[5 + 1] Etapas do Inbound Marketing: entenda quais são, como usar e exemplos

Funil de marketing, jornada do consumidor e marketing de conteúdo. Esses são alguns dos termos que comumente são confundidos com o que é Inbound Marketing. Todos esses termos, por mais envolvidos com a estratégia geral que sejam, não representam o conjunto de etapas do Inbound Marketing.

Verdade seja dita, as etapas do Inbound Marketing se dividem em seis. São elas:

  • atração;
  • conversão;
  • relacionamento;
  • venda;
  • encantamento;
  • análise

Não confunda essas etapas com as fases do funil de vendas, por exemplo. Para saber mais sobre esse assunto, indicamos a leitura do artigo;O que é Funil de Vendas? Quais são suas etapas?”.

Continuando …

O Inbound Marketing é uma forma de fazer marketing que tem como premissa atrair e não interromper o potencial consumidor. 

Por exemplo, para que um anúncio seja veiculado na TV ou mesmo no Youtube, durante o programa que você está assistindo, ele interrompe a programação pela qual você estava interessado, para “falar” com você. 

No Inbound Marketing as ações de marketing fazem parte dessa programação principal, e por isso essa estratégia é muito confundida com o marketing de conteúdo.

Mas, afinal, quais são as etapas do Inbound Marketing? Descubra, a seguir!

6 Etapas do Inbound Marketing: guia completo!

1. Atração

A primeira etapa do Inbound Marketing é a atração, mais especificamente a atração de um usuários da internet que está “perambulando” por aí, para as páginas oficiais da sua empresa.

Entre as estratégias de atração mais comuns estão:

  • produção de conteúdo para blog;
  • SEO;
  • redes sociais.

Os links patrocinados também são ações de atração, mas são comumente vistos como estratégias de Outbound Marketing.

Leia mais em: O que é inbound e outbound em marketing: qual usar em seu negócio?

A produção de conteúdo para blog é uma das estratégias que mais interferem no resultados de SEO, ou seja, na capacidade de um site rankear páginas dentro dos mecanismos de busca como o Google.

Para que sua estratégia realmente traga resultado de acessos orgânicos para as páginas do site, blog ou landing pages da sua empresa, é importante utilizar em conjunto algumas ferramentas de SEO, como o Google Keyword Planner ou softwares de automação de marketing que já incorporam também uma ferramenta de pesquisa de palavra-chave. Mas, falaremos sobre esse software ao longo do texto.

Na etapa de atração, o objetivo de suas ações deve ser chamar a atenção do usuário que muitas vezes nunca ouviu falar da sua empresa.

2. Conversão

Converter um visitante em lead, é esse o objetivo dessa segunda etapa do Inbound Marketing.

Se a sua estratégia de atração fez com que um usuário clicasse em seu material e chegasse até seu site, blog ou landing page, você não pode deixar esse visitante ir embora sem deixar nada!

A captação de leads é uma etapa estratégica do Inbound Marketing. Se um visitante acessa a página da sua empresa e vai embora sem deixar um contato ele não avança para as próximas etapas do Inbound Marketing.

É claro que esse visitante já terá avançado em seu relacionamento com a sua empresa, mas você terá menos oportunidades de “falar” diretamente com ele.

Para converter um usuário em lead, você vai precisar de:

  • ofertas tentadoras;
  • criar landing pages;
  • oferecer formulários;
  • táticas de CRO

O CRO é a sigla para otimização de conversão, que por sua vez, tem como foco criar caminhos que facilitem e estimulem a conversão do visitante em lead. Para isso, o CRO se concentra em:

  • gerar melhor experiência para o usuário;
  • otimizar o conteúdo por meio do copywriting
  • criar canais de conversão como as landing pages;
  • realizar testes A/B.

3.  Relacionamento

Depois de captado o lead é hora da sua empresa se relacionar com esse contato.

Nessa fase é fundamental que você compreenda as necessidades das personas presentes em cada etapa da jornada do cliente. A comunicação deve ser direcionada e segmentada para que sua estratégia estimule o avanço do lead pelas etapas do funil de vendas.

Se você ainda não sabe como organizar um funil de vendas, acesse o artigo;Como montar um funil de vendas usando 3 conceitos fundamentais”.

Etapas do inbound marketing

Entre as ações para a construção do relacionamento entre sua empresa e leads estão:

Para a realização de cada uma dessas etapas será necessário, mais uma vez, contar com a tecnologia e apostar no uso de uma ferramenta de automação. Caso contrário, é bastante improvável que você, mesmo com a maior equipe de marketing do mundo, consiga realizar a nutrição de leads de maneira satisfatória.

4. Vender

Quando um lead está pronto para comprar é hora de garantir que ele terá as melhores experiências possíveis que vão garantir a venda. Mas, como saber isso?

O software de automação de marketing vai te ajudar a identificar leads que passaram de MQL para SQL por meio de funcionalidades como o Lead Scoring (pontuação de leads).

Para que isso realmente aconteça é importante que sua equipe de marketing e vendas tenham em mãos ferramentas como CRM que possibilita a gestão de clientes, até a concretização do negócio.

Assim como o departamento de marketing pode contar com as etapas do Inbound Marketing, o setor de vendas tem o apoio das ações de Inbound Sales, um conjunto de estratégias inteligentes para converter, dessa vez, o lead em cliente sem forçar uma venda. 

5. Encantar

Nem tudo acaba quando termina! No marketing essa é uma verdade absoluta!

Conquistar um cliente custa cerca de 5 vezes mais do que fidelizar um antigo. Por isso, se você está em busca de mais vendas e melhor ROI, criar ações que se preocupem com essa etapa do Inbound Marketing é fundamental.

Além disso, o cliente que acabou de fazer uma compra espera que o relacionamento se mantenha e não que você vire as costas para ele.

 Quando o assunto é encantar concentre-se em ações de customer success (sucesso do cliente) e conteúdo avançado para conseguir transformar esse lead em um promotor da sua marca e, quem sabe, fazê-lo comprar novamente.

6. Análise

A análise é uma etapa “extra” de todo esse processo. Ela deve ser executada a todo momento. Por isso o título deste artigo é “5+1”.

As métricas de Inbound Marketing devem ser analisadas o tempo todo para garantir melhores resultados em todas as fases.

Agora que você já conhece todas as etapas do Inbound Marketing é hora de colocá-las em prática, para isso acesse o artigo; Como fazer um planejamento de Inbound Marketing: passo a passo para começar!”. 

Ferramenta de Inbound Marketing: como colocar tudo isso para funcionar?

Como falamos ao longo deste artigo, as ações de Inbound Marketing, para serem bem executadas e realmente elevarem o retorno sobre investimento precisam do suporte tecnológico de um software de Inbound Marketing, também conhecido como um software de automação de marketing.

A LAHAR é um software de automação de marketing que oferece funcionalidades como:

  • criação de landing pages (sem precisar de códigos) para capturas de cadastros;
  • agendamento e monitoramento de publicação em redes sociais;
  • ferramenta de e-mail marketing para criação de campanhas e automação;
  • gestão e segmentação de contatos cadastrados na ferramenta;
  • lead tracking e lead scoring para auxiliar na estratégia de Inbound Marketing;
  • relatórios unificados que ajudam na tomada de decisão;
  • e mais!

Na Lahar temos uma equipe especializada que te dará um suporte inicial de como fazer um planejamento de Inbound Marketing. Vamos começar? Acesse nosso site, fale com um de nossos atendentes ou comece grátis!

Facebook Comments

Deixe uma resposta