteis ou valiosas.

Se você não estiver convencido sobre o valor de uma estratégia de marketing de conteúdo, reserve um momento para refletir sobre o fato de que, empresas com blogs recebem 67% mais leads do que empresas sem blogs.

Leia também: 15 exemplos de produção de conteúdo para sites e blogs

5. Não deixe para trás o SEO

Você quer que as páginas de seu site ou blog apareçam na primeira página do Google, correto?

Então você precisa investir em SEO.

Cada pequeno empresário que busca por dicas de marketing digital já ouviu falar sobre SEO.

Mas ainda assim, muitos não utilizam a estratégia ou, porque acham complicado ou, porque entendem que ela consome muito tempo.

Embora essas duas coisas possam ser verdade, o SEO ainda é a melhor maneira de conseguir tráfego para o seu site organicamente.

Em vez de se concentrar em uma estratégia de SEO a longo prazo, muitas pequenas empresas explodem seu orçamento de marketing digital em anúncios em redes sociais ou mesmo no Google.

Aprender e implementar SEO dará ao seu site, melhor visibilidade nos mecanismos de busca e, de quebra, vai economizar seu dinheiro a longo prazo.

É interessante que você contrate um especialista em SEO. Ele ajudará você a realizar uma auditoria, que inclui a análise de como os usuários estão interagindo com seu site e suas plataformas de mídia social.

Se você busca por tráfego imediato sugerimos que utilize a publicidade paga, mas que também invista em estratégias de SEO, que irão consolidar sua marca.

6. Quando usar publicidade paga

Conforme mencionamos no tópico anterior, muitos pequenos empresários gastam muito do seu capital de giro na publicidade digital paga, seja no Google Adwords ou nas redes sociais.

A estratégia não está errada: a ideia é gastar dinheiro com publicidade paga no começo para obter tráfego.

Mas, na ausência de um funil de vendas e de uma estratégia de SEO de longo prazo, as empresas começam a confiar nos links patrocinados para impulsionar a maior parte de suas conversões. Este não é um método de marketing digital sustentável.

Quando a empresa começa a sustentar todas as ações em compra de mídia e acredita que está tendo resultados, é porque está confundindo “mais tráfego” com “mais vendas”.

Apenas com a compra de mídia CPC (custo por clique) você consegue mais tráfego, porém, de prospects frios, sem a intenção real de comprar.

O problema é que na publicidade CPC, onde você paga por cada clique, isso pode ficar caro se você não estiver fazendo conversões com seus cliques.

Um erro amador é esperar transformar prospectos frios em compradores imediatos.

Mais tráfego é ótimo, mas sem um funil de marketing, você não obterá o melhor retorno sobre investimento.

Conclusão

Uma boa estratégia de marketing digital pode atuar como um catalisador para o alcance, o impacto e o crescimento dos negócios. Ela conecta o público-alvo com a marca em tempo real, portanto, mais rápido do que as estratégias de marketing convencionais.

Como resultado, as taxas de conversão também são impactadas positivamente.

Ser consistente e regular em sua estratégia de marketing digital ajudará você a aumentar a visibilidade da sua empresa com mais eficiência.

Além disso, o envolvimento de uma equipe de profissionais eficaz e orientada a resultados, ajudará você a atrair tráfego para a presença digital de sua marca.

Uma boa estratégia de marketing digital atrairá o tipo certo de consumidores para o seu negócio e garantirá sua sobrevivência em um mercado extremamente dinâmico.

Gostou das nossas 6 dicas de marketing digital? Então agora é colocar tudo em prática e aproveitar todas as vantagens do marketing digital.

A LAHAR oferece soluções completas de Inbound Marketing para você gerar leads e convertê-los em clientes. Você encontra tudo o que precisa para sua estratégia de marketing digital em uma única ferramenta. Mídias sociais, landing pages, automação de marketing e muito mais.

Entre em contato com a nossa equipe e saiba como podemos ajudar sua empresa a encontrar clientes!