Marketing para E-commerce: 8 estratégias e tendências para o sucesso

21 bilhões de reais foi o que os e-commerces faturaram só no primeiro semestre de 2017. Cada vez mais o consumidor está deixando de lado o medo de comprar pela internet e tem aproveitado as inúmeras vantagens que uma loja virtual fornece, seja descontos mais agressivos, entrega gratuita e sempre, o conforto de comprar de casa. E seu negócio? Já está fazendo marketing em seu e-commerce e pegando uma fatia desse mercado?

Ter conhecimento das novas técnicas de marketing para lojas virtuais pode fazer você ficar à frente da concorrência e vender mais.

Por isso, nesse post separamos as principais estratégias de marketing para e-commerce que seu negócio deve implementar hoje mesmo.

Influenciadores Digitais

Se você não tem conhecimento sobre o que é marketing com Influenciadores Digitais não se preocupe. Esse termo é usado para estratégias de marketing realizada com pessoas que são populares nas redes sociais e que geram conteúdo relevante influenciando o seu público.

Mas onde está o e-commerce nisso? Por serem influenciadores e terem um público fiel e totalmente engajado, essa é uma estratégia de marketing muito interessante e que vem se tornando cada dia mais comum.

Os influenciadores recomendam o seu produto nas redes sociais e faz seus seguidores também buscarem o que sua empresa tem a oferecer e assim, gera mais vendas.

Os influenciadores mais famosos e conhecidos cobram pela indicação, e muitas das vezes pedem para testar o produto antes de publicar, já que eles têm a preocupação de só sugerir produtos para seus seguidores que eles realmente aprovem.

Outra opção, é buscar influenciadores que façam uma parceria por permuta, ou seja, você envia o seu produto para eles postarem indicando nas redes sociais sem pagar nada. Dessa forma, pode-se negociar essa permuta ou enviar de forma espontânea e esperar que ele goste do produto e publique por conta própria. O custo benefício desse tipo de estratégia é bem vantajoso.

A dica para executar essa estratégia de forma eficiente é criar um link rastreável para o influenciador divulgar. Com isso, você conseguirá medir se essa ação de marketing está gerando resultados positivos para seu e-commerce.

SEO

Para quem está vendendo um produto na internet, nada mais interessante do que ser a primeira loja à aparecer quando as pessoas fazem a pesquisa no Google. É como se em um shopping, sua loja estivesse no melhor local e passando um maior número de pessoas.

Essa é uma estratégia que tem as melhores taxas de conversão, pois o seu site irá aparecer para um público que está buscando o seu produto na internet, assim, irá gerar muitos acessos de forma gratuita.

Ficar entre as 3 primeiras posições quando alguém pesquisa no Google não é uma tarefa fácil e exige tempo para seu site subir as posições. O SEO é uma excelente estratégia, mas seus resultados aparecem a longo prazo (6 meses a 1 ano). Você pode conferir as principais regras do Google em nosso post Como rankear no Google: os 5 segredos de SEO para site.

Em resumo, para um e-commerce deve-se preocupar em escolher a melhor palavra chave (que seu público busque online) e inserir em títulos e descrições dos produtos, estruturar categorias, definir boas imagens e também, sempre válido investir em um blog corporativo (falaremos dele mais adiante) para focar em conteúdo de qualidade.

Anúncios em Mídias Pagas

Para quem precisa de um resultado mais rápido para gerar de tráfego qualificado no site e possuir orçamento, investir em campanhas anúncios no Google Adwords, Facebook Ads, Instagram e outras mídias pagas se configura como uma boa estratégia de marketing para e-commerce a curto prazo.

A ferramenta do Google para anúncios é a que possui maior abrangência em público, além de uma boa diversidade de tipos de anúncios. É possível criar anúncios para rede de pesquisa (resultados de buscas), rede de display (banners em outros sites), vídeos para Youtube, anúncios de remarketing e mais. O custo vai variar e pode se adaptar a seu orçamento, desde R$5 diário, por exemplo.

Caso você esteja iniciando no Google Adwords, temos um post que mostra o Glossário e erros mais comuns do Google Adwords e também temos um mais avançado com as melhores Dicas de Adwords para você aplicar no seu e-commerce.

As campanhas para Facebook e Instagram também possuem formatos variados de anúncios, podendo ser imagens únicas ou grupo de imagens, vídeos, slides, entre outros. O custo do anúncio no Facebook ou Instagram também é bem flexível, podendo se adaptar ao orçamento diário disponível da sua empresa.

Existem outras mídias possíveis para realizar anúncios como Yahoo e Bing Ads, Twitter Ads, Linkedin e Waze. Se você não possui equipe interna para criar uma campanha e monitorar seus resultados, vale procurar uma agência especializada que ajudará a minimizar os erros e investimentos errados.

Certamente, as mídias pagas são um canal de marketing para e-commerce que deve entrar em seu planejamento.

Marketing de Conteúdo

Relacionado ao SEO, o Marketing de Conteúdo em conjunto com o Inbound Marketing  são técnicas mais atuais que vão ajudar na geração de tráfego e aumento de vendas do seu e-commerce.

Para fazer uma estratégia de Marketing de Conteúdo aliada ao Inbound Marketing eficaz, você deve saber como criar a persona que compra da sua marca e também quais são as etapas que esse potencial cliente passa até comprar o seu produto.

Nutrir seu público com conteúdos relevantes e que ajudem eles em seus diferentes estágios do funil de marketing digital, dá mais credibilidade para sua empresa e, consequentemente, fará o usuário comprar na sua loja quando precisar do produto.

É importante nesse blog, criar CTA’s (Call To Actions, em português chamada para ação) para captar e-mails dos usuários que visitam seu site. Você pode escrever um e-book, por exemplo, e para baixar ele tem que cadastrar o e-mail ou então simplesmente ter um campo no seu blog que o visitante coloca o e-mail para assinar uma newsletter. Veja a importância dessa ação no próximo tópico.

E-mail Marketing

Essa é uma das melhores estratégias de marketing para e-commerce. O e-mail é um canal que não tem uma grande quantidade de restrições comparado com as redes sociais e mídia paga, por exemplo.

Com estratégias de e-mail marketing, é possível ter um relacionamento com seu público. Ao divulgar uma campanha para sua audiência, você tem a certeza que todos na sua lista irão receber a informação, somente com exceção dos e-mails que caem em spam.

Cada vez mais recebemos mais e mais e-mails, e chamar atenção entre as variadas empresas é um enorme desafio. Ter um título de e-mail marketing atraente que gere curiosidade para o usuário abrir, e em conjunto, um conteúdo relevante que faça o usuário comprar é essencial para quem trabalha com esse canal de marketing.

Por isso, é importante você construir uma lista de e-mails com um blog e site aplicando a estratégia de Marketing de Conteúdo. Nunca compre listas de emails, essa é uma prática ruim que aumentará a taxa de spam da sua base de dados.

Para automatizar o processo de envio de email e acompanhar as métricas é essencial o uso de um software de automação de marketing. Para você começar a aplicar essa estratégia de marketing no seu e-commerce nós temos um post que ensina os 10 segredos sobre como fazer e-mail marketing.

Redes Sociais

Essa é uma das primeiras ações quando alguém cria seu e-commerce, criar uma página no Facebook, Instagram ou Twitter . Mas qual é o objetivo de estar na rede social para seu negócio?

Muitas empresas usam para divulgar o seu produto, anunciar uma promoção, fazer uma campanha ou até para atendimento ao cliente.

Antes de sair criando contas da sua empresa nas redes sociais, é importante entender o seu público e em qual rede social ele está mais conectado. Sabemos que o Facebook é o mais utilizado pelos brasileiros, mas e se seu público estiver mais no Instagram ou Twitter?

Investir em anúncios, como já falamos, para divulgar um produto ou então a sua empresa pode ser interessante para quem tem um negócio voltado para pessoa física, pois é onde está mais concentrado esse público. Caso seus produtos sejam voltado para empresas aconselhamos testar o Linkedin.

Caso você ainda não tem conhecimento sobre essa estratégia de marketing para e-commerce, nós temos um artigo que ensina como utilizar marketing para redes sociais.

Otimização de conversão

Bom, agora que você já iniciou todas as estratégias para trazer tráfego para seu site, está na hora de se perguntar se a sua página é atraente suficiente para conversão? E mais, ela informa claramente todos os aspectos do produto? O caminho até a conversão é clara pro usuário?

Todas essas perguntas são feitas quando se pensa em otimizar a conversão de seu site para gerar mais vendas.

Em resumo, otimizar uma página para conversão é alterar layout, informações, imagens e outros aspectos para que o usuário que está navegando nesta página se sinta mais confortável para realizar a conversão.

Os resultados de um trabalho bem feito de otimização pode aumentar suas vendas ao melhorar sua taxa de conversão. Vale a pena estudar esse tema mais a fundo e aplicar melhorias em seu site hoje mesmo!

Análise de dados

De quê adianta ter todas essas ações rodando e não monitorar os resultados? Por isso, gostamos de sempre bater na tecla da análise de dados.

Se esse é um tema muito fora da sua área, comece com 5 métricas principais como por exemplo: nº de visitantes, nº de leads gerados, nº de carrinhos criados (e abandonados), nº de vendas e taxa de produtos retornados.

Dessa forma, será mais fácil focar os esforços nos dados que são importantes para seu negócio e com o tempo é possível ir aprofundando em cada um desses estágios.

Lembre-se de configurar o Google Analytics no seu site e blog para acompanhar os dados desde o início de seu funcionamento.

E o marketing do seu e-commerce, está em dia?

Listamos as principais estratégias de marketing no e-commerce, mas cada tópico desse possui dezenas de informações valiosas que valem um estudo mais aprofundado. Nossa ideia aqui foi listar as principais para que você possa ter elas em seu radar.

É importante aplicar uma estratégia de cada vez e acompanhar as métricas para verificar se realmente essa estratégia é eficaz para seu tipo de negócio.

Usar um software de automação em marketing digital é extremamente importante para acompanhar essas métricas, e principalmente, gerenciar todas essas ações.

O software da LAHAR pode te ajudar nessa área, veja algumas das funcionalidades de nosso sistema:

  • Criação de landing pages (sem precisar de códigos) para capturas de cadastros
  • Agendamento e monitoramento de publicação em redes sociais
  • Ferramenta de e-mail marketing para criação de campanhas e automação
  • Gestão e segmentação de contatos cadastrados na ferramenta
  • Lead tracking e lead scoring para auxiliar na estratégia de inbound marketing
  • Relatórios unificados que ajudam na tomada de decisão
  • E mais!

Na Lahar temos uma equipe especializada que te dará um suporte inicial para criação da estratégia de marketing para seu e-commerce e fazer você vender mais. Vamos começar?