Inteligência Artificial no marketing digital: 8 maneiras de adotar e alcançar resultados

Há alguns anos, quando o assunto era Inteligência Artificial, imaginávamos carros que voam, e um estilo de vida tipo Jetsons. Mas, na verdade, a IA chegou e já faz parte do nosso dia a dia, seja na vida pessoal ou profissional. Uma de suas aplicações mais interessantes é a dobradinha da Inteligência Artificial no marketing digital.

Inteligencia artificial no marketing digital

Fato é que, mesmo que a gente ainda não conviva com carros que voam, nós já chegamos muito longe no uso da Inteligência Artificial no dia a dia. 

Se ainda não temos robôs que parecem humanos convivendo com a gente no escritório ou mesmo em casa, temos sistemas que funcionam com a mesma habilidade de aprender e executar tarefas tão humanas como pensar, tomar decisões e agir mediante a escolhas. 

De maneira geral, é esse o objetivo da Inteligência Artificial: a criação de mecanismos que possam simular a habilidade humana de pensar e resolver problemas.

Isso envolve diferentes tecnologias como reconhecimento de voz e imagem, técnicas de aprendizado e mais. 

E, diferente do que algumas pessoas acreditam, a Inteligência Artificial no marketing digital não é de uso exclusivo de grandes empresas que possuem alta capacidade de investimento. 

Cada vez mais, a IA se torna um instrumento de sistemas, ferramentas e estratégias acessíveis a pequenos e médios empreendedores, também. 

Inteligência Artificial no marketing digital: 8 aplicações

A seguir, listamos alguns dos usos da Inteligência Artificial no marketing digital que já podem ser aplicados nas empresas, são eles:

  1. Conteúdos com base em dados
  2. Curadoria de Conteúdo
  3. Segmentação de clientes, leads e conteúdo
  4. Anúncios em Mídia Programática
  5. Retargeting
  6. Geração e qualificação de Leads
  7. Chatbots com Inteligência Artificial
  8. Automação de Marketing

1. Conteúdos com base em dados

A inteligência artificial não vai substituir os profissionais de copywriting, entretanto, alguns tipos de conteúdo, como pesquisas e textos baseados em dados, podem ser beneficiados por esse tipo de tecnologia. 

Ela é capaz de coletar essas informações em diferentes plataformas, em um período de tempo curto e sem a necessidade de ocupar o profissional para essa pesquisa.

2. Curadoria de Conteúdo

Quando você entra na Netflix os títulos selecionados e apresentados a você não são os mesmos dos apresentados para o seu irmão ou mesmo para o seu amigo, que tem gostos bastante parecidos com o seu. 

Isso acontece por meio de uma curadoria inteligente de conteúdo, feita por um sistema dotado de Inteligência Artificial, capaz de entender seus gostos e indicar conteúdos similares. Isso também pode ser feito dentro do seu site ou mesmo blog. 

Ao identificar que um usuário se interessa por determinado tipo de conteúdo, você pode oferecer conteúdos similares, para que ele mantenha a navegação em suas páginas. Contribuindo para os resultados de SEO e para o estreitamento do relacionamento entre vocês. 

3. Segmentação de clientes, leads e conteúdo

A comunicação em massa deixou de ser o caminho mais rentável já há alguns anos.

Todo o marketing digital, seja por email, redes sociais, anúncios ou outros canais prioriza a  segmentação de clientes e a personalização do conteúdo e das ofertas compartilhadas com cada usuário. 

É claro que para que isso aconteça a tecnologia e a IA precisam fazer parte do leque de ferramentas usadas por sua empresa. 

Atualmente, o mercado apresenta ferramentas de marketing que oferecem a automação da segmentação de contatos e a consequente personalização da comunicação de acordo com o segmento em questão ao qual o cliente ou potencial cliente pertence.

A segmentação de contatos pode ser realizada em plataformas de anúncios pagos, envio de e-mail marketing, redes sociais, conteúdo e mais. 

4. Anúncios em Mídia Programática

A Mídia Programática é uma maneira de fazer anúncios online

Nesse formato, o sistema de anúncios identifica, a partir do machine learning, quais anúncios e o tipo de anúncio que deve ser direcionado para cada usuário, gerando anúncios cada vez mais personalizados e com maiores taxas de conversão

5. Retargeting

O objetivo do retargeting é trazer de volta os usuários que já visitaram o site da sua empresa.

Tudo isso é feito a partir da segmentação de anúncios e do uso de sistemas dotados de Machine Learning (aprendizado de máquina) que entendem qual conteúdo ou oferta tem maior probabilidade de trazer cada usuário novamente para suas páginas. 

O sistema com Inteligência Artificial no marketing digital é capaz de entender o comportamento e os tipos de interesses que cada usuário tem, e oferecer o anúncio que melhor se adequa e responde a essas necessidades. 

6. Geração e qualificação de Leads

A geração e qualificação de leads é uma etapa fundamental do que é entendido como marketing atualmente. 

Para que isso seja feito de maneira eficiente e assertiva, o uso da Inteligência Artificial no marketing digital é um grande aliado. 

A partir da análise do comportamento de cada lead, os sistemas de Inteligência Artificial são capazes de identificar quais estão mais perto de uma compra, apontando-os para os setores de marketing e vendas.

Isso contribui para melhores taxas de conversão tanto para o setor de marketing como de vendas. 

7. Chatbots com Inteligência Artificial

Chatbots com inteligência artificial são chats capazes de manter um diálogo com um usuário ou cliente, entendendo quais são as necessidades dele e oferecendo soluções, sem que seja necessária a presença de um atendente humano. 

Estamos falando de um sistema capaz de manter um diálogo por meio de uma linguagem natural, e não mecânica ou robotizada. 

Atualmente, existem plataformas abertas de desenvolvimento de chatbot, nas quais é simples e barato criar seu próprio sistema de IA.

Por falar em atendimento com IA, o Bradesco possui a BIA, um sistema de Inteligência Artificial que entende as demandas dos clientes do banco e realiza as transações por meio da compreensão da fala e do aprendizado sobre melhores decisões em relação ao que foi solicitado. 

A BIA não é um exemplo de chatbot, mas é uma forma de usar a IA no atendimento às demandas dos clientes. 

8. Automação de Marketing

A automação de marketing funciona a partir de um sistema capaz de automatizar uma série de ações de marketing, como:

  • segmentação de clientes, 
  • fluxos de e-mail, 
  • pontuação de leads para qualificação e mais. 

Ou seja, quando o assunto é Inteligência Artificial no marketing digital é impossível não pensar em um software como este. 

Para entender o que é um software de marketing acesse nossa página com TUDO sobre automação de marketing:

  • o que é, 
  • vantagens da automação de marketing,
  • passo a passo de como fazer automação de marketing e mais. 

A ferramenta de automação de marketing torna o trabalho mais estratégico e produtivo. 

Além de automatizar uma série de atividades repetitivas como o disparo de e-mail de boas vindas para um lead que converteu em uma landing page, por exemplo, essa ferramenta de marketing também permite que outras ações sejam realizadas como:

  • gestão e segmentação de contatos cadastrados na ferramenta;
  • lead tracking e lead scoring para auxiliar na estratégia de Inbound Marketing;
  • relatórios unificados que ajudam na tomada de decisão;
  • e mais!

Todas essas atividades só são possíveis com um software de automação de marketing ao seu lado.

Além disso, essa ferramenta oferece relatórios completos que vão otimizar também a análise de resultados contribuindo para a aplicação da Inteligência Artificial no marketing digital. 

Se você está em busca de uma ferramenta que te ajude a colocar em prática suas ações de Inbound Marketing entre em contato com a equipe da LAHAR e descubra como nosso software de automação de marketing pode ajudar a sua marca a alcançar resultados ainda melhores com o e-mail marketing e outras estratégias. 

Facebook Comments

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.