O que são influenciadores digitais: 5 passos para incluir a estratégia em seu plano

O marketing de influência não é novo. Já existe há muitos anos. Ultimamente, encabeçado pelos influenciadores digitais, esse tipo de estratégia, tornou-se um tema quente para os profissionais de marketing – provavelmente porque estamos percebendo como ele é poderoso, especialmente como uma alternativa à publicidade tradicional que pode ser cara e ineficiente. Mas, o que são influenciadores digitais?

Mais importante do que o poder do marketing de influência, está a ideia de que os consumidores já não gostam de terem seus espaços invadidos com mensagens de marketing sem credibilidade, todos os dias.

Pensando nessas questões, este artigo tem como objetivo, responder; o que são influenciadores digitais e como utilizar sua credibilidade para alavancar sua marca?

O que são influenciadores digitais?

Um dos maiores equívocos na definição sobre o que são influenciadores digitais, é a visão de que eles são um grupo de pessoas com um grande número de seguidores em suas mídias sociais.

Esse pensamento confunde influência com popularidade.

O ato de influenciar requer um resultado específico: uma mudança de pensamento ou comportamento.

O entendimento sobre o que são influenciadores digitais, portanto, deve compreender que tratam-se de pessoas que tem o poder de influenciar a percepção dos outros, fazendo com que esses “outros” façam algo diferente, por conta de sua influência.

Os influenciadores digitais conduzem a conversa e estimulam o envolvimento do público em torno de um tópico, discussão ou nicho específico.

Os influenciadores digitais compartilham conteúdo valioso. Eles são os criadores de tendências da era digital.

Eles estão no topo do feed de notícias; atraindo curtidas, comentários, compartilhamentos e outras formas de engajamento digital autêntico.

Para sua estratégia de marketing, um influenciador digital é alguém que estimula outras pessoas a comprarem de você.

Como eles fazem isso? Alguns especialistas entendem que os influenciadores digitais devem ter uma combinação de três fatores principais:

  • Alcance
  • Credibilidade contextual
  • Capacidade de vendas.

Quanto mais altos forem esses 3 fatores, maior o potencial de influência de um indivíduo. Que tal entender um pouco mais sobre cada um desses pontos?

Alcance

Alcance é a capacidade de entregar uma mensagem para um grande número de pessoas. Este pode ser:

  • O público leitor de um jornal
  • O público de um programa de TV
  • O número de seguidores sociais que viram a publicação de alguém

O alcance é importante, mas sozinho se mostra insuficiente. Algumas pessoas possuem pequeno alcance, mas alta credibilidade e habilidade de vendas. Esses também são chamados de influenciadores.

Credibilidade contextual

A credibilidade é o nível de confiança e autoridade dado pelo público com base no conhecimento e experiência percebidos do influenciador, em um tópico específico.

Um chef de cozinha famoso terá alta credibilidade na recomendação de refeições, mas baixa credibilidade na política, por exemplo.

Capacidade de vendas

A capacidade de vendas de um influenciador digital está relacionada ao estilo de presença e comunicação que o dá a capacidade de compreender e abraçar um ponto de vista particular.

Existem algumas pessoas que parecem ter um poder extraordinário para convencer outras pessoas do seu ponto de vista.

  • Eles conseguem explicar as coisas de maneira convincente
  • São claros com suas mensagens
  • Entregam seus pontos de vista com confiança.

5 dicas de como sua empresa pode utilizar os influenciadores digitais

Você já sabe o que são influenciadores digitais, mas ainda tem dúvidas se vale a pena investir em uma parceria? Saiba que, 86% dos profissionais de marketing realizaram ações de marketing de influência em 2017, dos quais 92% relataram que o trabalho foi eficaz.

Como já sabe, um influenciador é alguém que:

  • Tem um forte relacionamento com seu público
  • Afeta as decisões de compra

Mais de 3 bilhões de pessoas usam as mídias sociais, o que representa 40% da população total. Devido à facilidade de uso e conveniência da mídia social, a maioria das pessoas procura influenciadores em mídias sociais.

Se você deseja iniciar um trabalho com um influenciador digital, precisa estar atento a alguns pontos fundamentais, para saber em quem investir e como investir. Separamos 5 dicas simples para você acertar na hora de iniciar sua parceria.

1. Conheça seu público

Não tem como fugir. Para colocar em prática qualquer estratégia de marketing você precisa entender sua persona.

  • Quais são os canais digitais que seu público acompanha?
  • Em quais redes sociais eles estão?
  • Quais formatos de conteúdos eles consomem?
  • Por quais assuntos eles se interessam?
  • Quais influenciadores digitais eles seguem?

Essas são 4 perguntas básicas para você começar a ser mais assertivo ao selecionar os influenciadores digitais que realmente são relevantes para o seu público.

2. Pesquise sobre os influenciadores

Muitas vezes o influenciador mais relevante para a sua marca não é o que possui o maior número de seguidores. A quantidade vale menos do que a qualidade.

Encontre alguém que influencie o seu público. Não adianta falar com milhões de pessoas, se essas pessoas não se interessam por seu serviço ou produto.

Outro ponto importante é entender o seu alcance. Você atende regional ou nacionalmente? Caso atenda apenas em sua cidade, pode ser mais interessante lidar com influenciadores regionais.

Recorrer a uma influenciador com alcance nacional tem um custo de investimento alto e se você não poderá atender aos usuários, não faz sentido esse investimento, nem se você estiver com dinheiro sobrando.

Dessa forma, se você não vende para o país inteiro, pode ser mais interessante selecionar pessoas locais que também influenciam suas personas. Dessa forma, você será mais eficiente e terá um ROI, retorno sobre investimento, mais interessante.

Mesmo que você tenha um e-commerce sem fronteiras, é preciso analisar se você está preparado para receber o volume de vendas de um influenciador nacional com milhões de seguidores, pode te enviar.

Fazer um trabalho com alto investimento, para um grande público e não conseguir atender a demanda resultante, pode ser um grande prejuízo por dois motivos: você deixa de lucrar e ainda prejudica a imagem de sua marca, que fica marcada como despreparada e pequena.

3. Faça contato com o influenciador

Atualmente alguns influenciadores tem assessorias para tratar sobre parcerias com empresas e marcas. Caso esse seja seu caso entre em contato com eles. Nas próprias redes sociais os contatos para fins comerciais são divulgados.

Ninguém ganha credibilidade a toa, dessa forma, mesmo para parcerias pagas os influenciadores são extremamente sérios em relação a aceitarem os projetos propostos.

Dessa forma, uma das primeiras etapas do trabalho será o envio de seu produto para que o influenciador analise se ele realmente conversa com os valores do canal.

Não se trata apenas da qualidade do produto (que se presume que seja boa), mas se tem a ver com a proposta do influenciador.

Vamos a um exemplo. Gabriela Pugliesi é uma influenciadora digital, com quase 4 milhões de seguidores, que aborda assuntos sobre atividades físicas e boa forma. Ela já realizou campanhas nacionais e internacionais com marcas como a Adidas.

Com um corpo extremamente malhado, a influencer dificilmente aceitaria realizar uma parceria com uma marca de fast food de hambúrgueres, por exemplo. Foge do valor proposto em suas campanhas, em geral, que estão ligadas a esportes e alimentação. Como no exemplo abaixo.

O que são influenciadores digitais

Mais uma vez é importante que você tenha alinhado bem o perfil de suas personas, para selecionar seus possíveis influenciadores.

O objetivo do marketing de influência é que, após o trabalho, tanto a sua marca como o nome do influenciador, saiam fortalecidos.

Resumindo, esse passo se resume a 4 mini etapas:

  • Escolha o (ou os) influenciador certo
  • Entre em contato
  • Explique sobre sua empresa e seu produto (enviar uma amostra é um passo importantíssimo)
  • Negocie valores. Atenção especial: pode ser que em alguns casos, a etapa a seguir, tenha influência nos valores cobrados. Alinhe isso!

Apenas um adendo ao tópico sobre valores. Alguns influenciadores aceitam parcerias, trocas, ou mesmo divulgam seu produto se você os enviar como presente. Analise o que é melhor para o momento da sua empresa. Caso queira uma comunicação mais focada e mais intensa, a contratação remunerada do profissional se fará necessária.

4. Faça um planejamento em parceria com o influenciador

Vamos imaginar que tudo deu certo até agora. Você conheceu seu público, pesquisou e encontrou o influenciador perfeito, que adorou seu produto. Vocês negociaram valores e é hora de pensar no planejamento da campanha.

Dica: É importante que você já tenha algo em mente, e que essa ação não seja isolada de todo o seu planejamento estratégico de marketing digital. Ela deve fazer parte de todo o seu plano.

Como envolve a credibilidade de uma pessoa, é interessante que o planejamento seja feito em conjunto para que a campanha não seja uma propaganda fria e sem nenhuma relação com todo o restante da comunicação do canal parceiro.

Uma boa referência para se inspirar foi a ação da SKOL com o canal do Youtube, Jout Jout Prazer.

A SKOL é uma marca de cerveja já conhecida pelo público, que implantou em 2018, uma campanha sobre atitudes que são redondas, ou seja, boas atitudes, e atitudes quadradas, ou seja, atitudes que não são legais.

A empresa, em parceria com a Youtuber, criou um vídeo para o canal da Jout Jout, falando sobre atitudes masculinas em relação às mulheres, que não são legais, mas que, infelizmente, são comuns na época do Carnaval.

É importante que você entenda, que o canal trata de temáticas relacionadas ao feminismo, à igualdade, diversidade e outras temáticas engajadas na busca por igualdade e representatividade. A comandante do canal, Julia Tolesano, aborda esses temas de maneira didática, séria, mas leve. Abaixo você pode conferir a campanha:

Seguindo esse exemplo, o planejamento coletivo de ações com influenciadores digitais, em geral, trazem resultados muito positivos para a marca e para o influenciador.

Ao contrário, de um conteúdo publicitário divulgado em uma revista, ou na TV, em que você produz sua peça de comunicação e usa o canal para distribuir seu conteúdo, a compreensão sobre o que são influenciadores digitais, passa pelo entendimento de que eles não são apenas um canal, mas parte de todo o trabalho.

5. Mensure os resultados

Como em TUDO no marketing digital você deve medir cada ação realizada.

Identifique o que a sua marca ganhou com a ação. Atenção: vendas não são os únicos ganhos valiosos.

É importante que você realmente entenda como as métricas podem ser usadas para aprimorar seus resultados. Pensando nisso, sugerimos a leitura do artigo; BI no marketing digital: como ele impulsiona suas estratégias”.

Quando bem feito, o marketing de influenciadores é um multiplicador, ele:

  • Alavanca o alcance
  • Amplia a credibilidade
  • Estimula a habilidade de vendas de uma comunidade de influenciadores, que passam a defender seu produto para os consumidores.

Esse trabalho resulta em:

  • Conscientização
  • Melhor percepção de marca
  • Ação.

O bom marketing de influenciadores está centrado na construção de relacionamentos pessoais sinceros e no compartilhamento de informações úteis, exclusivas ou antecipadas.

A boa notícia é que os influenciadores são curiosos. Um profissional de marketing com um produto interessante e útil não deve ter problemas em encontrar informações e conhecimento de valor para os influenciadores. Aproveite a compreensão sobre o que são influenciadores digitais, e insira essa tática à sua estratégia.

Este artigo, foi escrito pela LAHAR, um software de automação de marketing robusto com funcionalidades diversas para a ampliação dos resultados de suas estratégias de marketing digital. Com um sistema completo ajudamos sua empresa crescer mais. Crie sua conta e experimente grátis por 15 dias.