Email marketing Brasil: 5 boas práticas e porque investir

Com um número de 95% dos brasileiros conferindo a caixa de entrada todos os dias, é de se esperar que as estratégias de e-mail marketing no Brasil estejam cada vez mais tomando conta do mercado.

Segundo pesquisa da E-mail Marketing Trends (2017), 57% das empresas investem em e-mail marketing no Brasil pela possibilidade de desenvolver e nutrir o relacionamento com os clientes.

A Campaign Monitor apontou que ações de e-mail marketing conseguem gerar um retorno sobre investimento, ROI, de até 3.800% (a cada  R$ 1 investido, é possível ter até R$ 38 de retorno!).

Se esses números não te impressionam e ainda não te convencem a iniciar uma estratégia de e-mail marketing no Brasil, outros pontos podem fazer você se interessar pela modalidade.

6 motivos para você investir em e-mail marketing no Brasil

O e-mail marketing, dentro da estratégia de Inbound Marketing, tem as seguintes funções:

  • Papel central no processo de avanço de um lead nas etapas do funil de vendas
  • Indispensável para a nutrição de leads.
  • Mantém seus contatos bem informados com as publicações do seu blog e as novidades de sua empresa
  • Prepara os leads para fazerem uma compra
  • É central na automação de marketing
  • É uma porta de entrada para conversar de forma direta com pessoas que estão dispostas a conhecer mais sobre o seu negócio e, possivelmente, se tornarem clientes.

Dentro de uma estratégia de marketing digital você utiliza táticas de atração, como produção de conteúdo, mídia paga, presença nas redes sociais e SEO, para levar o usuário até seu site ou blog.

Quando um usuário chega até seu site você precisa capturar alguma informação dele para manter-se em contato. Se um usuário entrou no seu site, mas não realizou nenhuma outra ação lá dentro, fechando sua aba sem deixar ao menos um e-mail, todo seu esforço de atração terá sido em vão.

Se você ainda acredita que logo depois do primeiro contato seu trabalho está finalizado, está tendo uma visão míope da jornada do cliente e da estratégia que irá aumentar suas vendas.

Dentro da lógica do funil de compra, se seu objetivo é transformar um usuário em cliente, antes ele precisa se tornar um lead.

Assim como em qualquer relacionamento, não é no primeiro contato que você firmará um compromisso. Antes é preciso estabelecer laços de confiança e admiração.

É nessa construção, realizada por meio da nutrição dos leads, que você conseguirá converter um lead em cliente.

Dessa forma, você precisa ter em seu planejamento estratégico de marketing digital:

  • ações de atração (por exemplo: redes sociais, blog, SEO, compra de mídia, etc)
  • táticas de conversão (por exemplo: landing pages, formulários, CTAs)
  • campanhas de nutrição (por exemplo: e-mail marketing)

Um planejamento de campanha que deixe de contemplar um dos 3 pontos acima estará incompleto e possivelmente trará resultados pouco satisfatórios.

5 práticas [INDISPENSÁVEIS] para uma estratégia de e-mail marketing

Ok. Esperamos ter te convencido de que o e-mail marketing é importante para sua estratégia de marketing na web.

Mas e agora? Como desenvolver campanhas que realmente interessem ao seu lead a ponto dele permanecer em sua lista, abrir seus e-mails, ler seu conteúdo e se tornar um cliente?

Depois de captar o endereço de e-mail o trabalho não terminou, ao contrário, ele está começando.

E-mails frios, sem personalização, sem contexto e sem planejamento, estão fadados a não retornarem em nada! Por isso, separamos 7 boas práticas de e-mail marketing para você seguir e alcançar o resultado esperado com seu esforço em nutrir leads.

#1 Atenção ao contexto dos e-mails criados

O primeiro, e possivelmente mais importante passo para uma estratégia de e-mail marketing bem construída, é a identificação de um contexto para o envio.

Esse contexto está relacionado a personalização da mensagem enviada.

É preciso entender suas personas e personalizar o material enviado de acordo com cada grupo, suas necessidades, interesses, motivações e necessidades,apresentando como você ou seu produto podem ser útil, mas sem forçar a barra para vender.

Desenvolva um material interessante, contextualize com a realidade de cada grupo de clientes e destaque-se entre a tantos e-mails frios e sem personalidade.

Atenção: conteúdo personalizado não é inserir o nome do destinatário no corpo do e-mail. O objetivo aqui é que o conteúdo se adeque à realidade do leitor.

#2 Não esqueça do mobile

53% dos e-mails já são lidos em aparelhos móveis e se você não construir e-mails pensando na usabilidade desses dispositivos estará perdendo uma grande chance de seu e-mail ser aberto ou lido por um lead.

Se o cliente se interessar pelo assunto de seu e-mail e abri-lo, mas tiver uma experiência de leitura ruim em seu aparelho móvel, existe uma grande chance dele não ler o material até o final e nunca mais voltar a ter contato com ele.

#3 Crie uma periodicidade de envio

Criar um calendário, independente de qual ação de marketing você for desenvolver, é sempre uma boa prática.

Não adianta enviar um e-mail hoje e daqui há 3 meses entrar em contato novamente. Contato, proximidade e presença são fundamentais dentro do funil de vendas.

Se o seu cliente está interessado em seu produto ou serviço, ele provavelmente não entrou apenas em seu site, mas navegou também por seus concorrentes. Se você some da caixa de entrada dele, é possível que ele acabe se relacionando com outra empresa que deu mais atenção e se fez mais presente.

#4 Segmente sua lista de e-mails

Você já cansou de ler, neste e em outros conteúdos, que segmentar a sua lista de contatos é fundamental para alcançar de forma certeira seu cliente.

Se você ainda não sabe quem são suas personas ou se ainda não utilizou esse conhecimento em suas estratégias, está mais do que na hora de começar a colocar em prática tanto ensinamento.

Segmente sua lista de e-mails, implemente ações personalizadas e aguarde, porque certamente as suas métricas serão melhores e as suas conversões aumentarão.

Dentro dessa dica, uma sugestão é a implementação de testes A/B para que você entenda perfeitamente o que funciona melhor para suas personas.

#5 Planeje sua comunicação e mensure seus resultados

Planeje a sua campanha de acordo com os objetivos esperados, identificando oportunidades de venda e relacionamento.

Nunca deixe de mensurar resultados. O marketing digital permite um acesso a incontáveis dados sobre acesso e conversão.

Defina os objetivos e os KPIs que orientarão todo o trabalho e use essas informações para otimizar as campanhas de e-mail marketing.

Então é hora de iniciar ou otimizar sua campanha de e-mail marketing no Brasil. Por onde começar?

A LAHAR é uma plataforma que oferece um software de automação de marketing completo com serviços de automação de marketing, landing pages, e-mail marketing e outras funcionalidades indispensáveis na sua estratégia de nutrição de leads, inbound marketing e vendas em um sistema completo para fazer sua empresa crescer mais. Crie sua conta e experimente grátis por 15 dias.