O que é infoproduto: 6 exemplos e quais as vantagens de criar o seu?

A tecnologia trouxe centenas de mudanças nas nossas vidas, entre elas a possibilidade de criar produtos digitais que podem ser comercializados. Mas, afinal, o que é infoproduto? Quais os principais exemplos? Vale a pena investir neles?

Entre os exemplos do que é infoproduto estão ebooks, webinars, cursos online e outros materiais digitais.

Geralmente, são produtos vendidos ou distribuídos gratuitamente, sempre com teor educacional.

A transformação digital, as mudanças no comportamento do consumidor e o boom do comércio eletrônico impactaram não apenas a venda de produtos tradicionais como roupas e equipamentos eletrônicos, mas também a forma como as pessoas consomem conteúdo e informação.

E foi a partir desse movimento do mercado que a venda de infoprodutos começou e se tornou uma oportunidade de negócio.

A seguir listamos 6 exemplos de infoproduto para que você possa considerar e escolher qual pode ser seu novo negócio!

O que é infoproduto e 6 exemplos

Para a compreensão completa sobre o que são produtos digitais, vamos falar sobre alguns exemplos e tipos de infoprodutos:

  1. Ebooks
  2. Audiobooks
  3. Podcasts
  4. Webinars
  5. Vídeoaulas
  6. Cursos Online

Você com certeza já esbarrou com algum deles!

1. Ebooks

O ebook é um livro eletrônico. Quando começou a ser comercializado era uma replicação do que já existia fisicamente, entretanto, hoje os materiais já são produzidos pensando neste formato de acesso e compartilhamento.

A verdade é que existe ebook para tudo!

Com o crescimento do Inbound Marketing as empresas começaram a adotar o ebook como um material rico para ofertar aos visitantes de suas páginas em troca de informações de contato. Nesses casos, o ebook é usado como ferramenta de captação de lead.

Entretanto, você também pode usar o modelo de ebook para começar sua carreira de empreendedor digital.

Crie o e-book com o tema e assunto que desejar e comercialize-o em plataformas como a Amazon.

Você também pode criar sua própria landing page para hospedar o material. 

Crie uma estratégia de divulgação para alcançar mais pessoas interessadas em comprar seu material. 

Não faz ideia de por onde começar? Selecionamos e apresentamos dicas valiosas no artigo; Como escrever um ebook de sucesso: checklist com 10 passos”.

2. Audiobooks

Seguindo a linha do ebook, nosso próximo exemplo de infoproduto é o audiobook.

Esse modelo de material está ganhando cada dia mais mercado por possibilitar que o usuário acesse seu conteúdo no carro, dentro do ônibus ou na fila de banco …

Resumindo, seu formato permite que o ouvinte ocupe horas que seriam ociosas com informações relevantes e aprendizado.

O audiobooks é distribuído por meio de plataformas de áudio. Você pode criar um ebook e também oferecer o audiobook como opção para seu cliente. 

Essa é uma forma simples e barata de expandir sua atuação enquanto aproveite diferentes tipos de infoprodutos para ganhar dinheiro.

Sua produção não têm um custo elevado e não possui grandes dificuldades de realização.

3. Podcasts

Ainda falando sobre o formato de áudio, os podcasts se tornaram uma febre!

Se você não conhece o modelo, o podcast é similar a um programa de rádio gravado.

Essa é apenas uma analogia, mas representa bem o que é o modelo.

Durante os programas, um grupo de pessoas aborda temas variados.

A cada programa, entretanto, uma temática única é proposta dentro do assunto geral do canal.

Crie razões suficientes para que as pessoas se disponham a pagar pelo seu infoproduto. Existem milhares de podcasts gratuitos sobre vários assuntos, então se destaque!

Spotify e Deezer são algumas das plataformas de venda de produtos digitais de áudio.

4. Webinars

Eventos ao vivo e online, essas são as principais características desse modelo de infoproduto.

Após a exibição ao vivo a gravação também pode ser compartilhada para outros usuários (mas talvez isso não seja muito interessante para sua estratégia de vendas).

Os webinars geram interatividade entre o apresentador (que pode ou não ser o organizador do evento) e o público.

Por meio de uma ferramenta para webinar especializada é possível oferecer uma sala de bate papo para conversa em tempo real e tira dúvidas.

Assim como existem muitos ebooks e podcastas gratuitos também existem muitos webinars gratuitos, por isso, crie um evento pensando no diferencial que irá convencer seu cliente a pagar para participar.

Oferecer certificados é uma boa estratégia de atração para esse modelo de infoproduto.

Se você se interessou e criar um webinar, sugerimos o artigo; “Tutorial | Como fazer um webinar: 9 etapas para gerar vendas”.

Ao contrário dos cursos online, um webinar tem a característica de ser ao vivo, então prepare bem o áudio e garanta qualidade de imagem. Sem isso sua apresentação perde a credibilidade e esse impacto pode ter consequências futuras.

5. Vídeoaulas

Vídeos sempre fazem sucesso e as pessoas geralmente têm maior predisposição a assistir algo do que ler.

A necessidade de câmera e microfone podem tornar esse modelo uma opção mais cara dentro do que é infoprodutos. Talvez você precise do apoio do um profissional para garantir a qualidade da imagem e do som. 

Entretanto, é possível que você possa vender esse material mais caro do que o ebook, audiobook e webinar. Logo o investimento pode retornar em breve.

Além disso, as videoaulas podem ser vendidas quantas vezes você quiser, desde que o conteúdo se mantenha atualizado.

6. Cursos Online

A educação a distância e os cursos online estão revolucionando a educação por permitirem que as pessoas continuem a estudar, sem precisar enfrentar trânsito, sem perder tempo e com um custo reduzido.

Há alguns anos muitas pessoas ainda tinham preconceito com cursos EAD, mas todos os dias isso cai por terra e o modelo vem ganhando mais espaço entre profissionais e estudantes.

Escolha um tema que esteja em alta e que você domine para criar um treinamento a distância exclusivo.

Atualmente existem muitas plataformas que podem ser usadas para hospedar seu curso online, entre elas a EAD Plataforma.

Ainda vale a pena investir no mercado de infoprodutos?

Depois de conhecer os tipos de infoprodutos é bem possível que você se questione se ainda existe espaço neste mercado tão explorado, certo? Afinal, são poucos assuntos sobre os quais não se encontra um canal no Youtube, um podcast ou um eBook.

Essa dúvida é válida, mas a verdade é que sempre existe espaço em um nicho quando se produz infoprodutos relevantes e de qualidade.

Existem diversos aspectos e pontos de vista a serem explorados e, além disso, um infoproduto é bem mais do que apenas o que ele oferece.

As pessoas não compram infoprodutos apenas pelo seu conteúdo em si, existe toda uma afinidade com a pessoa ou a empresa que produz que faz muita diferença para o consumidor e que deve ser levado em conta.

A verdade é que existe espaço para todos, uma corretora de imóveis, por exemplo, pode criar conteúdos focados em vendas, outros podem focar em aluguéis ou até mesmo em treinamento para corretores, tudo vai depender do enfoque escolhido.

O ideal é criar sua própria audiência e dependendo dos temas abordados um consumidor pode adquirir um infoproduto seu e de outro produtor, sem necessariamente um tirar o espaço do outro.

Quais as formas de venda de infoprodutos?

Uma vez que você entendeu o que é infoproduto, quais os tipos e que existe sim espaço neste mercado, vamos explorar como vender um infoproduto na prática, existem basicamente duas estratégias: 

Venda do tipo lançamento

A estratégia de lançamento é um dos recursos mais utilizados pelos empreendedores. Basicamente você cria um suspense e deixa as vendas suspensas em boa parte do ano, para concentrar a conversão apenas em alguns períodos específicos.

Ao lançar mão desta estratégia, você cria um senso de urgência no seu consumidor que passa a ativar o gatilho mental de escassez, fazendo com que o mesmo sinta que esse infoproduto não estará disponível posteriormente e que precisa adquiri-lo agora.

Venda perpétua

Outra estratégia é fazer justamente o inverso do que apresentamos acima, deixando o produto em vendas contínuas, ou seja, de forma perpétua. Desta maneira, o infoproduto é produzido e fica a venda o tempo todo.

Este modelo geralmente usa o marketing de afiliados para atuar junto com o produtor, desta forma, eles vendem o produto e ganham comissões automáticas toda vez que um consumidor compra um infoproduto com link do afiliado.

Apesar de não ter o apelo do gatilho de escassez, na venda perpétua também é possível utilizar outros gatilhos mentais, mas com outro foco de persuasão. Neste caso, o discurso é mais voltado para as dores e necessidades da persona para qual este infoproduto foi criado.

Onde vender infoprodutos? 3 principais plataformas

Agora que você já tem em mente qual nicho para seu infoproduto, quais formatos utilizar e qual a forma de venda, vamos ver quais as plataformas onde você pode anunciar seus conteúdos e realizar as primeiras vendas.

Cada plataforma que listamos a seguir, tem seu nome no mercado e utiliza dele para levar os seus infoprodutos a potenciais consumidores, de forma segura.

Usar um intermediário irá otimizar suas vendas, facilitar na hora de disponibilizar o seu conteúdo, além de alcançar mais pessoas que buscam pelo que você oferece.

Hotmart

Uma das maiores e mais tradicionais plataforma de venda de produtos digitais, a Hotmart tem mais de 10 anos de experiência, oferece uma estrutura bem completa para que você possa hospedar seus conteúdos e vender seus produtos digitais.

Dentro da plataforma você encontrará diversas ferramentas para otimizar suas tarefas, além de relatórios e um time próprio de afiliados para os quais você pode oferecer comissões em troca da venda dos seus infoprodutos.

Por fim, a Hotmart também tem uma aba exclusiva para membros chamada Hotmart Club, essa área serve para que produtores de conteúdo possam organizar suas aulas em módulos, oferecer materiais extras e gerar certificados para seus consumidores.

Eduzz

Outra plataforma de venda de produtos digitais robusta, o Eduzz tem como diferencial a ferramenta Nutror, que permite que você crie sua própria área de membros.

A ferramenta é gratuita e permite que você estruture todo curso online e ofereça essa facilidade para seus alunos que podem visualizar toda a estrutura do curso de forma sequencial.

Além disso, a Eduzz conecta produtores e afiliados cadastrados para firmar parcerias e todas as comissões são repassadas de maneira automática pela empresa diretamente para os afiliados responsáveis pelas vendas.

Monetize

Outra plataforma multifuncional, a Monetize tem como função primária fazer a ponte entre produto de conteúdo, afiliado e consumidor.

Toda sua estrutura é organizada de forma que as vendas sejam geridas, as comissões repassadas e os infoprodutos liberados.

Assim como a Eduzz, a Monetize também possui uma ferramenta para criação e gestão da área de membros. Além disso, a plataforma também oferece integração com várias ferramentas de marketing digital e relatórios personalizados.

EAD Plataforma

A EAD Plataforma é uma excelente opção para quem deseja hospedar cursos online e oferecer suporte completo aos seus alunos.

É possível ainda criar infoprodutos de assinatura, em que o consumidor paga um valor por mês para acessar uma série de materiais., bem como montar grupos e turmas, oferecer aulas ao vivo com chat e muito mais.

Vale a pena conhecer essa opção, caso você esteja em busca de criar um curso completo e robusto.

3 dicas de como criar infoprodutos de sucesso

Conhecer os tipos de infoprodutos, quais as formas e canais de venda é uma coisa, mas criá-los é outra. Por isso, se você está com dificuldades para produzir um infoproduto que gere vendas, veja algumas dicas valiosas. 

Escolha o tipo de infoproduto que mais combine com seu público

De nada adianta criar conteúdos ricos e bem feitos se os temas e os formatos não forem adequados ao seu público. Hoje em dia o cliente é quem deve estar no centro de todas as decisões, por isso, antes de qualquer coisa procure saber:

  • Quais as dores e necessidades dos meus consumidores?
  • Quais as dúvidas eles costumam ter?
  • Qual o perfil dos meus consumidores? Faixa etária? Gênero?
  • Qual formato eles preferem?

Em alguns casos essas respostas podem não ser claras, por isso, faça testes para conhecer melhor o gosto e as preferências deles e nunca se baseie em achismos, mas sempre em dados concretos.

Estude bastante sobre o tema, o mercado e a concorrência

Conhecer o seu público é muito importante, mas ele só será induzido a comprar um infoproduto seu se ele chegar até você. Por isso, estude bastante o mercado para encontrar os temas mais procurados pelos consumidores.

Monitore seus concorrentes para saber o que eles andam fazendo, estude suas estratégias para criar algo que ofereça mais valor e supere o que eles estão oferecendo. Essa pesquisa também será muito útil na hora de precificar seus produtos.

Crie conteúdos de relevantes e de qualidade

Por fim, os infoprodutos só terão sucesso de vendas se você investir em um conteúdo realmente relevante e que seja bem produzido. Cada exemplo de infoprodutos tem um aspecto a ser preconizado.

Se você vai distribuir podcasts ou audiobooks, precisa investir em um microfone para uma boa captação de áudio, as vídeo-aulas precisam de uma boa filmagem e de uma edição que auxilie no aprendizado e por aí vai.

Aprendeu o que são infoprodutos?

Tudo evolui e os infoprodutos são uma ótima forma de você conseguir vender seu conhecimento e ganhar uma boa renda.

Se você possui algum conhecimento que pode ser interessante para divulgação, não perca tempo e comece agora a criar seu infoproduto!

A LAHAR é um software de automação de marketing digital e possui uma série de funcionalidades como a criação e otimização de landing pages, disparo de e-mail marketing estratégico, painel de palavras-chave e muito mais. Tudo isso auxilia na divulgação e distribuição do seu infoproduto.


Você também poderá utilizar a nossa plataforma para acompanhar seus resultados de atração, conversão e nutrição de leads e usuários. Analise a evolução do ranking dos seus canais digitais na busca orgânica para cada palavra-chave. Entre em contato com a nossa equipe e descubra como podemos ajudar você a aumentar a conversão de suas ações.

Facebook Comments

Deixe um comentário