Inbound marketing para arquitetos: 5 estratégias para atrair clientes e vender mais

Já falamos aqui no blog sobre a importância de os profissionais da área de arquitetura investirem em marketing digital. E, neste post, vamos falar como é essencial que invistam também em inbound marketing para arquitetos.

Há quem acredite que esses conceitos são sinônimos, mas não são. O marketing digital é a forma como sua empresa exerce o marketing nos meios online, enquanto o inbound marketing é uma abordagem que se contrapõe ao outbound marketing, ou marketing tradicional.

inbound-marketing-para-arquitetos-inbound-vs-tradicional
Fonte: Blog LAHAR

O outbound marketing (seja online ou offline) é a forma mais clássica que conhecemos de divulgar empresas, produtos e serviços. É aquele marketing que já existe há bastante tempo em anúncios nas grandes mídias, como jornais, rádios, revistas e TV, ou por meio de outdoors, panfletos ou telemarketing.

Já o inbound marketing é uma estratégia que foi criada devido à mudança de comportamento do consumidor online: em vez de receber as informações das empresas, produtos e serviços de forma “passiva”, é o usuário que vai atrás das informações acerca das soluções para o seus problemas — e das empresas que oferecem essas soluções.

Sendo assim, as formas de divulgação também mudaram. Em vez de levar informações sobre produtos e serviços até o público, as empresas buscam agora atrair sua audiência por meio de seus diversos canais, fazendo com que o possível cliente vá se informando cada vez mais sobre seu problema até chegar no estágio de consumir o produto ou serviço.

As etapas do inbound marketing para arquitetos

Antes de saber como fazer inbound marketing para arquitetos, é importante entender como funciona essa metodologia. O inbound marketing é dividido em diversas etapas, de acordo com o tipo de ação. Podemos dividi-las assim:

  • Atrair: aqui, você precisa atrair sua audiência para seus canais. Você fará isso por meio do seu blog, suas mídias sociais e otimização do conteúdo do seu site para as palavras-chave procuradas pelos seus prospects nos mecanismos de busca (Google).
  • Converter: nesta etapa, você buscará fazer com que os visitantes dos seus canais se tornem leads, ou seja, que deixem seus contatos para que você inicie um relacionamento com eles. Você pode fazer isso por meio de calls-to-action (chamadas para a ação), formulários e landing pages.
  • Fechar: chegou a hora de transformar seus leads em clientes. Entre as ferramentas que você pode usar para atrair seu lead até o momento da compra estão cases de clientes satisfeitos, CRM Social, e-mail marketing, vídeos etc.
  • Fidelizar: seu trabalho não acaba na venda. Você precisa transformar seus clientes em promotores da sua marca. Faça isso criando conteúdo personalizado para eles: e-Books, pesquisas e o que mais você detectar que é do interesse da sua clientela.
inbound-marketing-para-arquitetos-jornada-de-compra
Fonte: Blog LAHAR

5 dicas de inbound marketing para arquitetos

Agora que você já entendeu como funciona o inbound marketing, daremos algumas dicas de inbound marketing para arquitetos.

1. Crie sua persona

Uma das melhores formas de conhecer os seus potenciais clientes é criar as personas ou buyer personas do seu escritório, ou seja, personagens que são a representação dos seus clientes ideais.

Para criá-las você deve responder a uma série de perguntas sobre quem você acredita ser seu cliente ideal, como nome, idade, interesses, necessidades, onde mora, perfil e outras informações que você considerar importantes.

Uma forma interessante de responder a essas perguntas é entrevistar clientes reais que atendam a esse perfil de cliente ideal que você quer atrair para o seu escritório. Veja abaixo um exemplo de persona:

inbound-marketing-para-arquitetos-personas
Fonte: Blog LAHAR

2. Crie conteúdo de atração

Como falamos acima, a etapa de atração é aquela em que você trará a audiência para seus canais. E, para isso, você precisa criar conteúdo que seja interessante para as suas personas (você descobrirá os interesses delas quando fizer a pesquisa que citamos acima).

Quando tiver esses interesses mapeados, faça uma pesquisa de palavra-chave em ferramentas como o Planejador de Palavras-Chave do Google para descobrir keywords com alto volume de busca que estejam relacionadas a esses interesses.

O próximo passo é criar o conteúdo. Escreva posts de qualidade para o blog do seu negócio com base nessas palavras-chave encontradas. Assim, à medida que seu conteúdo for ranqueando nas páginas dos mecanismos de busca (para isso, você precisará investir na otimização para mecanismos de busca – SEO), você será cada vez mais encontrado por suas personas.

Veja o exemplo do blog da Viva Decora, que cria bastante conteúdo de atração voltado tanto para arquitetos quanto para clientes:

inbound-marketing-para-arquitetos-blog-viva-decora
Fonte: Blog Viva Decora

3. Eduque seu público

Seu conteúdo deve ser interessante para suas personas, mas é importante que não fale apenas sobre sua empresa e seus serviços: ele também precisa ter o papel de educar seu público acerca do seu negócio (no caso, a arquitetura).

Por exemplo: se um dos problemas do seu público é não saber que tipo de alteração quer fazer em sua casa, que tal escrever um artigo com dicas de reforma, mostrando tendências na arquitetura de interiores? Ou criar um post com grandes projetos arquitetônicos para servirem de inspiração?

É importante que esse conteúdo educativo combine qualidade com as palavras-chave que você pesquisou anteriormente, para que ele tenha o potencial de atingir todos aqueles que buscam por determinada palavra ou termo relacionado ao seu negócio.

Abaixo, um exemplo do blog Projetos de Arquitetura:

inbound-marketing-para-arquitetos-blog-projetos-arquitetura
Fonte: Blog Projetos de Arquitetura

4. Esteja nas redes sociais em que sua audiência está

Não basta criar conteúdo; é preciso divulgá-lo em todos os seus canais, incluindo suas redes sociais. E, falando nelas, é muito importante que você crie contas nas redes em que suas personas estão.

É claro que isso varia de empresa para empresa, mas, em geral, é sempre bom investir nas redes sociais mais usadas no Brasil, como Facebook e WhatsApp. Por outro lado, segmentos como a arquitetura, que possuem um grande apelo visual, podem se beneficiar também de redes sociais com esse mesmo foco: no Instagram e Pinterest, por exemplo. tudo depende de onde estiverem suas personas.

Além de divulgar os conteúdos do seu blog, crie conteúdo próprio para as redes sociais. Para escritórios de arquitetura, pode ser interessante montar um portfólio visual, ou divulgar fotos de projetos concluídos.

Confira o exemplo do Instagram do escritório de arquitetura Fernanda Marques:

inbound-marketing-para-arquitetos-instagram
Fonte: Instagram Fernanda Marques Arquiteta

5. Tenha materiais de conversão

Materiais de conversão são aqueles que você utilizará para transformar os visitantes do seu blog e do seu site em leads. Geralmente, são materiais mais densos do que um post no blog, e você os fornecerá para seus visitantes em troca do contato deles para iniciar um relacionamento. Esse contato pode ser solicitado por meio de formulários e landing pages.

Entre os tipos de materiais de conversão que você pode desenvolver estão:

  • catálogos
  • e-Books
  • infográficos
  • portfólios
  • webinars

Confira um dos materiais que Viva Decora criou para suas personas (oferecido por meio de uma landing page para coletar os dados dos possíveis clientes):

inbound-marketing-para-arquitetos-ebook
Fonte: Viva Decora

Se você quiser tornar sua estratégia de inbound marketing para arquitetos mais eficaz, não deixe também de contratar um software de automação de marketing.

A LAHAR é um software de inbound marketing que ajuda você a gerar leads e transformá-los em clientes. E você pode concentrar suas ações em uma única ferramenta, pois o software oferece funcionalidades para gerenciar redes sociais, landing pages, automação de marketing e mais.

Entre em contato com a nossa equipe e descubra como podemos ajudar você!