Como cobrar cursos online: 4 fatores para fazer esse cálculo

Se você decidiu montar um curso EAD, mas na hora de colocar um preço e começar a vender, você travou? Isso é bastante comum, afinal, nem todo mundo sabe como cobrar cursos online. 

A definição do preço de um curso é um fator extremamente relevante para o sucesso das suas vendas. 

Preços altos podem afastar seus potenciais alunos, preços baixos podem “desvalorizar” seu conteúdo.

Existem vários fatores que podem ajudar você a definir o preço do seu curso. Entre eles:

  1. Tipo de curso que você vai oferecer
  2. Avaliação da concorrência
  3. O valor do conteúdo para o aluno
  4. As suas metas de renda

Que tal saber um pouco mais sobre cada uma delas? 

Como cobrar cursos online: 4 fatores que interferem na precificação

Quando você lança um curso online está oferecendo aos alunos parte do conhecimento que acumulou ao longo dos anos de trabalho e estudo. Por isso são se subestime!

Infelizmente temos essa tendência! Por isso achei melhor relembrar você de seu esforço.

Com isso em mente, vamos aos 4 fatores que interferem em como cobrar por cursos online.

1. Defina o tipo de curso ofertado

O primeiro fator a ser considerado ao aprender como cobrar cursos online é o tipo de curso você vai oferecer.

Como assim?

Se você pretende criar um curso de atualização ou extensão o valor será diferente de caso você opte por montar uma única aula sobre um tema muito específico. 

Aulas gravadas também podem ter um custo diferente das aulas ao vivo.

Cursos de nível básico tendem a ser mais baratos do que cursos de nível profissional.

Considere também para quem se destina o curso. Estudantes ou profissionais? 

Resumindo, entenda todas as informações do curso que você está oferecendo.

2. Compreenda qual é o valor do conteúdo para o aluno

Todos os fatores que listamos no primeiro tópico são importantes para a precificação do curso online porque dizem respeito ao valor que o seu aluno vai dar ao seu material.

Ao tentar definir como cobrar por cursos online esse aspecto é fundamental.

Nos aprofundando nesse quesito, é importante que você entenda o real valor que o curso poderá ter na vida de um aluno.

Por exemplo, ao dominar a técnica que você ensina, o usuário terá mais chances de arrumar um emprego melhor?

Entenda se o seu curso permitirá que alguém:

  • consiga o emprego dos seus sonhos;
  • tenha uma vida mais saudável;
  • se livre de questões cotidianas comuns.

Se cima para baixo você tem o tipo de curso com mais valor para o de menor valor.

Isso não é um problema.

Nem todo curso que você vai criar precisa mudar a vida de alguém.

Apenas use essas informações para cobrar pelo seu curso online e também a divulgação do curso online.

Um outros aspecto a observar é se você vai oferecer certificado. Eles ajudam a ampliar o valor que o seu público enxerga em suas aulas.

Como cobrar cursos online

3. Realize uma pesquisa dos preços praticados pela concorrência

Para qualquer negócio que você pretenda iniciar é sempre uma boa ideia fazer uma boa pesquisa de mercado .

Nesse caso faça uma pesquisa dos preços praticados por eles.

Entenda quais são os seus diferenciais e faça uma projeção do que poderia cobrar.

Ter uma ideia dos preços que estão sendo praticados no mercado pode te ajudar a ter um ponto de partida na sua busca de como cobrar cursos online. 

Se você achar que os valores praticados estão muito abaixo do que você acredita ser viável e lucrativo, é interessante pensar em um planejamento estratégico de marketing que apresente ao seu público porque ele deveria fazer o curso com você e não com o concorrente, que cobra metade do preço por uma aula com tema similar.

Para isso acesse o artigo; Como vender cursos pela internet: 6 dicas para captar alunos [dicas práticas]”. 

4. Defina metas de renda pessoal

Quanto você pretende faturar ao vender seus cursos online?

Pense em você e nos seus objetivos ao oferecer um curso online.

É necessário definir algumas metas de rendimento para seus cursos.

Lembre-se de considerar o investimento feito antes do lançamento. Você deve calcular todas as despesas de equipamentos e serviços que possa precisar.

Com todas essas informações em mãos é importante fazer algumas projeções como quantos alunos você precisaria, cobrando o valor X para atingir suas metas de vendas.

Lembre-se: quanto mais barato o curso, mais vendas, mas menos renda total.

Um exemplo simples?

Se você deseja faturar R$ 5 mil mensais com seus cursos que custam R$ 200 por aluno, você precisa captar 25 alunos por mês. Se seu curso passar a custar R$ 250 você precisará captar apenas 20 alunos.

Como a plataforma escolhida por afetar em como cobrar cursos online?

De maneira resumida, vimos até aqui que para definir como cobrar cursos online é preciso que você:

  • considere o tipo de curso que vai oferecer;
  • o resultado da pesquisa de concorrência;
  • calcule o valor do resultado que seu aluno terá a partir de suas aulas;
  • defina metas de renda.

Entretanto, tudo isso precisa do apoio de uma das melhores plataformas de cursos online que te ajude a oferece o melhor conteúdo e relacionamento com seus alunos.

A EAD Plataforma, por exemplo, funciona como um e-commerce de cursos, onde você cria seu próprio site e para hospedar seus cursos, por meio de um sistema intuitivo e sem precisar de apoio de desenvolvedores.

Como cobrar cursos online

Além de hospedar seus cursos, você tem acesso a:

  • planos de assinatura;
  • gestão de cursos;
  • gestão de alunos;
  • página exclusiva de vendas para cada curso;
  • sistema de pagamento integrado;
  • fóruns e grupos;
  • certificados e mais.

Quer ter certeza que essa é a melhor plataforma de curso online? Faça um teste grátis por 7 dias.

A LAHAR e a EAD Plataforma firmaram uma parceria na qual você, como responsável por um curso online, poderá integrar a ferramenta de hospedagem dos cursos, com as ações de Inbound Marketing, por meio do software de automação. No infográfico abaixo, listamos os benefícios dessa parceria para você que deseja criar seu curso online.

Como cobrar cursos online

Para saber mais sobre essa integração e como vender cursos online pode se tornar mais simples por meio da utilização dessa facilidade, acesse o artigo; “Estamos integrados ao EAD Plataforma! \o/