Guia Completo em Inbound Marketing: O que é e como aplicá-lo ao seu negócio

Inbound Marketing, o que é isso afinal?

Mesmo tendo se tornado uma das metodologias mais debatidas e utilizadas no ambiente digital, sendo visto como uma boa alternativa ao marketing tradicional, que já revela sinais de esgotamento há algum tempo, muitos têm dúvidas sobre o Inbound Marketing, o que é e como tirar o melhor proveito dele.

Ainda existe um certo desconhecimento sobre como o Inbound Marketing pode gerar resultados financeiros sólidos para empresas e negócios.

O objetivo deste post é trazer um panorama inicial e montar um guia completo sobre o universo do Inbound Marketing e o que é essa técnica, fazendo uma conceituação sobre a metodologia e explicando as diferenças existentes entre a abordagem tradicional do marketing.

Pretendemos mostrar quais são os estágios trabalhados no Inbound Marketing e demonstrar quais são as melhores práticas para cada etapa, trazendo exemplos que você possa aplicar hoje em seu blog ou site.

Antes de mais nada, é preciso responder à pergunta principal, com que iniciamos este texto:

Inbound Marketing, o que é isso, afinal?

Ora, nada mais é do que um novo modelo de Marketing que enfoca a atração de tráfego qualificado para a sua empresa ou negócio, através de técnicas que envolvem a produção e gestão de conteúdo em blogs, podcasts, vídeos, ebooks, newsletters, whitepapers, SEO, dentre muitas outras possibilidades.

Veja também: Como rankear no Google: os 5 segredos de SEO para site

Inbound Marketing X Marketing Tradicional

O modelo tradicional de planejamento de campanhas de marketing é baseado no chamado marketing de interrupção, onde são utilizadas técnicas que interrompem o fluxo de atenção da pessoa que está consumindo o conteúdo.

Sabe quando você está lendo uma revista e de repente surge uma página inteira de anúncios, ou então quando você assiste um programa na TV e é interrompido por um comercial, ou até mesmo as publicidades no Youtube ou banners em sites e blogs? Isso tudo é marketing de interrupção!

Mas por que o modelo tradicional de marketing, o chamado marketing de interrupção, não funciona mais? Porque depois de anos e anos consumindo tais anúncios interruptivos, nós aprendemos a ignorá-los e agora eles não possuem mais a mesma efetividade.

A publicidade de hoje em dia está enfrentando o desafio de se reinventar para proporcionar conteúdo de qualidade, conteúdo que importa e que o usuário quer consumir.

É aí que entra o Inbound Marketing!

Marketing tradicional Vs Inbound Marketing
Marketing tradicional X Inbound Marketing

Dessa forma, o Inbound Marketing se revela como uma estratégia inovadora, pois tem o objetivo de atrair o interesse das pessoas ao invés de simplesmente comprá-lo, como acontecia no marketing tradicional.

O Inbound trabalha na produção de conteúdo realmente valioso para o seu cliente, conteúdo que pode ser encontrado e consumido facilmente por ele.

  • Inbound Marketing, o que é: disponibilizar conteúdo de alta qualidade e que se encaixa perfeitamente nas necessidades e desejos de seu cliente, criando uma relação duradoura de confiança e agregando valor para a sua presença digital.

Técnicas de Inbound Marketing

O Inbound Marketing é centrado no cliente e em seus interesses, não mais no profissional de marketing.

As técnicas utilizadas pelo marketing tradicional, como Spam e Cold calling, que é quando uma empresa liga para uma série de clientes em potencial, tentando fazer vendas por telefone, sem conhecê-los e sem saber sua propensão de compra, se mostram pouco efetivas quando comparadas às técnicas de Inbound Marketing.

O Inbound atua no processo inverso, ou seja, em vez de você chegar no seu cliente com poucas informações e desconhecendo seus hábitos e interesses, o cliente chega até você e te abastece de informações valiosas sobre ele, que podem ser conseguidas facilmente através de formulários, landing pages, pesquisas e softwares.

OK, já conceituamos o Inbound Marketing, o que é, e entendemos as principais diferenças em relação ao marketing tradicional.

Agora é hora de partir para algo mais avançado: quais são os estágios da metodologia Inbound? Como podemos transformar nossa audiência em compradores e promotores de nossa empresa?

Lembra sobre o post em que explicamos sobre o Funil de Vendas? Ele é muito útil para entender como acontece a interação entre um cliente e uma empresa através da Internet.

Estágios da metodologia Inbound Marketing
Estágios da metodologia Inbound Marketing

As fases do Inbound Marketing

Atrair (gerar tráfego)

No primeiro estágio, o de Atrair, você deve produzir conteúdo para ser encontrado por sua audiência na internet, através de mídias sociais, de seu site e blog, gerando tráfego de qualidade. Neste estágio o seu possível cliente ainda não conhece a sua empresa, mas você pode ser encontrado por ele através de conteúdos que o interessem e que ele já está procurando na Internet.

Converter (transformar visitantes em leads)

OK, agora você conseguiu transformar a sua audiência em visitantes para seu site ou blog.

A segunda etapa é fazer com que eles se tornem contatos qualificados, os Leads! Para que você consiga transformá-los em leads você pode adotar diversas estratégias, como o preenchimento de formulários, o uso de Landing Pages, Calls-to-action e assim por diante.

Dessa maneira, você terá concluído a etapa Converter e terá obtido informações importantes sobre os seus visitantes!

Fechar (converter leads em clientes)

Agora vem a etapa mais importante: transformar seus contatos qualificados, os leads, em clientes! Nesta fase, é muito importante a utilização de um CRM Social, que contenha informações a respeito de seus leads (que conseguimos na etapa anterior), como seu nome, e-mail, quantidade de conversões no seu site, cargo, empresa, interesses e qualquer outra informação que você considera essencial.

Aqui reside a principal vantagem do Inbound Marketing, pois você vai estar munido de informações estratégicas sobre seus leads, sabendo quais conteúdos eles querem consumir e o momento certo para fechar uma venda.

Nesse contexto, trabalhar com e-mail marketing, vídeos e cases de clientes é um diferencial para que você consiga convencê-lo a comprar seu produto ou serviço!

Confira também: CRM Tradicional x CRM Social: vantagens e diferenças

Fidelizar (proporcionar a melhor experiência ao cliente):

Pronto, você transformou um lead em cliente! Agora, sua missão é fidelizar esse cliente e fazer com que ele tenha uma experiência única com a sua marca.

Lembre-se: quando você adquire um produto ou serviço, você não está comprando apenas algo material. Você está comprando uma experiência. Você está sendo inserido no universo da marca.

Por isso, forneça sempre conteúdo personalizado para esses clientes, produza ebooks de alta qualidade e procure sempre avaliar sua satisfação através de pesquisas que avaliem como é a experiência construída entre o cliente e a sua empresa!

Veja maisComo fazer marketing digital com influenciadores: dicas práticas

E não se preocupe, em breve falaremos detalhadamente sobre cada uma dessas etapas e sobre as melhores práticas em Inbound Marketing em um post específico para cada assunto.

Dessa forma, destrinchamos melhor o tema e fornecemos exemplos de como você pode começar sua estratégia de Inbound Marketing rapidamente e de maneira assertiva!

Afinal, Inbound Marketing, o que é para sua empresa se não uma forma mais eficiente de trazer resultados?

E aí, gostou do nosso guia? Compartilhe com a gente suas dúvidas e sugestões nos comentários! Será um prazer debater o assunto com você!