Melhores plataformas de e-commerce: critérios para escolher + exemplos

“Como escolher entre as melhores plataformas de e-commerce a ideal para o meu negócio?”. Essa pergunta passa pela cabeça de todo empreendedor digital que pretende abrir uma loja online.

Afinal, você não vai conseguir gerar tráfego ou converter visitantes em leads se não tiver um site organizado, fácil de navegar e que ofereça métricas sobre o desempenho e número de acessos. 

O primeiro passo para decidir qual a melhor opção é a pesquisa. Também é útil pedir indicações para pessoas experientes no ramo que agregam bastante com suas experiências práticas. 

Quando se trata de escolher alguma coisa, a pesquisa deve ser baseada em critérios. Por isso, separamos abaixo quatro critérios indispensáveis que só as melhores plataformas de e-commerce possuem. 

Depois, também damos dicas de três plataformas que estão entre as mais usadas para você conhecer. Continue lendo!

Está começando seu negócio online? Conheça a importância do funil de marketing neste post do nosso blog.

Melhores plataformas de e-commerce: critérios de escolha 

Antes de falarmos dos exemplos de melhores plataformas de e-commerce, vamos mostrar quais são os detalhes que você deve analisar.

Destacamos abaixo quatro pontos essenciais e que não devem faltar entre as funcionalidades e recursos oferecidos. Confira! 

1. Custo da plataforma

A análise de custos é importante não só para a escolha entre as melhores plataformas de e-commerce, mas também para o negócio como um todo. 

No início, é provável que você tenha um orçamento mais limitado e precise optar por uma solução com custo-benefício melhor. 

Isso porque, além do custo com a plataforma, todas as ações de marketing digital para divulgar sua loja virtual também precisam estar no seu planejamento financeiro.

Dessa forma, você pode começar em uma plataforma mais simples que atenda a estrutura de operação inicial e, conforme o negócio evoluir, migrar para outra mais robusta. 

2. Fase do negócio

Para quem está começando e para quem já tem uma loja virtual estruturada, as opções de melhores plataformas de e-commerce irão variar.

Na fase inicial, em que as operações são menores, você precisa de uma plataforma fácil de usar e que ofereça uma experiência positiva e com os recursos essenciais.

As campanhas de links patrocinados serão as grandes aliadas da estratégia de marketing inicial para começar a divulgação da sua loja.

Já um e-commerce com mais tempo de mercado e volume de vendas grande precisa de uma plataforma que suporte o volume de acessos e processe as vendas sem erros.

Na hora de migrar para uma plataforma melhor considere essas condições e também avalie o impacto no orçamento e veja se consegue cobrir o aumento.

Dica: na hora de pedir recomendações, fale seu objetivo e destaque a fase do seu negócio para ter dicas adequadas. Mas vale a pena guardar todas para a hora de crescer. 

3. Recursos e funcionalidades disponíveis 

As melhores plataformas de e-commerce oferecem planos básicos e outros com mais recursos disponíveis, mas que são pagos à parte.

Por isso, no momento de escolher cheque como é o processo de compra, as opções de segurança e integração com meios de pagamento

No site da Ebit você pode analisar a reputação de algumas lojas e conhecer seus desenvolvedores.

Depois de selecionar algumas opções que gostaria de testar, peça um teste para conhecer a interface da plataforma, como é feito o cadastro de produtos, acompanhamento de pedidos, relatórios fornecidos, etc. 

4. Suporte

Outro critério relevante que não pode faltar nas melhores plataformas de e-commerce é um serviço de suporte e atendimento.

Tanto no início quanto na migração para outra plataforma surgem dúvidas e, por isso, é importante ter contato com a equipe da empresa.

Esse serviço também mostra o profissionalismo e que a empresa tem um produto eficiente e também infraestrutura para atender o orientar os clientes.  

Indicações de plataformas de e-commerce para usar

Agora que você já sabe o que analisar nas melhores plataformas de e-commerce, vamos falar sobre três empresas do mercado que são usadas por grandes lojas. Confira!

1. Magento

A Magento é uma das melhores plataformas de e-commerce e também uma das mais conhecidas.

Com código open source pode ser usada de forma gratuita, mas as personalizações vão exigir o apoio de um programador mais experiente. A segurança é um dos destaques do serviço.

A Nike a a Saraiva são empresas que usam a plataforma da Magento nos seus e-commerces. 

A plataforma se adequa tanto a pequenos quanto a grandes negócios e permite flexibilidade para evoluir a infraestrutura do site, de acordo com a fase do negócio. Alguns benefícios são:

  • Permite integração com outros sistemas (ERP e marketplaces, por exemplo);
  • Tem design responsivo;
  • Possui módulos adicionais para criar novas funcionalidades;
  • Oferece suporte para vendas internacionais.

2. Woocommerce

O WooCommerce é outra das melhores plataformas de e-commerce e pertence ao WordPress.

É uma das opções de plugin gratuito da plataforma e seu CMS (Sistema de Gerenciamento de Conteúdo) é bastante conhecido no mundo todo.

É um sistema simples de mexer e possui opções variadas de recursos que podem ser personalizados. Se adequa bem a realidade de pequenas empresas que precisam de dinamismo no dia a dia de trabalho. 

Algumas vantagens de usar o WooCommerce são:

  • É fácil encontrar profissionais com conhecimento sobre WordPress;
  • Existem muitos plugins úteis compatíveis com o sistema;
  • A interface desenvolvida e os dados são do cliente e podem ser migrados para outros sistemas; 
  • Tem um painel interno amigável.

3. PrestaShop

Fechando nossa lista de exemplo de melhores plataformas de e-commerce temos o PrestaShop. O diferencial em relação às outras plataformas acima são os recursos de marketing disponibilizados.

O sistema fornece dados sobre campanhas de descontos, como é a navegação dos visitantes e relatórios que mostram o tráfego no site, dentre outros.

A empresa foca bastante nas PMEs — pequenas e médias empresas — oferecendo recursos e integrações com serviços e ferramentas essenciais. Alguns exemplos são:

  • Integração com ferramentas de SEO;
  • 81 opções de extensões disponíveis;
  • Ferramenta para geração de cupons promocionais;
  • Integração com redes sociais.

4. Nuvemshop

A Nuvemshop é apontada como a plataforma de comércio digital líder da América Latina, com mais de 30 mil lojas ativas. Tem uma tecnologia robusta e de fácil usabilidade, ideal para os PMEs.

Dentre as diversas possibilidades que oferta, destacam-se: layouts com mais de 40 opções de personalização, associação com o Google Analytics para o acompanhamento dos KPIs do negócio e gerenciamento simplificado (como organização de produtos e categorias de maneira massiva).

Além disso, possui integração com os maiores players do mercado, especialmente nas categorias de envios (Correios, Loggi, Envio Fácil, Jadlog e Mercado Envios) e de pagamento (Wirecard, Paypal, PagSeguro, Mercado Pago etc).

Apresenta associação com ferramentas de marketing (Facebook Store e Instagram Shopping) e aplicativo para o gerenciamento da loja virtual por meio de dispositivos móveis (disponível em Android e iOS)

Por fim, na Universidade do E-commerce, oferece suporte educacional e gratuito através de cursos, artigos, e-books e vídeos sobre empreendedorismo e tendências do mercado. Para saber mais sobre a plataforma, acesse a página da Nuvemshop.

Agora você está pronto para começar sua pesquisa das melhores plataformas de e-commerce para montar sua loja virtual. Escreva nos comentários o que você achou das nossas indicações.

A LAHAR é uma plataforma para automação de marketing com tudo o que precisa para criar e gerenciar uma estratégia de marketing digital para o seu e-commerce – mídias sociais, landing pages, inbound marketing e muito mais. 

Entre em contato com a nossa equipe e saiba como podemos ajudar sua empresa a crescer!