Como montar um funil de vendas para serviços: as 3 fases da jornada

Talvez você já tenha ouvido falar, mas realmente sabe o que é funil de vendas para serviços? Entende como ele pode ajudar sua empresa a crescer?

O funil de vendas para serviços tem como objetivo fazer sua empresa alcançar mais clientes, por meio de uma estratégias e ferramentas de captação e prospecção que atendam as demandas atuais dos clientes e ao novo comportamento do consumidor.

Em suma, criar um funil de vendas para serviços faz parte do novo processo de vendas que usa a tecnologia para maximizar os resultados.

O que é funil de vendas para serviços e quais suas etapas?

O funil de vendas para serviços tem uma estrutura similar a outros funis de vendas. Sua diferença principal é o tamanho do ciclo de vendas.

Geralmente os processos de vendas de serviços são mais demorados do que o processo de vendas de produtos, principalmente quando envolvem negócio B2B.

Dentro desse cenário é objetivo otimizar o trabalho de prospecção.

A seguir, vamos conhecer quais são as etapas do funil de vendas para serviços. Acompanhe!

funil de vendas para serviços

1. Topo de Funil

Ao considerar os clientes que estão no topo do funil de vendas para serviços uma empresa deve se concentrar em:

  • atrair visitantes;
  • transformá-los em leads.

Os usuários que estão nessa fase estão descobrindo que possuem uma necessidade ou desejo.

Eles ainda não estão buscando uma empresa para resolver seus “problemas” porque sequer sabem que existe essa lacuna em sua empresa.

Exatamente por isso, sua equipe de marketing deve se concentrar em mostrar ao cliente suas próprias necessidades.

Para isso, o marketing de conteúdo é fundamental. Entretanto, para colocá-lo em prática é preciso saber o que escrever.

Essa resposta vai depender:

  • da persona que você deseja atingir;
  • da compreensão de onde está essa persona dentro do ambiente digital e físico;
  • quais os interesses atuais dessa persona.

Junto com o marketing de conteúdo concentre-se em atender as necessidades do SEO.

A publicidade paga em plataformas como Google Adwords, Facebook e Instagram Ads, Linkedin Ads é uma estratégia de atração efetiva.

A partir das ações de atração, a estratégia deve ser voltada para converter visitantes em leads.

Leia também: Como gerar leads e vender mais com Inbound email marketing

2. Meio do funil

O meio do funil tem duas “missões”principais:

  • nutrir leads;
  • qualificar leads.

A nutrição de leads pode ser realizada através de diversas ações como:

  • automação de e-mail marketing;
  • SMS;
  • chatbot e mais.

Para sua execução, assim como para a qualificação de leads, o software de automação de marketing é indispensável.

Dentro da qualificação de lead algumas funcionalidades do software de automação são indispensáveis, entre elas:

Além disso, é preciso considerar que existem dois tipos de leads qualificados:

  • Leads Qualificados de Marketing – MQL
  • Leads qualificados de vendas – SQL

Os MQL correspondem ao seu perfil de persona estabelecido pela empresa. Eles tem potencial de se tornarem clientes, mas ainda não estão prontos para serem encaminhados para o setor de vendas.

Para compreender se um MQL se tornou um SQL é fundamental entender o comportamento desse lead avaliando, por exemplo, quais páginas do site ele visualizou e quais e-mails ele abriu e clicou.

Novamente, tudo isso é feito uma plataforma de automação de marketing. Você só precisa criar os fluxos de automação e acompanhar conforme os leads chegam no ponto ideal de conversão em clientes.

Nessa etapa os leads se tornam oportunidades de vendas.

Atenção: alguns leads que entraram em sua base vão se mostrar não qualificados. Nesses casos, após um tempo de nutrição é ideal que eles sejam encaminhados para uma base de leads que receberá comunicações esporádicas para manutenção da imagem da empresa.

3. Fundo do funil

O fundo do funil tem apenas leads qualificados o que não quer dizer que eles se tornaram clientes.

Um lead qualificado pode acabar por optar fazer negócio com um concorrente, por exemplo.

Entretanto, é inegável que ele tem boas chances de se tornar um cliente real.

Nessa fase sua equipe de vendas deve assumir as estratégicas do funil de vendas para serviços.

Reuniões, apresentação de propostas, identificação dos tomadores de decisão e contrato fazem parte dessa etapa.

Ter um funil de vendas para serviços adiciona consistência e escalabilidade ao crescimento da sua empresa.

Duas ferramentas são especialmente importantes nesse processo todo:

  • software de automação de marketing – já falamos sobre ele acima;
  • painéis de controle como CRM.

A continuação do funil de vendas para serviços

Mostramos aqui as três etapas do funil de vendas para serviços, desde a atração de visitantes até a conversão de clientes. Entretanto, no setor de serviços o trabalho não deve acabar por ai.

Ações de pós-venda e fidelização são fundamentais para a manutenção do cliente e sua satisfação.

Conquistar um novo cliente custa cerca de 5 vezes mais do que manter um cliente na empresa. Por isso tenha certeza de que está investindo nessa etapa.

A LAHAR é uma plataforma de automação de marketing, com essas e outras funcionalidades, auxiliando sua estratégia e contribuindo para o aumento de seus resultados e para a economia de tempo e pessoal. Quer saber como ela aumenta os resultados de seu negócios? Entre em contato com a nossa equipe e experimente grátis.

Se deseja aprender ainda mais e quer tirar algumas dúvidas, assista a este vídeo de apresentação da LAHAR e saiba ainda mais sobre como qualificar leads:

Facebook Comments

Deixe uma resposta