Inbound marketing para ecommerce: 5 ações indispensáveis para sua estratégia

Se você possui uma loja virtual, precisa de algumas estratégias de marketing para obter novos clientes, além de atrair clientes antigos estimulando-os a continuar voltando à sua loja, correto?

Concentrar suas energias e investimento no Inbound Marketing para ecommerce pode ser a grande oportunidade de fazer sua empresa vender muito mais, sem gastar rios e rios de dinheiro em anúncios.

Com as estratégias de Inbound Marketing e as dicas comprovadas de marketing para comércio eletrônico, ensinaremos como:

  • atrair tráfego para seu site;
  • construir relacionamentos e confiança com os clientes;
  • recuperar as vendas perdidas.

Ok, os benefícios do Inbound Marketing são realmente relevantes para qualquer proprietário de loja virtual, mas como colocar a estratégia em prática?

O que é Inbound Marketing?

O Inbound Marketing refere-se ao processo de atrair visitantes organicamente para um site ou loja, em vez de atingir clientes por meio de campanhas publicitárias pagas de anúncios, que interrompem o fluxo natural de navegação do usuário.

O Inbound Marketing é baseado na noção de que conteúdo informativo, criativo e excepcional pode abrir a porta para criar uma impressão duradoura de usuários sobre sua marca e atrair clientes.

Enquanto o Inbound Marketing gira em torno da ideia de que uma audiência pode ser conquistada organicamente, o outbound marketing gira em torno de colocar sua mensagem na frente do público por meio de campanhas pagas (como anúncio de TV, Google Ads e mais).

Tais promoções podem incluir outdoors, press releases ou anúncios impressos, de televisão e de rádio.

Se você deseja saber mais sobre o conceito do termo, indicamos o artigo; “Inbound Marketing, o que é isso afinal? Um guia irrevogável”. Você terá acesso aos conceitos básicos que vão te ajudar a seguir as dicas a seguir.

Inbound marketing para ecommerce: 5 passos para uma estratégia de sucesso

Embora o processo de Inbound Marketing para ecommerce englobe várias estratégias diferentes, algumas das mais populares incluem:

  • postagens em blog;
  • Vlogs – ou blogs de vídeo;
  • e-books;
  • white papers;
  • infográficos;
  • podcasts;
  • otimização de mecanismos de pesquisa (SEO).

Leia também: 7 ferramentas incríveis e práticas para criar infográficos

Adotar ou melhorar uma estratégia de Inbound Marketing para ecommerce pode oferecer todo tipo de valor a uma organização.

O tipo de valor, claro, pode variar. Você deve decidir o seu.

Maiores vendas?

Melhores conversões de prospects em clientes?

Maior engajamento?

Maior alcance?

A seguir, estão 5 etapas para alcançar o objetivo de utilizar o Inbound Marketing para impulsionar sua loja virtual.

1. Crie conteúdo novo e regular que faça as pessoas notarem

Pode ser um post de blog regular, artigos sobre a empresa, colunas escritas por funcionários ou até mesmo atividades de mídia social.

Tudo o que você está escrevendo pode ser otimizado e promovido.

Cada postagem pode incluir:

  • informações de contato;
  • frases de chamariz que incentivam a compra;
  • palavras-chave que facilitarão o rankeamento deste artigo quando alguém pesquisar determinadas frases (SEO).

Embora alguns blogs existam há anos, eles ainda atraem leitores, são divertidos de ler, fáceis de compartilhar e podem dar aos possíveis clientes uma boa ideia do que é sua empresa e deixá-los confortáveis ​​e animados para trabalhar mais perto de você.

Criar conteúdo também atende a estratégia de rankear seu site no Google, e colocando suas páginas nas primeiras posições de resultados de pesquisas relevantes. A estratégia de otimizar esses conteúdos para atender a requisitos da plataforma de pesquisa, é o que chamamos de SEO.

Leia mais em: Vantagens do SEO: 8 razões para você investir imediatamente

Para se aprofundar no assunto, assista ao vídeo abaixo:

2. Converta seu tráfego em leads e compras

Conversões são o nome do jogo no Inbound Marketing para ecommerce, o que significa que cada visitante pode ser um cliente em potencial.

Hubspot nos diz que levar as pessoas ao seu site é vital, e então elas podem ser encorajadas a explorar para saber mais sobre seus produtos ou serviços disponíveis, além de qualquer outra informação.

Todas as áreas do seu site e quaisquer publicações externas devem incluir referências claras sobre onde e como elas podem comprar algo, e como é fácil fazê-lo.

Se não for possível fazer uma compra de imediato você deve oferecer e apresentar canais nos quais o usuário possa se cadastrar para receber informações exclusivas e ofertas. Por meio de landing pages e formulários, você pode converter visitantes em leads e, posteriormente, realizar o trabalho de nutrição, até conseguir realizar a venda efetivamente.

Levar os usuários para seu site e, em seguida, esperar que eles descubram como acessar a área de compra é uma estratégia ruim; em vez disso, mostre claramente o caminho.

3. Segmente seus contatos

Em vez de lutar continuamente com um banco de dados volumoso e enviar as mesmas mensagens genéricas para todos, adicione contexto às suas mensagens de marketing, criando conteúdo relevante e enviando email marketing segmentado.

Você pode utilizar um software de automação de marketing para criar as landing pages de captação de leads e também todos os fluxos de email marketing.

Cada grupo pode ter mensagens diferentes  criadas para serem mais atraentes de acordo com a etapa do funil de vendas que parecem estar.

Por exemplo, os clientes existentes podem ser agradecidos por suas compras anteriores e alertados para novos produtos ou serviços nos quais possam ter interesse.

Os leads podem ser convidados para visitar o site, ser informado sobre sua empresa, receber incentivo para fazer uma compra e talvez seja aconselhado sobre uma boa oferta exclusiva para a primeira compra.

Novamente, para fazer tudo isso de maneira efetiva e mesmo possível você precisa de um sistema de Inbound Marketing.

A segmentação torna sua mensagem mais relevante, o que pode torná-la mais atraente para qualquer grupo de destinatários, ampliando sua taxa de conversão.

Ele também pode fornecer oportunidades de upsell à medida que as pessoas se sentem mais à vontade com você, quanto mais você as contata.

4. Execute campanhas de abandono de carrinho

Uma das formas de aplicar estratégias de inbound marketing para ecommerce é se concentrando nos clientes que estão próximos ao fundo do funil de vendas.

Há muitas razões pelas quais os clientes deixam seus carrinhos de comércio eletrônico para trás. Eles podem se distrair e precisar sair e voltar ao trabalho ou cuidar de uma tarefa doméstica. Ou, podem ver que suas compras custam mais do que esperavam e foram embora.

Os carrinhos podem ser vitrines, como uma lista de desejos “um dia, mas não hoje”.

Em alguns casos, pode ser porque a área de compras de um site é difícil ou confusa para navegar.

A SmartInsights diz que 2/3 de todos os carrinhos são abandonados, o que significa que as empresas precisam ter certeza de que sua experiência de compra está no sucesso de um terço que realmente faz uma compra.

Além de uma reformulação de toda a interface, as empresas que desejam reduzir a taxa de abandono e aumentar a taxa de compra podem tentar uma variedade de estratégias.

Isso pode incluir, por exemplo, fazer uma campanha de retargeting com anúncios online para qualquer item. Entretanto, outra ação possível é enviar e-mails com descontos para a aquisição do carrinho ou estímulos relacionados à solução que o produto oferecerá.

Faça o que fizer, não perca a oportunidade de converter esses usuários.

5. Avalie, analise e otimize seus dados de vendas

Um bom marketing nunca termina, por isso, mesmo que uma determinada campanha de Inbound Marketing para ecommerce possa ter uma data de início e de término específica (estabelecida por suas metas SMART), ainda é útil avaliar a atividade em diferentes pontos do processo.

Se as vendas estiverem abaixo do esperado, você pode entender que existe uma oportunidade de alterar uma mensagem ou oferta antes que a campanha siga seu curso.

Se as vendas forem maiores que o esperado, talvez exista um ingrediente ou um elemento que possa ser duplicado para campanhas futuras, como uma palavra-chave, uma determinada promoção ou linguagem específica, como continuar procurando maneiras de atrair visitantes por meio de SEO.

Com uma simples pesquisa no google você vai encontrar toneladas de conselhos, dicas, guias com as melhores estratégias de marketing, e será difícil identificar a real melhor estratégia que funciona para o seu negócio.

Também pode parecer que não há horas suficientes no dia para conseguir colocar em prática tudo o que você precisa fazer em suas ações de Inbound Marketing para ecommerce. Por esse motivo, recomendamos que você entre em conheça a LAHAR, um software de automação de marketing que descomplica a sua estratégia digital.

Abaixo um case de como a Lecon conseguiu automatizar todos os seus processos de marketing.

Com um sistema completo ajudamos sua empresa crescer mais. Crie sua conta e experimente grátis por 15 dias.