SEO local: um guia simples (e completo) + dicas pro

Você deseja que sua empresa apareça como resultado de pesquisas feitas nos mecanismos de busca, principalmente no Google? Se sim, você está no lugar certo.

46% de todas as pesquisas do Google são locais.

No entanto, 56% dos varejistas locais não reivindicaram a listagem do Google Meu Negócio.

Para aqueles que não sabem, reivindicar e otimizar sua lista do Google Meu Negócio é a base do SEO local. Se 56% das empresas ainda não realizaram essa reivindicação, dificilmente elas fizeram algo a mais por seu SEO Local.

Mas, embora esse seja um bom ponto de partida, há MUITO mais a fazer para uma estratégia de SEO local, que tenha o objetivo de rankear um site no Google.

Este guia prático, dividido em 6 partes, aborda o SEO local do início ao fim.

Propomos um passo a passo para você realmente alcançar boas posições nos resultados de pesquisa do Google, dentro do raio de atuação da sua empresa.

O que é o SEO local?

O SEO local refere-se ao processo de “otimização” da sua presença online para atrair mais negócios por meio de pesquisas locais relevantes.

Essas pesquisas ocorrem no Google e em outros mecanismos de busca.

Seo local

No entanto, o Google tem uma participação de mercado estimada em 87%. O que significa que a maioria das pessoas está usando ele para pesquisar empresas locais.

Por esse motivo, este guia será aproximadamente 90% focado em otimizar sua presença local no Google.

Leia mais: Guia: 19 dicas de como aumentar as visitas do meu site hoje!

SEO local: resultados orgânicos do Google

Escrever blog posts é difícil … eu preciso de um café.

Aqui estão os resultados da pesquisa por “café perto de mim”…

seo local Observe que há dois conjuntos distintos de resultados de pesquisa:

  • Os resultados do chamado “snack pack” – área que marcamos de vermelho
  • Os resultados orgânicos “regulares” – área que marcamos de verde

Tenho certeza de que a maioria de vocês conhecem os resultados normais da pesquisa do Google.

Mas o que diabos são resultados de “snack pack”?

O Google Snack Pack é uma área em caixa, que aparece na primeira página de resultados quando uma pesquisa online local é feita por meio do mecanismo de pesquisa do Google.

Ele exibe as 3 empresas locais mais relevantes, como resultado para a pesquisa.

De acordo com um estudo, 33% dos cliques de usuários são em resultados dessa área, com 40% indo para os resultados orgânicos regulares.

Ou seja, vale a pena se esforçar para classificar em ambos, com o uso de estratégias de SEO local.

Lembrete rápido: não se esqueça de que as pesquisas locais do Google são realizadas a partir de vários dispositivos diferentes, como tablet, smartphone e desktop.

SEO Local: como ocupar os primeiros lugares em sua área de atuação

Antes de começar, você precisa ter o básico.

Isso significa garantir que seu site seja otimizado para visitantes em dispositivos móveis, já que 61% dos usuários têm mais probabilidade de entrar em contato com uma empresa local se elas tiverem um site otimizado para celular.

Use a ferramenta de teste para dispositivos móveis do Google para verificar isso.

Você também precisa garantir que seu site ofereça uma boa experiência ao usuário e seja recheado de informações relevantes.

Não importa onde você está classificado, ninguém vai fazer contato se você tem um site ruim de navegar ou sem conteúdo.

1. Pesquisa de Palavras-chave

Digamos que você administre uma cafeteria local, chamada Relicário.

Você claramente deseja aparecer para pesquisas como:

  • “Cafeteria perto de mim”;
  • “Relicário”;
  • “Que horas Relicário fecha?
  • “Quanto tempo levará para caminhar até Relicário?”;
  • “Relicário número de telefone”;

Mas essas não são consultas tradicionais.

Então, como saber quais pesquisas são comumente realizadas por seu público?

Quais são as palavras-chave mais usadas pelo usuário e que podem ser importantes para a sua classificação?

Aqui estão algumas táticas:

Faça um brainstorm de palavras-chave

Para a maioria das empresas, as principais palavras-chave a serem segmentadas serão bastante óbvias.

Digamos que você seja um encanador em São Paulo. Como você acha que as pessoas pesquisam por seus serviços?

Eles provavelmente vão ao Google e digitam algo como:

  • “Encanador em São Paulo”;
  • “Encanador de emergência em São Paulo”;
  • “Limpeza de encanamento em SP”.

Essa parte então é simples. Basta fazer uma lista de todos os serviços que você oferece e os locais que você atende. Depois, junte-os para criar um grupo de possíveis palavras-chave.

DICA PRO: certifique-se de listar plurais e variações de seus serviços.

Google Autocomplete e pesquisas relacionadas

Usar o preenchimento automático do Google para gerar mais sugestões de palavras-chave é uma ideia simples e muito eficaz na busca por termos que são comumente pesquisados.

Basta digitar sua palavra-chave primária no Google e anotar as pesquisas sugeridas.

seo local Você também pode usar as sugestões de pesquisas relacionadas oferecidas pelo Google, ao final de cada página de resultados.

seo local

Google Keyword Planner

Google Keyword Planner é a ferramenta de busca por palavra-chave do Google Ads, mas que é extremamente útil para SEO.

Basta inserir um termo relacionado a seu produto, serviço, marca ou empresa (até mesmo a URL do seu site), para ter acesso a:

  • palavras relacionadas;
  • pesquisas frequentes;
  • volume de pesquisa;
  • tamanho da concorrência e mais.

seo localVocê também consegue ver para quais palavras-chave seus concorrentes classificam.

Existem outras ferramentas como SEMRush e a LAHAR, que também possuem entre suas funcionalidades, um painel de palavras-chave, excelente para SEO Local.

Para deixar sua estratégia de SEO ainda mais completa e alcançar melhores resultados, sugerimos que leia o artigo; “11 ferramentas de SEO indispensáveis para sua estratégia”.

2. Listagens do Google Meu Negócio

Nós já falamos da importância dele para o SEO local, mas neste espaço vamos nos aprofundar em como utilizá-lo da maneira mais eficiente.

O Google Meu Negócio é uma ferramenta gratuita e fácil de usar para que empresas e organizações gerenciem sua presença online no Google, incluindo Pesquisa e Mapas.

Ele é um dos principais fatores de classificação local.

Para configurá-lo siga estas etapas:

seo local Você tem duas escolhas aqui:

  • Criar um novo negócio
  • Reivindicar negócios existentes: comece a digitar e o Google pesquisará sua empresa no sistema deles.

Recomendação: não tente colocar palavras-chave aqui. Insira SOMENTE o nome da sua empresa.

Digite seu endereço

Se você está reivindicando uma empresa que o Google já possui em seu sistema, o endereço estará pré-preenchido. Caso contrário, você precisará digitar seu endereço.

Se você tiver um escritório físico real, use esse endereço.

Se você (e um ou mais parceiros de negócios) trabalhar em casa, liste o endereço residencial da pessoa mais próxima da área principal que sua empresa atende.

Se você tiver apenas um escritório virtual, NÃO use este endereço. Isso é contra as diretrizes do GMB. Insira seu endereço residencial.

Digite seu local exato

A próxima tela mostrará um mapa com um pino de localização.

Você pode arrastar e mover para identificar o local exato de sua empresa.

seo local
Escolha uma categoria

O Google permite que você escolha apenas uma categoria ao configurar seu perfil do Google Meu Negócio.

Pense no que sua empresa é e, em seguida, comece a digitar isso no campo de categoria.

O Google começará a sugerir categorias conforme você digita.

Recomendação: não tem certeza de qual categoria escolher? Olhe para os seus concorrentes.

Digite seu número de telefone e site (opcional)

Este campo é bastante simples – basta digitar seu número de telefone e URL do site.

Verificar sua listagem

Antes de sua listagem do GMB entrar em operação, você precisará verifica-la.

Isso geralmente é feito por telefone – basta seguir as instruções do Google para confirmar.

Otimize sua listagem mais

Parabéns, você completou todos os dados necessários no Google Meu Negócio e está pronto para continuar!

Para otimizar ainda mais sua listagem você vai precisar de:

  • fazer upload de algumas fotos de seu negócio e produtos;
  • inserir seu horário de funcionamento;
  • listar todos os serviços que você oferece;
  • adicionar quaisquer números de telefone extras;
  • adicionar atributos / comodidades relevantes e mais.

4. SEO On-Page

Muitas práticas de SEO On- Page “tradicionais” aplicam-se aqui, como:

  • palavra-chave em H1;
  • palavra-chave na tag de título;
  • palavra-chave na URL;
  • URLs curtos e otimizados;
  • meta descrição atraente e com palavra-chave.

#1 Configurar a estrutura do seu site para classificar as páginas de destino locais

Se você atende a várias áreas ou cidades e deseja classificar em cada um desses locais, é necessário configurar as páginas de destino locais.

Aqui está a estrutura que eu recomendaria:

dominiodoseunegocio.com/area‐1/
dominiodoseunegocio.com/area‐2/
dominiodoseunegocio.com/area‐3/

#2 Otimize sua página inicial

A maioria das empresas deve otimizar sua página inicial em torno de sua localização principal.

Por exemplo, um fotógrafo de casamentos baseado em Porto Alegre deve otimizar sua página inicial para termos como “fotógrafo de casamento porto alegre” etc.

Eu sei o que você pode estar pensando …

“[…] Mas eu faço casamentos em todo o Brasil! Eu não quero me restringir a Porto Alegre ”

Ponto justo. Então você deve deixar de fora as referências de localização e apenas otimizar para “fotógrafo de casamento”, certo? Afinal, isso tem 45x mais pesquisas mensais.

Esta é uma má ideia. Aqui está o porquê…

No Google os resultados para “fotógrafo de casamentos” serão, em maioria, resultados locais.

Apesar do usuário não adicionar uma localização específica à sua pesquisa, o Google ainda exibe resultados de acordo com a localização.

Isso ocorre porque ele pode inferir sua localização a partir de itens como GPS (em dispositivos móveis), seu IP, etc.

Link Building para SEO local

De acordo com a pesquisa de 2017 da Moz, os backlinks são o fator de classificação mais importante para os resultados orgânicos locais.

Aqui estão algumas maneiras de criar links para sites de empresas locais e usar o link building a seu favor:

#1 Criar e promover um recurso local útil

Nada o ajudará a conquistar clientes em potencial mais genuinamente, do que oferecendo informações relevantes que os ajude.

Vamos voltar ao exemplo do encanador em São Paulo.

Seu mercado-alvo são moradores de São Paulo. Que tipo de recurso seria realmente útil para essas pessoas e que provavelmente atrairia links?

Crie conteúdos relevantes, sobre situações que de alguma maneira envolvem seu negócio. Você pode criar um ebook, ou um post blog, de “como desentupir a pia com dicas simples e caseiras”, por exemplo.

Aqui estão mais algumas ideias:

  • Guias locais de “melhores” – Crie uma lista dos melhores restaurantes, bares, cervejarias, atrações, coisas para fazer, etc. na área;
  • Calendários locais: crie um calendário local com os eventos mais notáveis ​​em várias categorias nos próximos meses.

Após criado, promova esse conteúdo.

Você pode usar o e-mail para chegar a sites que gostaria de receber links, ou mesmo, divulgar o material em grupos do Facebook.

#2 Guest Post

O guest post ainda é uma ótima maneira de construir links de alta qualidade.

Só não faça isso apenas pelos links. Faça isso pela exposição que pode gerar para o seu negócio.

É mais sobre qualidade do que quantidade – você deve escrever para blogs que têm o potencial de gerar tráfego qualificado para seu site.

Revisões

Ter uma mentalidade de “configurar e esquecer” é a pior coisa que você pode fazer quando se trata de SEO.

SEO local não é diferente.

Como tal, existem algumas atividades de manutenção que você deve executar, entre elas, se manter ativo no Google My Business:

  • responda a comentários de cliente;
  • fique atento para edições incorretas;
  • use o Google Posts para manter seus clientes informados

Pensamentos finais

Eu sei que parece muita coisa – e realmente é – mas, sério, siga os conselhos acima e garanto que você estará classificado melhor que 99% dos seus concorrentes.

Lembre-se de que você também precisa acompanhar as conversões da melhor maneira possível (acompanhamento de chamadas, acompanhamento de conversões de formulários de contato, etc.).

Caso contrário, você não terá ideia se os esforços SEO local estão se traduzindo em geração de leads, conversões de vendas e, por fim, mais receita para o seu negócio.

Gostou do nosso guia de SEO local? Tem mais alguma observação para incluir? Deixe sua opinião em nossos comentários.

Este conteúdo foi escrito pela LAHAR. Somos uma plataforma que pode ajudar você e seu time a  desenvolver estratégias que aumentem a conversão de suas ações e estreite o seu relacionamento com seus potenciais clientes. Entre em contato com a nossa equipe.