Como investir em marketing digital e obter os melhores resultados

Quem pretende investir em marketing digital precisa entender que ele se divide em diversas atividades complementares.

E, na verdade, são bem lógicas:

  • Primeiro, você chama a atenção de pessoas interessadas em seu negócio, trata-se da captação de leads
  • Em seguida, precisa fazê-las deixar algum contato, para poder continuar se relacionando com elas, é a conversão de interessados em leads
  • Por fim, você passará a enviar e-mails relevantes para essas pessoas, sobre assuntos interessantes para elas, é a chamada nutrição de leads

Nesta postagem, vamos dar algumas dicas de como investir em marketing digital, em cada uma dessas áreas do processo, para obter os melhores resultados.

Os 3 pontos fundamentais para investir em marketing digital

Estas 3 etapas, atração, conversão e nutrição, fazem parte do funil de marketing e vendas, que culmina com o fechamento de um negócio com seu cliente. Confira nossas dicas:

1- Captação de leads

Os investimentos nessa área são os mais diversos, listamos alguns deles por ordem de importância:

  • Tráfego direto: gerado pelo amplo conhecimento e fama de marcas de sucesso, o Brand Awareness.
  • Tráfego orgânico: gerado pelo trabalho de SEO, isto é, disponibilizar textos em seu site que correspondem às palavras-chave que seu clientes mais procuram no Google e outros buscadores da internet.
  • Tráfego gerado por mídia paga: nesse caso, você fará anúncios no Google ou em mídias sociais, existem diversas maneiras de fazer isso.

Estes seriam os 3 principais investimentos em marketing digital para captação de leads, mas veja algumas dicas práticas de como implementá-los:

  • Anúncios no Google AdWords: são aqueles primeiros links que aparecem na busca do Google, sempre assinalados como anúncios (convertem menos que o tráfego orgânico, não pago).
  • Anunciar em buscadores alternativos como Bling: apesar de representar um tráfego muito pequeno, a concorrência é bem menor.
  • Usar o Facebook Lead Ads: trata-se de um anúncio no Facebook especialmente desenvolvido para que usuários preencham formulários e deixem seus dados.
  • Fazer postagens no Instagram e ter um perfil no Pinterest: estas mídias sociais com grande apelo visual são muito importante para segmentos específicos, como moda e decoração.
  • Investir no LinkedIn: apesar de ter um custo muito mais alto, esta mídia social é muito importante para empresas B2B.
  • Ações de co-marketing: criar materiais ricos em conjunto com um parceiro, diminuindo o custo de produção e aumentando a quantidade de leads captados, veja este exemplo: Checklist: como criar sua campanha de e-mail marketing do ZERO sem esquecer nenhum detalhe

Estas foram apenas algumas dicas de como investir em marketing digital para captar leads, existem diversas outras maneiras. Confira mais algumas postagens de nosso blog e saiba ainda mais sobre este assunto:

2- Otimização de conversão de leads

Neste caso, o objetivo da otimização de conversão é fazer que esses leads que chegam até seu site deixem seus dados de contato para poderem receber conteúdos e nutrição no passo seguinte, ou, melhor que isso, já façam uma compra e se tornarem clientes.

Para isso, você deve investir na criação de landing pages que tenham formulários para a conversão de leads, que preenchem seus dados em troca de materiais ricos, como e-books e infográficos, ou mesmo landing pages de vendas, já direcionando para a compra de seu produto ou serviço.

Veja 3 dicas de como fazer isso:

  • Como criar landing pages que convertem: é preciso ter foco e não dispersar a atenção dos leads, mostrando claramente o benefício que ele terá preenchendo o formulário ou comprando seu serviço ou produto. Além disso, investir em imagens e vídeos pode ser de grande ajuda.
  • Use mapas de calor para otimizar suas landing pages: Mapas de calor são ferramentas como o Hotjar que geram imagens mostrando quais áreas de suas páginas são mais ou mesmo acessadas, ajudando a definir novas estratégias e fazer melhorias.
  • Técnicas de copywriting: trata-se de uma maneira de escrever na internet focada em tornar a leitura mais dinâmica e persuasiva, usando textos mais fáceis de entender, títulos atraentes e uma linguagem que estimula o usuário a prosseguir a leitura de seu texto.

3- Nutrição de leads

Com os dados de seus leads ou de seus clientes, é hora de enviar para eles postagens com assuntos de seu interesse, tanto para fazer os leads se tornarem clientes, quanto para fazer os clientes repetirem compras e se tornarem fiéis.

Para isso, são usadas ferramentas de automação de marketing que baseadas no comportamento de seus clientes e leads definem quais são os textos mais adequados para eles receberem por e-mail.

Em determinado momento, em função dos materiais ricos que baixaram, dos e-mails que abriram e dos posts que leram em seu blog, uma ferramenta de automação de marketing pode definir quais leads estão prontos para receber uma ligação de sua força de vendas, fazendo uma oferta de seu produto ou serviço.

Este foi um breve resumo das principais ações que um empresário ou gestor que deseja investir em marketing digital deve focar.

Se você quiser mais dicas de nutrição de leads e automatização de marketing, confira mais estas postagens de nosso blog: