Como rankear no Google: os 5 segredos de SEO para site

SEO: 5 técnicas para rankear seu site
5 técnicas de SEO para o Google rankear seu site muito bem!

(Clique no player para o ouvir a narração do nosso post! Deixe nos comentários o que achou.)

O processo de tomada de decisão de compra, atualmente, não acontece no calor do momento. Muitas pesquisas e comparações entre a concorrência são feitas. Em tempos de conexão banda larga e wifi, a consulta aos sites de produtos ou serviços relacionados ao que buscamos tornou-se um hábito. Por isso, é de extrema importância saber como rankear no Google seu site ou blog, para que sejam vistos nas primeiras posições do site de buscas. Para isto existem técnicas de SEO para sites (entenda melhor o conceito nesse post da Superstorm).

Se a pergunta que não sai de sua cabeça é: – Como rankear meu site no Google? Você encontrará a resposta aqui!

Para começar, tenha em mente que aparecer ou não nas três primeiras páginas deste site é fator decisivo entre o sucesso ou fracasso que sua empresa pode enfrentar, e pode ser determinante para seu desempenho organizacional.

Este pressuposto é válido para todas as empresas de produtos ou serviços que possuem potenciais consumidores que utilizam-se da internet para buscar seus fornecedores.

Como rankear no Google, então, e conseguir que meu site esteja nas primeiras páginas?

Para que isso aconteça existem diversas formas de marketing digital.

Uma delas é investindo recursos financeiros em campanhas AdWords.

Veja também: 9 Dicas de AdWords que você precisa conhecer

Outra, é adotando diversas práticas relacionadas ao conteúdo, utilizando técnicas de SEO para o Google, com o objetivo de atingir um quality score positivo e, assim, ser considerado relevante dentro do mar de opções disponíveis no site de busca.

Essa é a forma de como rankear no Google nas primeiras posições. E são dicas como esta que você verá em detalhes, mais adiante.

O SEO trabalhará organicamente, sem investimentos financeiros, focando em palavras chave selecionadas no conteúdo do site, para buscar o melhor rankeamento nos resultados do Google.

Vamos ver agora as 5 dicas de técnicas de SEO para o Google!

Como rankear no Google com técnicas de SEO para sites

1- Pesquisa de otimização e palavra chave

Para conseguir um bom posicionamento no Google, você deve fazer uma pesquisa de relevância sobre palavras chave.

Trabalhar com palavras chave que tenham número elevado de buscas é a saída mais indicada. Para encontrar esses termos, você pode utilizar algumas ferramentas gratuitas que o próprio Google fornece.

Como o Google Trends ou o Google AdWords Planner. Os dois sites irão auxiliar a encontrar as melhores palavras a serem associadas ao seu texto.

Lembre-se: Não há como rankear no Google sem uma boa escolha de palavra chave, pois ela terá grande participação no texto, desde o título até o corpo do conteúdo, e é esta técnica de SEO para site que vamos detalhar nos próximos tópicos.

2- Otimizar título

A palavra chave escolhida deverá aparecer no título de seu conteúdo. Apenas uma vez é suficiente!

Lembrando que o título deve ter de 50 a 68 caracteres. Utilizar a tag title é essencial para o posicionamento de sua página. Isso porque o algoritmo do Google tem como objetivo mostrar aos usuários os resultados mais relevantes de suas buscas.

Se realizarmos uma busca e nenhum dos resultados estiver relacionado à palavra chave que pesquisamos, não tem como rankear no Google, e nossa experiência com o site de buscas será extremamente negativa.

Por isso, o título deve nos ajudar a encontrar o que procuramos de maneira rápida e eficaz. Refletindo exatamente o que o conteúdo do texto nos traz.

Se você utiliza algum sistema que não seja o WordPress e precise programar manualmente o seu conteúdo, o título deve vir em formato de tag title.

Ele é exibido no código fonte da página, localizado entre as tags <head> e </head>, geralmente no início do código.

Ao redigirmos o <title> de uma página, devemos levar em consideração as técnicas de SEO para o Google e as pessoas que forem ler e buscar o título nos resultados.

Um título mal escrito, mesmo que bem posicionado, não receberá muitos cliques. Sempre, ao pensar na palavra chave e título, imagine como seu público buscaria pelo conteúdo.

3 – Otimizar meta description

A meta description é uma breve descrição sobre o conteúdo da página. Ela deve conter a palavra chave escolhida no texto e ter cerca de 153 caracteres.

Como ela não é fator de rankeamento no Google, ou seja, o que estiver escrito nela não influenciará seu posicionamento, o foco deve estar em descrever o conteúdo da página com precisão e servir de isca para atrair mais usuários através da busca orgânica.

Por isso, as boas técnicas de SEO para site recomendam que ela deve ser super atrativa.

4- Link building

Este é o trabalho de conseguir links para sua página ter mais relevância na Web e nos sites de busca.

Existem duas formas para sua realização: links internos e externos.

Links Internos:

Os links internos, super importantes, direcionam a uma outra página dentro do mesmo domínio. Eles ajudam a melhorar a autoridade de um site, com a vantagem de ser uma tática que o controle está em suas mãos.

Ou seja, com a linkagem interna você aumenta a relevância da sua página e não deixa o internauta “escapar” do seu domínio para buscar outros sites.

Lembrando que o excesso de links em uma página pode ter o efeito reverso, dificultando a leitura, espantando o usuário. Use moderadamente e somente com páginas de extrema relevância para o conteúdo procurado.

Links Externos:

Os links externos dependem da relevância do seu conteúdo, somente desta forma seu site irá ganhar links externos, com outras marcas o referenciando (fazer link para ele).

Para isso, você pode, também, trocar informações com quem se interessa pelo seu conteúdo e criar alianças de link building externas, como uma tática da boa política de vizinhança.

5- Usabilidade e acessibidade

Um site com boa acessibilidade e usabilidade é encontrado nas buscas e possui todas as informações ‘prometidas’, superando as expectativas dos visitantes.

Para isso, é necessário que o desenvolvedor do site e o profissional de SEO trabalhem juntos.

Isto porque não adianta um site ter um bom ranking no Google e ser bem posicionado nas buscas, se os visitantes não ficarem satisfeitos com o seu conteúdo. Da mesma forma que um site com bom conteúdo sem ranking não é interessante.

Uma dica de como rankear seu site no Google é não deixá-lo carregado de cliques para que o usuário chegue ao conteúdo ou página solicitada.

Isto desestimula a busca e, também, dificulta o rankeamento, que considera a indexação de páginas. O indicado é que o usuário dê, no máximo, 3 cliques para chegar em seu objetivo.

Para auxiliar neste momento, o sitemap é indicado para facilitar a contagem do número de cliques, além de indexar o conteúdo rapidamente e evitar a queda de rankeamento no Google.

E aí, gostou do artigo e das nossas dicas de como rankear no Google?

Compartilhe sua opinião ou dúvidas nos comentários. Teremos prazer em responder a todas as questões! 🙂