O que é uma loja virtual, como funciona, quanto custa abrir a sua?

O comércio virtual brasileiro deu um salto de 36,7% de crescimento no número de consumidores de 2019 para 2020. Sem dúvida a pandemia alavancou esses dados, mas o mercado digital mantém a tendência de crescimento e você também pode aproveitar parte desse resultado criando sua própria  loja virtual.  

O que é uma loja virtual?

Uma loja virtual é um site que apresenta uma série de produtos e permite que o consumidor realize a compra desses itens e os receba em um endereço cadastrado. Todo o processo de compra e venda é realizado digitalmente, desde a escolha dos produtos, até o processamento de pagamento. 

Ao receber um pedido feito por um cliente da loja virtual, o lojista deve separar o produto em estoque e enviá-lo para o comprador.

O consumidor, após receber a compra pode inclusive realizar a devolução ou iniciar um processo de troca de mercadoria, assim como seria realizado em uma loja física.

Geralmente, um site de vendas é organizado em categorias, facilitando que o cliente possa encontrar o que procura. Também é comum que, assim como no comércio físico, no comércio virtual, as lojas possuam nichos de mercado específicos, como por exemplo:

  • lojas de roupas femininas, 
  • lojas de acessórios, 
  • lojas de peças automotivas, 
  • lojas de presentes, 
  • lojas de decoração e mais. 

É comum que os produtos oferecidos nas lojas virtuais sejam armazenados nos estoques   dos empreendedores que criaram o canal de vendas, entretanto, existem outras opções de logística, como o dropshipping, que é um tipo de venda online sem estoque. 

Como funciona uma loja virtual?

De maneira similar ao que acontece em uma loja física, em uma loja online, o empreendedor – dono da loja – cadastra e expõe os produtos que serão vendidos e os clientes que chegam até o estabelecimento escolhe os produtos, faz o pagamento e recebe os itens. 

As principais diferenças sobre como funciona uma loja virtual está no fato do cliente não ter contato pessoalmente com os produtos até comprá-los e recebê-los em sua casa. 

Além disso, o empreendedor não precisa ter uma loja física aberta podendo, inclusive, ter o estoque das mercadorias em sua casa. 

Webinar Como Automatizar Marketing e Vendas - LAHAR + Phone Track

Clique no botão abaixo e assista ao Webinar agora mesmo na íntegra!

Todo o processo de pagamento é realizado por plataformas de pagamento online que permitem o uso de cartões de crédito, boleto, PIX e outros meios de conclusão da compra. 

O lojista então envia a mercadoria para o endereço cadastrado do cliente, podendo ou não cobrar um preço extra pelo frete. 

O que é necessário para fazer uma loja virtual?

A seguir, criamos um passo a passo com o que é necessário para fazer uma loja virtual, confira: 

  1. Registrar sua loja com CNPJ para emissão de notas fiscais e regularização do negócio, 
  2. Conhecer e seguir as principais leis que regem o comércio virtual, entre elas, a Lei do E-Commerce (Decreto Federal nº 7.962/2013), o Código de Defesa do Consumidor (Lei nº 8.078/1990), Marco Civil da Internet (Lei nº 12.965/2014), entre outras, 
  3. Escolher entre as plataformas de e-commerce, que vão permitir a construção simples e rápida da sua loja, sem a necessidade de contratação de desenvolvedores e programadores, 
  4. Registro do domínio: o domínio (ou a URL) é o endereço da sua loja virtual, aquele que as pessoas irão digital para te encontrar ou que você vai usar em suas campanhas de marketing para levar visitantes para suas páginas de produto,
  5. Uso de certificados de segurança como Certificado SSL (Secure Socket Layer), geralmente, as principais plataformas de e-commerce já oferecem o certificado incluso na contratação, 
  6. Escolha um dos templates oferecidos pela plataforma para montar sua loja e definir cores, fontes e imagens, 
  7. Defina as formas de pagamento e escolha os processadores de pagamento que você vai oferecer aos clientes para que concluam o negócio. Entre os mais conhecidos estão: Mercado Pago e PagSeguro. Você vai precisar entrar em contato com essas plataformas e contratar seus serviços, 
  8. Organize seu estoque. Caso você já tenha uma loja física, o ideal é usar um sistema que integre o sistema dos dois canais de venda para que não haja problemas de comunicação em relação ao volume de mercadorias ainda disponíveis, tendo maior controle de estoque,
  9. Cadastre os produtos, para isso considere a inserção de dados como fotos, vídeos, descrição com ficha técnica, benefícios do produto, 
  10. Crie uma estratégia de marketing para e-commerce capaz de levar clientes até a sua loja virtual e convertê-los.  

Com esses 10 passos você já sabe o que é necessário para fazer uma loja virtual. 

Junto com isso lembre-se de considerar como e onde você vai encontrar os produtos que irá vender. Você vai produzí-los? Prefere comprar de fornecedores e revender? Faça a sua escolha e selecione itens de qualidade para oferecer aos seus clientes. 

Sobre a criação das páginas de produto para sua loja indicamos que assista ao vídeo abaixo e aprenda mais sobre como torná-las mais atrativas. 

Qual o custo para abrir uma loja virtual?

Agora sim, e aí, quanto custa abrir uma loja virtual? A seguir, listamos alguns dos principais custos iniciais de um negócio:

  • Registro do domínio: a partir de R$ 40 mensais, 
  • Plataforma do e-commerce (o modelo SaaS pode ser uma opção mais eficiente para um primeiro momento): valor fixo por mês entre R$50 e R$ 100 por mês, 
  • Integrações: no modelo de SaaS você tem acesso a uma lista de integrações já tem nas plataformas, mesmo com custo,
  • Desenvolvimento da marca, como logomarca e banners: média de preços de R$ 299 a R$599,
  • Gerar tráfego para sua loja com investimento em ações de marketing digital: inicialmente de R$1000 a R$2000 por mês. 

Para que você possa se aprofundar mais sobre o assunto e conheça mais sobre cada um dos custos que envolvem a criação de uma loja virtual, assista ao vídeo abaixo. 

É importante que você tenha atenção em investir também em seu conhecimento, principalmente no que diz respeito às estratégias de marketing como Google Ads e Facebook Ads, grandes responsáveis pelo tráfego de visitantes da sua loja. 

Invista também na geração de leads e na nutrição deles por meio de e-mail marketing

Iniciar uma loja virtual pode parecer um grande desafio, mas com dedicação e busca por conhecimento você vai conseguir tirar esse projeto do papel e ter sucesso nas vendas! Boa sorte!

Facebook Comments

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.