7 boas práticas de SEO para site ou blog: o que e como fazer?

Conhecer e seguir as boas práticas de SEO vai ajudar sua empresa a melhorar o posicionamento das páginas do seu site ou blog, no Google. 

Neste artigo vamos apresentar 10 fatores importantes para o ranqueamento de páginas no Google, compartilhando dicas de como aplicar cada um desses elementos em suas plataformas.

Gostou? Então confira nossa lista, a seguir. 

7 boas práticas de SEO para colocar em prática!

A seguir, criamos uma lista com sete de boas práticas de SEO para você seguir e ter um melhor resultado de ranqueamento:

  1. Tenha um site otimizado para os mecanismos de busca
  2. Garanta a responsividade das páginas no mobile
  3. Aprenda como usar Google Search Console
  4. Priorize a velocidade de carregamento
  5. Encontre as palavras-chave que seus clientes buscam
  6. Faça bom uso de heading tags
  7. Tente otimizar seu texto para atender aos snippets 

1. Tenha um site otimizado para os mecanismos de busca

Antes de sair escrevendo conteúdo e pesquisando palavras-chave você precisa “arrumar a casa” para que as páginas do site ou blog possam ser identificadas e indexadas pelo Google. Esse é o primeiro passo para que o Google passe a ranquear as suas páginas. 

Priorize os conteúdos em formato HTML e evite Flash, que não é lido pelos rastreadores do Google. 

Use a meta “título” e meta “description” em todas as páginas para mostrar sobre o que ela fala. 

Organize a hierarquia das informações do seu site. Para isso você pode organizar as URLs de maneira simples e direta.

A criação de sitemaps (mapas do site) e seu envio ao Google vai ajudar os algoritmos a entenderem quais páginas do seu site devem ser indexadas.

O Google também faz a indexação automática, quando você cria a página, mas erros são passíveis de acontecerem. Por isso, quando uma página é listada em um sitemap, as chances de ser indexada é garantida. 

Leia também: Como enviar sitemap para o Google

Bloqueie o rastreamento de páginas que você não deseja que apareçam no Google (como páginas de login) usando o robots.txt

Distribua links internos para outras páginas do seu site para evitar altas taxas de bounce, ou seja, altas taxas de rejeição, que podem atrapalhar o ranqueamento. 

2. Garanta a responsividade das páginas no mobile

O Google já prioriza a indexação de páginas otimizadas para mobile. Isso está ligado ao fato da plataforma se preocupar em oferecer boas experiências para os usuários e de que  o tráfego mobile já corresponde a 50% do total.

Se preocupar com a responsividade do seu site não deve ser uma questão para atender apenas ao Google, mas também para garantir que o usuário poderá navegar com facilidade por suas páginas, respondendo à chamadas para ação e se engajando com o conteúdo. 

3. Aprenda como usar Google Search Console

O Google Search Console é uma ferramenta gratuita maior parceira dos profissionais de SEO, desenvolvida pelo Google.

O Search Console ajuda na indexação mais rápida das páginas, além de gerar um volume importante de dados sobre a qualidade das páginas quanto às necessidades do SEO.

Para saber mais sobre como usar essa ferramenta para otimizar sua estratégia de SEO, confira o vídeo abaixo.

4. Priorize a velocidade de carregamento

Essa é mais uma das principais boas práticas de SEO que você deve considerar para o seu site e blog. 

Páginas que demoram a carregar recebem pontuações mais baixas na busca por um lugar nas primeiras posições de pesquisas relacionadas. 

Além disso, é comum que esse problema gere outro: bounce rate alto.  Os usuários não estão dispostos a esperar uma página carregar e saem quando sentem qualquer demora fora da curva. 

Como saber se a velocidade do site está ou não dentro do indicado? 

O próprio Google oferece uma ferramenta gratuita para você acompanhar a velocidade do seu site: o Google Page Speed

Além de indicar a velocidade de carregamento, a ferramenta ainda apresenta uma avaliação detalhada dos problemas encontrados e uma recomendação que fazer para melhorar!

5. Encontre as palavras-chave que seus clientes buscam

Você sabe quais são as dores dos seus clientes? O que eles buscam? Pelo o que se interessam? 

Quando um cliente está iniciando no funil de vendas do seu produto quais são as dúvidas mais comuns? E quando ele está no meio e no fundo do funil? 

A pesquisa por palavras-chaves usadas pelos usuários para buscar informações que fazem parte do universo da solução que você comercializa é uma boa prática de SEO. Fundamental para garantir que você criará páginas que o Google entenderá como respostas a essas questões. 

Mais uma vez o Google te ajuda e você pode usar a ferramenta Google KeyWord Planner para encontrar esses termos. A verdade é que essa ferramenta é usada para o Google Ads, mas você também encontra alguns insights interessantes para SEO. 

6. Faça bom uso de heading tags

Heading tags são os famosos “títulos” que em código HTML são apresentados como “<h1>, <h2>, <h3>…”. 

Se você estiver escrevendo o conteúdo no Google Docs você já consegue escrever seu texto selecionando  que deseja colocar como  “<h1>, <h2>, <h3>…” ou “título 1”, “título 2”, …

Para aplicar essa organização você pode usar o esquema: 

  • o “h1” é o título principal, 
  • “h2” são os subtítulos, 
  • o “h3” são títulos dentro do subtítulos (ou “h2”), e por aí vai!

Insira as palavras-chaves nos “hs” e ajude o Google a entender para que tipo de usuários o seu conteúdo é válido. 

7. Tente otimizar seu texto para atender aos snippets 

Nas últimas atualizações do Google ele incluiu os rich snippets que são fragmentos de textos que tentam responder o usuário ali mesmo na SERP. A imagem abaixo mostra um resultado em snippet.

Para tentar ocupar esse lugar responda à palavra-chave de maneira clara e direta em um trecho da sua publicação. Ao longo do texto você pode se aprofundar, mas tente ter uma resposta completa ou considerar palavras chaves com “o que é” e crie listas com bullet points em palavras-chaves que que tenham um sentido de “como fazer”, por exemplo. 

Pronto para colocar a mão na massa e seguir as boas práticas de SEO?

Se você precisar de ajuda com seus esforços de otimização de mecanismos de busca, pode contar com o software da LAHAR para auxiliá-lo.

Com o painel de palavras-chave da nossa plataforma você poderá escolher os termos que efetivamente contribuem para a otimização de suas páginas e para sua estratégia de SEO.

Você também poderá utilizar a nossa plataforma para acompanhar a evolução do ranking dos seus canais digitais na busca orgânica para cada palavra-chave. Entre em contato com a nossa equipe e descubra como podemos ajudar você a aumentar a conversão de suas ações.

Facebook Comments

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.