24 estratégias de marketing digital para aplicar em sua empresa

Provavelmente, você já está familiarizado com o marketing tradicional, que promove marcas, produtos e serviços por meio de canais como televisão, rádio, outdoors, revistas e jornais. Mas, e as estratégias de marketing digital? Como anda seu conhecimento em relação a elas? 

O marketing digital usa as plataformas e recursos online para alcançar novos clientes, apresentar a empresa, seus produtos e serviços, ampliar o alcance de atuação e estreitar o relacionamento entre a empresa e seus clientes.

Além disso, 97% dos internautas fazem pesquisas online antes de fazer uma compra, seja uma compra em ambiente físico ou online.

Logo, ter uma presença de marca nos ambientes digitais vai fazer com que sua empresa se torne uma opção para os usuários conectados. 

Como criar uma estratégia de marketing digital em 2021?

A sua estratégia de marketing digital pode incluir o uso de ferramentas como sites, blogs e marketing para redes sociais.

Com a popularização da internet e os avanços tecnológicos, o termo marketing digital se difundiu e as pessoas começaram a perceber que a gestão estratégica de marketing digital traz resultados interessantes para os negócios.

Depois de muita aplicação e comprovação de resultados, hoje, sabe-se que é imprescindível entender como criar uma estratégia de marketing digital para uma empresa, seja ela online ou física.

Mas, e aí, como colocar em prática e criar um planejamento de marketing digital? A seguir, listamos um passo a passo de como montar uma estratégia de marketing digital:

E-book Automação de Marketing

Conheça o passo a passo para usar Automação durante toda jornada de compra do seu cliente e vender mais


Clique no botão abaixo e garanta seu e-book!

  • entenda quem é a persona do negócio (um tipo de público alvo mais avançado),
  • avalie quais são as etapas da jornada de compra do cliente e o que eles busca em cada fase,
  • aplique o conceito de funil de vendas para criar estratégias de marketing digital que ajudem a levar seus potenciais clientes até a conversão, 
  • entenda quais são os diferenciais do seu produto ou serviço e destaque isso em todos os canais (considere sempre quais as dores, necessidades e desejos a sua oferta pode solucionar), 
  • defina os canais de comunicação, 
  • estabeleça metas e objetivos para cada campanha, 
  • monte um cronograma de marketing,
  • acompanhe as métricas de marketing digital, monitore os resultados e otimize as estratégias. 

Dentro das estratégias de marketing digital existem várias técnicas para ajudar empreendedores e empresas. Para saber mais sobre cada uma delas, continue a ler este post. Vamos mostrar quais são os principais exemplos de estratégias de marketing digital que você pode usar e como aplicá-las no seu negócio.

Principais estratégias de marketing digital: 24 ações para o seu plano

A seguir, vamos apresentar as 24 principais estratégias de marketing digital importantes para as empresas.

O uso desses recursos facilita a visibilidade da sua marca e a captação de clientes, por isso é fundamental conhecê-los.

Entretanto, nem sempre é necessário usar todos eles. A escolha depende dos objetivos do seu negócio, do perfil do seu público e da quantidade de tempo e equipe que você dispõe. 

Então, vamos direto ao ponto! Conheça as 24 principais estratégias de marketing digital:

  1. Marketing de conteúdo
  2. Envio de e-mail marketing
  3. Redes sociais
  4. Landing page
  5. Inbound marketing
  6. Vídeos no YouTube
  7. SEO
  8. Google Ads
  9. Instagram Ads
  10. Linkeding Sales Navigator
  11. Guest Post
  12. Tenha um site
  13. Influenciadores Digitais
  14. Remarketing
  15. Webinars
  16. Pop-ups para captação de leads
  17. SMS
  18. Chatbots
  19. SEO Local
  20. Segmentação e qualificação de leads
  21. Marketing de afiliados
  22. Link Building 
  23. Google Shopping
  24. Automação de marketing

Entenda cada uma dessas estratégias de marketing digital, a seguir. 

1. Marketing de conteúdo

Todos os negócios que querem ter representatividade na internet precisam atrair tráfego para as suas páginas, e essa é uma das maiores dificuldades dos empreendedores. Afinal, a concorrência é grande, então, o esforço para conseguir uma quantidade significativa de visitas também precisa ser.

Uma das estratégias para ter visibilidade é o tráfego pago, quando a empresa investe em anúncios para serem veiculados em páginas com muitas visitações. No entanto, isso exige um investimento financeiro constante, para o qual nem todos os empreendedores têm condições.

A outra maneira é apostar em estratégias de marketing digital para atrair tráfego orgânico, que é o mais desejado pelas empresas. 

Esse tipo de tráfego se refere às visitas que uma página recebe sem investir em publicidade, ou seja, pessoas que chegam ativamente até sua página após localizá-la como resultado nos mecanismos de busca, por exemplo.

Para facilitar a chegada desse tráfego orgânico, existe uma estratégia chamada Marketing de Conteúdo, que tem sido cada vez mais valorizada no ambiente digital.

A ideia é produzir um conteúdo relevante para seu público, para que as pessoas reconheçam a sua autoridade em seu nicho e comecem a criar uma relação com a sua marca.

Dentro do Marketing de Conteúdo existem alguns formatos que podem ser usados para produzir e divulgar materiais:

  • Criar um blog para escrever sobre assuntos que interessam a sua audiência;
  • Fazer vídeos e disponibilizá-los em um canal do YouTube para abordar temas relevantes, aproveitando a facilidade de consumo desse formato de conteúdo;
  • Manter perfis nas redes sociais para interagir com sua audiência e compartilhar conteúdos atrativos.

2. Envio de e-mail marketing

Newsletter é um boletim informativo encaminhado por e-mail para os clientes para divulgar novidades da marca, notícias e conteúdos interessantes.

Essa ferramenta é uma excelente maneira de se relacionar com seus clientes e guiá-los pela jornada de compra. 

No entanto, para usá-la na sua estratégia de marketing digital é preciso ficar atento a alguns detalhes.

Se você ainda não sabe como fazer uma campanha de e-mail marketing, nós sugerimos que acesse dois materiais gratuitos: 

Periodicidade de envio

Você precisa definir a periodicidade de envio das newsletters para conseguir programar um conteúdo completo e com qualidade.

Manter um padrão no envio ajuda também a criar uma expectativa no usuário que, com o tempo, vai se acostumar a se comunicar com a sua marca em determinado dia da semana e horário.

Mas tome cuidado para não sobrecarregar os clientes com e-mails em excesso, pois isso pode ter o efeito contrário e afastá-los da sua empresa.

Qualidade do conteúdo

Para encaminhar newsletter para um determinado usuário, você precisa ter acesso ao e-mail dele, certo?

Isso só acontece se ele sentir afinidade com a sua marca e te der permissão para iniciar uma conversa.

Quando isso acontece, você precisa ter muito cuidado para continuar entregando conteúdos úteis, que apresentem soluções, respostas e informações relevantes.

Não adianta o usuário ter se encantado com a sua empresa à primeira vista se você começar a encher a caixa de mensagens dele com materiais ruins, desinteressantes e invasivos.

Invista também em um layout de e-mail marketing simples, personalizado e atraente, para que o usuário associe o que está vendo à sua empresa e aos valores da sua marca.

3. Redes sociais

Uma das principais estratégias de marketing digital utilizadas no mundo empresarial, as redes sociais são itens obrigatórios em um plano de ação como este. 

A importância das redes sociais em estratégias de marketing digital é tamanho que é difícil encontrar uma pessoa que não use nenhuma rede social. 

É por isso que as empresas têm investido cada vez mais nesses canais para atrair clientes e divulgar seus produtos e serviços.

O ambiente das redes sociais é dinâmico e permite uma comunicação mais próxima com sua audiência, o que é excelente para quem precisa ganhar visibilidade e reconhecimento no mercado.

Contudo, do mesmo jeito que a popularidade das redes sociais pode ser benéfica, ela também significa muita concorrência.

Para se destacar você precisa, mais uma vez, investir em conteúdo de qualidade, que realmente entregue algo valioso para o seu público.

Existem várias redes nas quais a sua empresa pode manter um perfil, criando, por exemplo,  estratégias de marketing digital para Instagram, Facebook, Twitter e YouTube. Porém, nem sempre é necessário estar presente em todas, isso depende dos hábitos dos usuários que você pretende alcançar.

Sendo assim, antes de criar um perfil em cada uma das mídias sociais que existem, pesquise quais os seus clientes em potencial mais usam e quais são os comportamentos deles em cada uma delas. Assim, você vai compreender exatamente o que precisa fazer para atingi-los positivamente.

Aprenda como criar a persona da sua empresa, no vídeo abaixo.

4. Landing page

As landing pages são páginas criadas para uma ação específica de marketing.

Pense naquelas páginas que abrem quando você clica em um link para baixar e-books, assinar newsletters, se cadastrar em algo ou assinar uma petição. 

Todas elas são landing pages, ferramentas para captação de leads que servem para atrair e gerar leads para um determinado negócio.

Como o objetivo dessa página é bem específico, ela precisa ser simples e objetiva. Ao acessá-la, o usuário tem que entender exatamente o que precisa fazer para concluir a ação e o que ele vai receber em troca. Para isso, basta um design para landing page simplificado, composto por:

  • título,
  • oferta, 
  • formulário,
  • call to action (CTA).

Confira, a seguir, um exemplo de landing page e entenda como essa página funcinona. 

Estratégias de marketing digital

Usar essa estratégia de marketing digital é uma maneira de conseguir o contato de clientes em potencial.

Ao ter acesso a seus dados, você consegue iniciar uma comunicação e nutrí-los até que eles se tornem, efetivamente, seus clientes.

5. Inbound marketing

O inbound marketing também é conhecido como marketing de atração, o que já explica bastante o seu funcionamento.

As ações tradicionais de marketing são os comerciais que assistimos na televisão e escutamos no rádio, os anúncios de jornal, distribuição de panfletos etc.

Nesses casos, a empresa vai até o público diretamente para divulgar e ofertar os seus produtos, o que é conhecido como outbound marketing.

Já o inbound é uma estratégia de marketing na qual o cliente é quem procura a empresa espontaneamente após se interessar por aquilo que ela compartilha.

Para aplicá-lo no seu negócio, você precisa definir a sua persona, ou seja, quem é o seu cliente ideal. 

Com o perfil pronto, você começa a produzir conteúdo direcionado para esse público, com materiais diferentes de acordo com cada etapa que o seu cliente percorre, desde o primeiro contato até a finalização da compra.

Você precisa se dedicar para criar algo realmente personalizado e que agregue valor para sua persona, pois somente assim vai conseguir atrair as pessoas até a sua empresa e mantê-las interessadas no que você oferece.

6. Vídeos no YouTube

Os conteúdos em vídeo são uma das maiores tendências da internet, por isso as empresas têm apostado cada vez mais nesse formato nas suas estratégias de marketing digital.

Isso acontece porque os vídeos são materiais dinâmicos, de fácil consumo e compartilhamento. 

Além disso, eles permitem o uso de recursos que deixam a comunicação mais interativa e ainda aproximam o interlocutor dos usuários.

A sua empresa pode se beneficiar bastante da criação de um canal no YouTube se você souber criar vídeos que engajam os usuários, solucionando suas dores e necessidades.

Outro ponto positivo é que, para começar a gravar, você não precisa de muitos instrumentos. Porém, saiba que é necessário ter:

  • um espaço com boa iluminação,
  • uma câmera de qualidade,
  • um bom microfone, e mais. 

Tudo isso porque a imagem e o áudio precisam ter clareza para transmitir um aspecto profissional.

7. SEO

Você tem o costume de passar para a segunda página de resultados ao fazer uma pesquisa no Google?

Se você respondeu que sim, saiba que é uma das poucas pessoas com esse hábito.

A maioria dos usuários da internet quer rapidez e praticidade ao buscar alguma informação nos mecanismos de busca, por isso costumam se interessar apenas pelos primeiros resultados que aparecem.

Sendo assim, o ideal é que as páginas do seu site e blog estejam no topo da primeira página para receber muitos acessos.

Conseguir esse ranqueamento não é simples, mas existem algumas regras que podem ser aplicadas nos conteúdos para melhorar a posição da sua página.

Essas práticas são o que chamamos de Search Engine Optimization, SEO, em português, otimização para mecanismos de busca. 

Páginas que oferecem um conteúdo dentro dos padrões de SEO são mais bem vistas pelo Google e, por isso, conseguem um posicionamento melhor.

Estar no topo vai ajudar a sua página a atrair mais tráfego orgânico, ou seja, ter mais visibilidade e um custo menor de aquisição de clientes. Para começar a colocar em prática essa estratégia de marketing digital, leia o artigo, “5 truques e dicas de SEO para ficar entre os primeiros do Google”. 

8. Google Ads

Entre as principais estratégias de atração está o uso de links patrocinados, também conhecidos como anúncios pagos. Sem dúvida a modalidade está entre as principais estratégias de marketing digital, sendo responsável por grande parte do tráfego de usuários dentro de um site. 

Ao criar um anúncio tenha em mente quem é seu cliente ideal, o que ele deseja e para onde atraí-lo. 

E-commerces podem levar o usuário direto para uma página de produto, enquanto empresas B2B podem usar os anúncios para oferecer um material rico, em troca de dados como nome e e-mail, contribuindo para a estratégia de captação e gestão de leads

O Google Ads, ou Adwords, é a principal plataformas de anúncios pagos do mundo, oferecendo diferentes opções para seus anunciada entre elas: 

  • anúncios da rede de pesquisa, 
  • anúncios display em canais parceiros. 

Leia mais em: Como criar campanhas de Google Adwords

9. Instagram Ads

Ainda falando sobre anúncios pagos dentro das ações de marketing digital, o Instagram Ads também é um dos canais que melhor retorno trazem para as marcas. 

Fazendo uma boa segmentação do perfil de usuários que devem ser impactados, sua empresa tem em mãos a oportunidade de melhorar os resultados de várias campanhas. Contribuindo, inclusive, os resultados das ações orgânicas da plataforma. 

Os anúncios podem aparecer no feed ou stories. Entenda melhor como criar seus anúncios no vídeo abaixo! 

10. Linkeding Sales Navigator

O LinkedIn Sales Navigator é a plataforma de geração de leads dentro do LinkedIn. Muito importante para empresas B2B pode ser uma oportunidade para bombar suas ações de captura e gestão de leads, encontrando usuários qualificados para marketing.

Também contribui para abastecer a equipe de pré-vendas e vendas com leads, e é uma oportunidade para dar um passo adiante nas ações de marketing digital, saindo do básico e avançando rumo a um planejamento mais robusto e eficiente. 

Continuando lendo sobre esse assunto no artigo, Como gerar leads pelo LinkedIn: Sales Navigator + 4 boas práticas”. 

11. Guest Post

Guest post é uma estratégia de criação de conteúdo para sites parceiros. Nesses conteúdos você distribui alguns links para suas páginas, logo, além de ganhar em relevância e autoridade, também pode levar um tráfego especializado e novo para suas páginas. O guest post também contribui para ações de SEO.

Atenção: não estamos falando de publi posts onde você paga para um canal publicar um texto seu. A parceria é gratuita e deve ser de valor para o canal que está publicando e para quem escreveu o material. 

12. Tenha um site

Ter um site profissional deve ser prioridade para empresas que desejam construir uma presença online de relevância.

Além de transmitir mais profissionalismo, o site será o endereço de muitas ações, como anúncios pagos e criação de blogs. 

As landing pages também podem ser construídas conectadas ao site principal da empresa. 

Um site compartilha a identidade da marca, sua personalidade, canais de comunicação, podem apresentar os produtos e serviços da empresa e mais. Em suma, ele reúne o maior número de informações possível sobre a empresa em questão. 

13. Influenciadores Digitais

Influenciadores digitais são as novas “celebridades” do século XXI e são ótimos canais entre sua empresa, seus produtos e serviços e seus clientes

Encontre influenciadores que dialoguem com seu público, estejam inseridos dentro do seu nicho de mercado e possuam relevância. 

Nem só de influenciadores com milhões de seguidores vive essa estratégia. Busque por influenciadores locais e aproveite os resultados de essa estratégia de marketing digital.

Conte com o aval deles para levar sua marca até seu público. 

14. Remarketing

Provavelmente você já teve a experiência de pesquisar por algum produto na internet e depois se sentir sendo seguido por esse item, que apareceu em outros sites que você entrava, no Google e mesmo nas suas redes sociais.

Apesar de ser especialmente relevante como estratégia de marketing digital no comércio eletrônico, você também pode fazer esse tipo de ação com seus clientes, mostrando seu produto, continuamente, para quem acessou seu site e/ou buscou pelo seu produto. 

A essa estratégia damos o nome de remarketing, que também é um tipo de anúncio pago que pode ser configurado no Google ou mesmo nas redes sociais.

Leia também: Como fazer remarketing no Google e Facebook Ads? [TUTORIAL]

15. Webinars

Webinars são eventos online e também podem ser usados como estratégia de marketing digital para captação de leads, nutrição, informação e outros tipos de estratégias. 

Os eventos são ao vivo, mas é possível gravar e disponibilizar o acesso, também posteriormente. 

Sem dúvida é fundamental que o conteúdo seja completo e muito relevante, e não promocional. Lembre-se sempre de priorizar a experiência do seu cliente e entregar o que prometeu. 

16. Pop-ups para captação de leads

Outra forma de captar leads para sua estratégia de Inbound Marketing é com o uso de pop-ups que aparecem no seu site quando o usuário está pesquisando por alguma coisa, ou quando está se dirigindo para fechar a aba. 

Lembre-se de oferecer uma razão para o leitor se cadastrar: descontos, materiais ricos, consultorias gratuitas, eventos são algumas opções. Confira o exemplo.

 Estratégias de marketing digital

17. SMS

SMS no marketing, assim como o e-mail marketing, é uma excelente plataforma para se comunicar com seus leads. 

Em estratégias de marketing digital no comércio eletrônico você pode usar o canal para informar sobre o envio da mercadoria, prazos de entrega, atualizações do status do pedido e mais. 

Use também para se relacionar com clientes, enviando lembretes de pagamento de boleto, parabenizando por datas comemorativas, compartilhando cupons de desconto e mais.  

18. Chatbots

O chatbot é um sistema usado a partir de uma plataforma de comunicação que pode permitir a comunicação entre um usuário, geralmente, um lead ou visitante do site, com a empresa, de maneira automatizada, sem a presença de um atendente humano. De maneira bem simples, é como se um robô conversasse com seus clientes e clientes em potencial, mas de maneira natural e por meio de aplicativos de mensagens – como o Facebook Messenger e WhatsApp – e chats em sites.

Além de ser muito importante para a estratégia de marketing das empresas, também pode ser usado para ações de marketing.

Para entender melhor como essa tecnologia funciona acesse o artigo, Exemplos de chatbot: 6 empresas que usam a tecnologia [melhores cases]”. 

19. SEO Local

Assim como o SEO “tradicional” o SEO local também tem como objetivo a melhoria do ranqueamento da sua empresa no Google, entretanto, no SEO local seu maior parceiro é o Google Meu Negócio

Estamos falando de uma plataforma gratuita do Google, na qual você cadastra os dados da sua empresa, principalmente, a localização, mas também nome, telefone, fotos, e mais. 

A partir disso, em buscas relativas ao seu negócio, dentro da sua região, sua empresa aparece em destaque no Google, como no exemplo abaixo. 

 Estratégias de marketing digital

Estamos falando de uma estratégia de marketing digital muito importante para empresas físicas, que pode dar um boom no alcance que a sua empresa tem, dentro do raio de atuação dela. 

20. Segmentação e qualificação de leads

A segmentação e qualificação de leads é fundamental para uma estratégia de marketing digital eficiente, principalmente quando falamos de canais de comunicação como e-mail e SMS. 

O e-mail marketing exige personalização na comunicação, que pode ser conseguida por meio de ferramentas especializadas. 

O que não dá mais para fazer é disparar um conteúdo em massa, para todos os leads da base, e achar que vai ter retorno, porque dificilmente isso vai acontecer. 

21. Marketing de afiliados

O marketing de afiliados é uma estratégia de venda, mas também de marketing. Com ela você coloca o nome do seu produto ou serviço na boca de outras pessoas. Em troca paga uma comissão quando o item é vendido. 

Essa é uma forma eficiente também de divulgar seu produto ou serviço, mesmo com pouco investimento, afinal, o pagamento aos anunciantes é feito por demanda, ou seja, apenas quando uma venda é feita.

O marketing de afiliados é uma estratégia de marketing digital com base em um tripé:

  • o empreendedor que tem um produto ou serviço;
  • o cliente que vai comprar o produto ou serviço;
  • o anunciante (afiliado) que vai divulgar em seus canais, como redes sociais e blog, o produto ou serviço, intermediando a relação entre o empreendedor com o cliente.

22.  Link Building 

Link building é uma estratégia dentro de outra estratégia, o SEO. 

Estamos falando da tática dedicada a fazer com que seus links ou um link de uma página específica sejam mencionados em outros sites.

Quando os links da sua empresa são mencionados em outros canais, o Google compreende que essas páginas mencionadas são relevantes e tem autoridade, contribuindo para o rankeamento delas em buscas similares. 

23. Google Shopping

Google Shopping é uma plataforma de vendas dentro do Google. Na prática é uma forma de anúncio que a plataforma oferece, e permite que você exponha seus produtos em pesquisas relacionadas, como no exemplo abaixo. 

Quando o usuário clica no anúncio ele é direcionado para sua página e pode concluir a compra dentro do seu e-commerce. Ponto para o canal como estratégia de marketing digital no comércio eletrônico. 

Leia também: Como anunciar no Google Shopping: da criação da conta à otimização do anúncio

 Estratégias de marketing digital

24. Automação de marketing

Por último, mas não menos importante (ao contrário): a automação de marketing digital!

A automação e marketing permite que a sua empresa coloque todas as demandas estratégias de marketing digital que citamos aqui (e que não citamos também) funcionando, de maneira mais eficiente e produtiva. 

A automação de marketing é realizada a partir da implementação de um software que permite automatizar a execução de tarefas como:

  • criação de landing page, 
  • geração e rastreamento de leads, 
  • segmentação da base de contatos, 
  • envio de e-mail marketing por meio de um fluxo de nutrição eficiente e personalizado, 
  • gestão das redes sociais, 
  • acesso a dados e métricas,
  • personalização do relacionamento da marca com potenciais clientes, e mais. 

Os resultados são muitos, entre eles o aumento de 53% da taxa de conversão com a adoção da automação de marketing.

Ficou interessado? Então conheça a A LAHAR eleita a melhor ferramenta de marketing digital pela ABComm – Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, contou com mais de 70 mil votos populares, no geral.

Para entender como nosso software de automação de marketing pode ajudar na sua estratégia de nutrição de leads, inbound marketing e vendas em um sistema completo para fazer sua empresa crescer mais, acesse a plataforma, crie sua conta e experimente grátis por 15 dias. 

Este post foi escrito pelo time da Hotmart e atualizado pela LAHAR em abril de 2021.

Facebook Comments

Deixe um comentário